Em latim: confessare = Declarar o que se fez ou que se pensa; dizer os pecados ou erros a um confessor; declarar-se, reconhecer-se.

Gosto de ser encoxada no ônibus

Virei evangélica há poucos meses, mas ainda tenho hábitos de quando era mulher da vida, as vezes acontece de rapazes me considerarem um objeto fácil nas conduções pois ando de saia curta ou justinha e isso também desperta o fetiche de encoxar no homens, creio eu. Mas eu não olho para os rapazes, nem flerto, fico sempre comportadíssima e tímida. Mesmo assim acontece no ônibus lotado, os rapazes encostam, encoxam mesmo e até me bolinam. Eu quero ser meiga, submissa, educada, gostosa, boazinha e não encrenqueira e briguenta, sempre fico calada para não ofender ninguém. Eles desentendem a minha intenção e quanto mais tímida fico, mais ousados viram. Porém confesso que sinto tesão em ser encoxada, mas tenho sempre receio de algum conhecido flagrar a cena.

96 comentários sobre “Gosto de ser encoxada no ônibus

  1. Daniela

    Também faço esse mesmo tipo e já fui bolinada no ônibus, também deixo e não crio escândalo e tenho medo de um conhecido ver ou até querer. Prefiro quando é homens mais velhos, porque eles ficam loucos quando conseguem uma novinha e ficam atiçados. É até engraçado porque percebo fogo deles na hora. Vão se esfregando e quando percebem que estou gostando aí querem um pouco mais e começam a tentar passar a mão, tocar em minha vagina ou em meus seios, quando eu dou alguma brecha eles não perdem tempo e vão logo, mas aí às vezes dão bandeira e tenho que parar.

    Ahhhh, eu não sou virgem faz muito tempo, pelo contrário, gosto muito de transa e masturbação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


+ seis = 13

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>