Caminhos ruins me guiaram ao “correto”

Bom, quando criança eu sempre frequentava a Igreja, fiz até a minha Primeira Comunhão. Digamos que eu levava um vida normal. Depois disso, uns 2 ou 3 anos se passaram, passando também a minha vontade de frequentar a casa do Senhor e como no início de toda a adolescência eu queria mais é sair, conhecer lugares e pessoas novas.
A tecnologia foi meu ponto inicial para isso, pois foi daí que comecei descobrindo as coisas apartir da internet, inclusive um pouco de minha sexualidade. Conheci uma garota de outro estado, começamos a nos gostar e isso se transformou em um namoro vitual de 10 meses. Durante esse namoro, eu já frenquentava um certo tipo de lugar em quase todos os fins de semana, onde pude conhecer muitas pessoas de gênero alternativo. Nesse tempo, tive contato com álcool e cheguei a usar um certo tipo de droga, mas que tinha uma duração alucinógena um pouco abaixo de 5 minutos, e como o que eu queria era ficar “loucona” por muito tempo, eu consumia bem mais o álcool do que qualquer outra coisa. Chegava a cair pelos cantos, ficava com algumas pessoas em um só dia, não importando o sexo, eu só queria “pegar todo mundo”. Tive meu primeiro namoro real com uma garota, no qual eu era muito traída. Tbm tive outros namoros bem pouco duradouros, e o álcool sempre estando alí por perto, tinha vezes que eu chegava a sentir o cheiro e o gosto dele.
Mas, graças a Deus, tudo isso mudou quando eu conheci no fim do ano passado, no dia 25/12(Natal), a minha atual namorada. Tamanha a sua fé que chegou a transbordar sobre mim. Percebi o quanto estava afastada de Deus, logo quis mudar isso. Parei com tudo que me fazia mal, vai fazer 3 meses que não bebo mais e é estranho porque agora se sinto cheiro do álcool eu fico enjoada.
Estou fazendo Crisma, frequento as missas, e não me sinto culpada pela minha opção sexual, pois sei que a minha namorada foi um presente de Deus em minha vida e que ele me ama do jeito que eu sou. Obrigada Senhor por este presente, agora sinto que estou seguindo o caminho que reservas-te pra mim, quero me encher do Espírito Santo e espalhar a Boa Nova!

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

2 Comentários

  • Que bom, minha amiga!

    Tenha certeza de que Deus realmente te ama dessa forma! O livro de Levítico condena a homossexualidade, mas Cristo morreu na cruz e matou a Lei!

    Paulo condena o HOMOSSEXUALISMO (como movimento político no caso do Jean Wyllis e das paradas gays, por exemplo… qual a finalidade disso? é como Machismo, Feminismo…), mas não a homossexualidade ou homoafetividade. O que é condenável por Deus é a prática desmedida da sexualidade. O culto ao prazer. Mas se vocês se amam, a opção sexual de vocês não as separará do Salvador! Saiba disso!

    Leia o EVANGELHO POR SI PRÓPRIA!

    Um grande beijo! Fique na paz de Cristo!

  • Olha, sou Católica, e tive uma certa preocupaçãõ com o que você falou. Se me permitir quero comentar uma coisa…

    Filha, a sexualidade, infelizmente não é uma escolha nossa. Se você é Católica deve reconhecer isto. Não estou recriminando você e muito menos a sua namorada. Mas o que quero dizer é que para todos os efeitos você continua no pecado. Deus criou o homem para a mulher. Mas o inimigo (o demõnio) coloca pensamentos e sentimentos ruins no nosso coração e às vezes a gente pensa que é verdadeiro. Porém, filha, só existe verdade em Deus, somente Ele é a Verdade, o Caminho e a Vida. É esta Verdade que você deve procurar. Leia o catecismo e aprofunde seu conhecimento na Palavra.
    O demônio às vezes faz a gente trilhar um determinado caminho que aparentemente é bom, bonito e agradável. Mas é preciso ter discernimento, minha irmã. Tenha muita sabedoria!!! Quando você diz uma coisa dessas (que teve uma determinada opção sexual) automaticamente coloca sua própria vontade acima da vontade de Deus. A vontade dele está na Palavra, na Bíblia Sagrada. Tente vivê-la e só assim você será verdadeiramente feliz. O homossexualismo não é cristão e além do mais é uma prática que vai contra ás Leis de Nosso Senhor! reze mais, e você verá que isso não é um sentimento cristão… você verá que isso vai passar. O demônio coloca coisas assim pra nos afastar de Deus. Mas todas essas coisas não passam de tentações, assim como o aborto, a pornografia, o adultério, o sexo antes do casamento, e afins.

    Lembre-se que não condeno você, de forma alguma. Não lhe conheço, mas nem por isso lhe trato com desrespeito. Você é FILHA AMADA DE DEUS, e isto me leva a olhar pra você com amor de irmã. O que condeno é prática homossexual e tenho motivos claros para isso: o homossexualismo machuca o Coração de Jesus. Por isso não aprovo esta prática e nem indico a ninguém.

    Se você pensa em casar, e está segura da sua vocação, olhe o exemplo de Nossa Senhora, e procure um bom homem que possa ser um verdadeiro esposo a exemplo de São José. E lembre-se também, minha querida, que devemos fazer todo o possível para ir para o céu quando morrermos, e isto significa que muitas vezes (ou melhor, sempre), precisamos renunciar nossas próprias vontades, nosso próprio eu, nossos próprios desejos, porque tudo isto é da carne, mas aquele que busca o Céu vive segundo as obras e desejos do Espírito Santo. É Ele que há de te orientar. E quanto mais te entregas ao Espírito do Senhor mais força Ele te dará e com mais sabedoria Ele te preencherá para que vossa viva a castidade, sabendo renunciar aos desígnios da carne para viver os desígnios de Deus! A carne é fraca, filha. Mas o Espírito é vida, e Ele te dá força. Tem coragem para viver em Deus, e renuncia o pecado, para que sejas realmente feliz nesta vida e na outra.

    Por favor não pense que quero ser dona da razão. Só estou querendo ajudar você, e lhe mostrar um Caminho para que você possa sair do erro. Também sou pecadora, mas assim como você, estou buscando a santidade. Por isso, não te julgo nem te condeno. Só te peço que olhe para Nossa Senhora e que siga esse modelo perfeito de Mãe, Mulher e Esposa. Seja como Ela, e então terás o céu, e Nosso Senhor nunca te negará nada.

    Rezarei por você na Santa Missa!
    Com carinho,
    Maria verônica.