Ajuda… Não sei como agir

Tenho 36 anos de casada, sendo 10 de namoro e noivado, a partir dos nossos 14 anos de um relacionamento estável. Meu marido, numa fase de fraqueza, por conta de bebida, passou a viver num outro mundo totalmente diferente e há 4 anos encontrou uma pessoa (mulher) completamente oposta aos seus (dele) conceitos de religiosidade, moral, honra, dignidade, sentimento familiar, onde só o sexo e os prazeres do mundo eram fundamentais, fazendo nele, uma lavagem cerebral. Nesse período ele se ausentou de casa 27 vezes, indo para a casa da outra mulher, porém eu nunca saí dos meus princípios cristãos. Aceitei-o, acolhi-o, tornando-me, de certa forma, cúmplice na tentativa pela minha fé nos votos feitos no matrimônio. Gostaria de saber se essa “passividade”, aceitando inclusive, nos dias atuais, que ele more em minha casa, mesmo sabendo q “aparentemente” e também é uma promessa feita por ele de regeneração, se me conservar nessa postura de aceitação é correta ou não. Uma vez que apesar de ele está aqui comigo, sempre me humilha, é indiferente, grosseiro. O que devo fazer? Continuar a acreditar q ele vai mudar e assim podermos resgatar nosso casamento ou simplesmente me resguardar e dá um ponto final em tudo? O que acham mais certo???

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

9 Comentários

  • Postura corretíssima a sua, amiga. Corretíssima para contrair uma DST. E para continuar a lavar cueca de cachaceiro, assim como para dar exemplo a familiares, a vizinhos, e a todos quanto observem, de como se faz para fazer papel de trouxa na mão de safado.
    Se você fosse uma garota inexperiente, até estaria ‘perdoada’. Mas como é madura, merece mesmo continuar amofinando aí, mesmo achando que ‘tem princípios cristãos.’ Eu acho que você tem é princípio de insanidade mesmo. E provo! ‘Fazer as mesmas coisas e esperar resultados diferentes é insanidade.’ Viu? Provei.
    Isso sim é que é ser uma mulher exemplar! Um exemplo de parvoice, vai me desculpar.

  • Bom, acho que pelo número de vezes que ele saiu e voltou para casa, já demonstra que essa atitude é de gente que não está levando a sério o perdão que a senhora está dando. Paciência tem limites. Você deve procurar a felicidade e não esperar pra ver se um dia vai ser feliz com ele. Viva o hoje felizmente, pois se for pra vocês ficarem juntos depois de tudo isso, Deus, com toda a certeza, vai mudar a cabeça deste homem. Só te peço que não deixes as amizades, pois elas que te darão força. nada de se envergonhar com os amigos, a errada não foi você. Mais vale amigos do que dinheiro. um grande abraço e procure conforto nos amigos.

  • Olà sou de Portugal, pelo que escreveste o meu conselho seria o divorcio, eu como homem nao aceitaria de novo uma mulher que me trai-se uma só vez!!!O mesmo se aplica ao sexo masculino obviamente, mas claro esta é só a minha opinião.
    Abraços e muita força.

  • vc tem paciencia, e eu acho que ele vai pra casa só quando a outra não quer fazer as tarefas de uma esposa pra ele. vc ja pensou dessa maneira? se ele não mudou até agora, eu acho dificil mudar. agora se vc acredita que o amor de vcs vem de Deus, e quer ficar nessa tentativa de restauração eu te desejo boa sorte.
    só que pensa bem pq as vezes vc pode estar adiando sua felicidade.

    abraços

  • pra Deus sempre existe o perdão , vc deve pedoa-lo , por mais que ele continue te traindo pois um dia ele irá mudar…..

  • Os votos matrimoniais são para a vida toda. “E os dois serão uma só carne.”

    Agora se seu marido não quer vivenciar esses votos e continuar no adultério, a Sra. pode pedir junto à Igreja algo que se chama “separação de corpos”. Procure um sacerdote para entender melhor.

    Digo isto pois estou passando a mesma coisa aqui com meus pais. Um casamento de conveniência. E ore, mas ore muito pelo seu marido. Ponha teu joelho no chão e clame a Deus por ele e que Ele quebre quaisquer tipo de ocultismo que tenha sido feito para isso.

    Coragem mulher!

  • Pense em sua felicidade, respeite antes de tudo a si mesma.

    Deus te abençoe.

  • ola, axo que todos tem o direeito de uma segunda chance, mais se ele saiu de casa 27 vezes e vc o perdoou e mesmo assim dentro de casa ele containua te maltratando, vc deve terminar o casamento, esperar um certo tempo e procurar a felicidade em outra pessoa.

  • Todos nós temos que nos amar em primeiro lugar e temos nossos limites.
    Porém, fica difícil de responder, pq isso varia de personalidade e de situações.

    Boa sorte
    Bjssssss