Me deram total confiança e eu a traí roubando

Estou arrependida do q fiz. Me sinto mto mal por isso minha consciência está super pesada. Trabalho em uma Associação q vive de arrecadar mensalidade de associados. Em setembro do ano passado a moça q trabalha comigo foi demitida porq desconfiávamos q ela estava roubando. Eu fui a critiquei mto por isso. Daí pra frente fiquei sozinha e responsável pelo dinheiro. E nesse primeiro mês fiz um vale de 500 reais para comprar um vestido pro casamento do meu irmão. Acabou q eu fiz mais vales e uns eu cheguei a pagar. Mas as coisas fugiram do meu controle. Eu pretendia pagar td pois sempre fui uma pessoa correta e honesta. Cheguei a fazer um planejamento para abater todo mês em meu salário. Mas não estava conseguindo pagar e depois de mto pensar no q fazer resolvi não pagar. Me lembrei do caso da minha ex colega de trabalho e pensei q eu tbm podia deixar passar, nessa época minha dívida estava em uns 1.600 reais. O problema é q virou uma compulsão, me acostumei a ter dinheiro na mão sempre e acabei fazendo mais vales. Hoje fiz o último vale de 100 reais. Não quero mais isso pra mim. Me sinto com um peso enorme na consciência e muito culpada. Calculo q hoje eu devo ter pegado + ou – uns 5.000 reais. Gastei todo esse dinheiro com coisas futeis, roupas, sapatos e um celular novo; coisas q eu queria ter mais não tinha condições. Mas tudo perdeu a graça, não sinto mais prazer em comprar uma roupa nova como toda mulher porq sei q o dinheiro foi desonesto. Parece q estou entrando em uma depressão. A única coisa q quero nesse momento é ter paz de espirito, consciência tranquila e o perdão de Deus. Sei q pessoas como eu nunca vão se dar bem na vida porq passaram ou tiraram algo de alguém. Traí a confiança de meu patrões, inclusive um deles é meu pai. Fica pior ainda a filha do presidente roubando. Ninguém sabe disso e nunca disconfiaram de nada. Como sou eu q fecho os caixas tudo dá certo. Quero parar e fazer algo pra ajudar as pessoas para ver se diminui um pouco da minha culpa. Só quero estar bem comigo mesma.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

1 Comentário

  • Vc pode sim manter essa situação por toda a vida, mas assim como vc mesma disse, nunca terá paz de espírito.

    Confie em seu pai da mesma maneira que ele confia em vc.

    Reconheça seu erro, peça por perdão e acerte com ele uma maneira de reparar o erro.

    Por mais bravo que ele fique, vai ser muito pior se ele descobrir antes que vc conte.

    Um abraço!