Não consigo revelar isso nem pra minha psicóloga

Preciso me confessar porque tenho me sentido sufocado. Não sei o que pensar sobre o que sinto, talvez por não ter com quem conversar. Tenho atração por pessoas do mesmo sexo e por não conseguir me sentir confortável com a situação, acabo não tendo vida amorosa. Sou extremamente solitário e não estou aguentando mais isso. Já tentei relacionamentos com mulheres, mas não me sinto atraído. Acabo cedendo ao meu desejo, vendo sites de pornografia homossexual e me masturbando. Depois, me sinto péssimo, culpado, sujo e indigno. Porém, como disse, não aguento mais tanta solidão. Não sou cheio de trejeitos ou afetações, sou discreto e não frequento o meio gay. Mas também fico sozinho, angustiado e triste. Não tenho com quem falar sobre isso. Estou fazendo terapia, mas nem para a minha psicóloga tenho coragem de contar, já tentei inclusive suicídio. O que faço, já estou com trinta e sete anos e não quero envelhecer sozinho. As vezes sinto que para mim não tem mais jeito. Tenho vontade de sumir, de me isolar. Sou muito religioso, mas como disse, me sinto sujo, mas ao mesmo tempo não consigo evitar o que sinto. Sei que parece tudo muito confuso, realmente, porque é assim que me sinto. Faço tratamento psiquiátrico para depressão, que tem me ajudado bastante, mas há momentos em que o desejo acaba falando mais alto, cedo e me sinto mal. Pelo amor de Deus, será que alguém tem uma palavra para me ajudar, preciso sentir que sou visto, que existo e que sou amado e importante para alguém.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

6 Comentários

  • Oi. Se te serve de ajuda, vivo o mesmo que você. Também faço tratamento para depressão, sou religioso, não consegui falar nem para minha psicóloga sobre o que sinto. Dou voltas e não chego a lugar algum. Estou com quarenta anos, não frequento o meio gay por achá-lo ferino demais. Me sinto machucado, magoado e desesperado para ter alguém com quem conversar sobre o que sinto. Acredito que quando se vive um amor, se tem mais coragem. Talvez justificaria abrir nossas preferências para as pessoas. Me identifiquei muito com você. Gostaria de trocar algumas idéias. Até.

  • Seja feliz,cara. Você é o único que está se enganado.

  • Boa noite. Cheguei até você porque vivo a mesma situação. Também faço terapia e até hoje não consegui falar para minha psicóloga. Apesar de achar que ela sabe. Tenho 38 anos e também não quero ficar sozinho. Também sou uma pessoa religiosa. Ah, também me sinto mal quanto ao meu desejo. Gostaria de ter contato com você. Se achar viável, acho que podemos nos ajudar mutuamente. Até.

  • Bom cara, você tem que sair dessa. Você é uma pessoa adulta, acredito que independente etc.

    Acredito que a sua psicologa já sabe desse segredo. Como também seus familiares, mas ai eles ficam naquela coisa de fingir que não sabem.

    O que acontece é que você se aceitar. Você leva e muito em consideração a opinião das pessoas, e criado em berço cristão, ser gay é pior do que ser um estuprador, pedófilo e etc. Passam a imagem que o maior pecado do mundo é ser gay.

    Porem peço que leve algumas coisas em consideração, a igreja abomina os gays não por ser pegado, mas por que isso fere a imagem de “macho” dos homens.

    Como posso me importar com a opinião que muitos homens e mulheres que dizem mil e uma coisas sobre gays, sendo que se compararmos, somos ótimas pessoas, com carácter, empatia, educação, enquanto pelo mundo tem ladrões, pessoas que estão nem ai para a família, pessoas que batem na família, que traem seus companheiros, ou pensam neles como um objeto, como na grande maioria dos homens cristão, que veem suas esposas como um pedaço de carne para usufruir e não como uma pessoa, isso não é pecado maior que ser atraído pelo mesmo sexo?

    E ainda mais você nessa situação, não deveria indagar os ensinamentos da igreja? E bíblia é um ótimo, porem é interessante como só é pecado o que a grande maioria quer que seja.

    Não existe pecado grande ou pequeno, então ser gay tem o mesmo peso que ter tv em casa, ou pintar a unha ou cortar o cabelo.

    O que temos que fazer é acabar com a hipocrisia, minha mãe se acabou tento 8 filhos porque a igreja não permitia o uso de preservativos ou anti concepcional, mas ai eu me pergunto, será que os outros membros da igreja estão a mais de 10 anos sem transar?

    Temos que parar de fazer um fuzue por ser gay que é uma coisa simples como qualquer, outra, diferente mas simples, e acabar com essa hipocrisia.

    • CONCORDO com Daniel
      VC PRECISA de procurar um sexólogo e ser feliz se aceitando como DEUS o fez!!!!
      MAS saiba; o ser HUMANO está em constante mutacao meu querido
      Boa sorte e boa terapia e fale tudo que vier em sua cabeça como faço como amigos amigas que eu confio ok?!SEJA aberto pra novas ideias e ideais!!!!

  • cara, se liberta! viva a vida porque ela passa rapidinho… Sou feliz como sou, voce será muito mais também! Paga pra ver.