Maturbação e Homossexualismo

eu toda semana me masturbo vendo site pornográficos homossexuais, até trés vezes na semana e me arrependo muito e quero parar, mas esta difícil, tenho vários desejos, ate com meu pai, e isso me envergonha muito pois eu sei o que estou fazendo é errado e isso é o pior… espero que essa confissão me ajude a melhorar!

 

Reportar Sexo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

5 Comentários

  • Bem não vejo nada errado, eu passo pelo mesna situação, vejo sites gay inclusive de incesto, ja tive relação com familiares, irmão e sobrinho, hoje so vejo sites. curta desencane é normal.

  • Eu não acho que isto , seja uma coisa errada , sentimentos desejos isto e normal do ser humano , temos que aprender a deixs de lado essa crendices que tudo relacionado ao sexo , e pecado , eu te entendo perfeitamente também tenho desejos por meu pai , pra min não vejo nenhuma condenação nisto , as pessoas que falam demais e fazem pior por baixo , então não se culpe e realize estes desejos se puder , e.seja feliz como você e ! deus não comete erros !

  • Amigo meu, o ideal seria vce apresentar esse seu problema pra Deus, pois Ele sabe o que fazer. E Ele é especialista em causas impossíveis !

  • Isso, muito bom o que escreveu Teófilo. Perfeito, pois o que mais atormenta é o tipo de imagem que a pessoa vê e não o ato em si. Mas o corpo tem vontade própria e quanto mais proibido, mais atrai o corpo. Só não alimente essas imagens em sua cabeça. Procure viver uma vida de oração cheio do Espírito Santo…só assim é possível se livrar dos desejos da carne. Que Deus te fortaleça nessa luta.

  • Primeiro de tudo, tenha calma consigo mesmo. Em segundo lugar procure um psicólogo para te ajudar a compreender as razões que te levam a esta compulsão. Eu sei o que é isso pois passo por coisas parecidas e então o único jeito é desencanar. O que passei a fazer foi evitar o acesso aos sites pornográficos. Existe um processo que se repete: começa com alguma fantasia – alimenta-se a fantasia através de acesso a conteúdos pornográficos – termina com a masturbação. Então, para me livrar do que causa mais vergonha e culpa, resolvi começar do fim – partindo logo para a masturbação sem fantasias antes de acessar a pornografia. É possível viver uma vida normal assim porque somos mais do que as compulsões que foram introjetadas dentro de nós ainda na primeira infância, sem que tivéssemos feito estas escolhas.
    Coragem e não se sinta um derrotado – o tempo passando vai te ajudar a encontrar os melhores caminhos de se reconhecer, se valorizar, e ser a pessoa que você é! E certamente você terá muitas virtudes e não apenas esta compulsão que te chateia!