Troca de casais um grande engano

Meu marido e eu, acima de tudo, somos grandes amigos e tudo começou com uma curiosidade q tínhamos sobre troca de casais, mas o tempo passou e desistimos. Estávamos casados no papel apenas, eu morava em SP a trabalho e ele no RJ, eu estava para voltar e nos casarmos na igreja, mas uns meses antes ele vivia falando da necessidade q tinha de sentir outra mulher, ele desabafava comigo e eu até cheguei a permitir q ele fizesse, mas ele não teve coragem, até q um dia resolvemos aceitar um velho convite de um amigo que frequentava casas de swing, foi ai q tudo começou, as coisas foram acontecendo bem devagar, ele parecia se sentir pressionado por ainda não ter rolado “tudo”, até q uns dois meses antes de eu vir de vez e casarmos na Igreja, fiquei na dúvida se devia deixar rolar tudo, pq eu q controlava, e com medo de aumentar a curiosidade dele sobre ela se eu não deixasse, e depois de uma discussão fomos a casa deles, já tínhamos marcado antes, e acabei deixando acontecer, meu marido e a esposa do amigo na sala e eu e o amigo no quarto, para mim não foi bom, para ele foi “normal”, nada de mais segundo ele, depois daí conversamos e cheguei a conclusão de q aquilo não era pra gente, enfim eu tinha acordado, ele parecia ter entendido, mas qdo eu tentava cortar de vez de sair com eles, ele não deixava, eu cedi e saímos, mas rolava no máximo dançar juntos e coisas bobas, qdo uma semana antes do casamento cortei de vez, casamos meio q em crise… depois continuamos saindo com eles, mas para baladas normais e como amigos mesmo, mas ela ao invés de me procurar para desabafar os problemas dela, ia desabafar com o meu marido, não falava nada demais, reclamava do marido dela pra ele q era amigo, e nosso casamento em crise, ele cada vez mais grosso e sem paciência em casa, já se deixando envolver por ela, mas uma vez liguei para o nosso amigo, marido dela e contei tudo, ela ficou morrendo de raiva e enfim se afastaram, graças a Deus! Eu me culpo muito e sei q meu marido tb, nós erramos pela curiosidade aquilo tudo nos envolveu, mas nos amamos muito, nós nunca nos traímos, não quero me separar dele, mas fico revivendo essa mágoa e não sei como me livrar dela, hoje em dia qdo lembro do q fizemos, revivo as cenas, sinto uma dor horrível no peito e me culpo muito!

 

Reportar Sexo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

22 Comentários

  • Basta seguir a vida descasando sobre a idéia de que jamais voltará a praticar isso, pois não passou de um aprendizado, onde todos foram alunos.

  • Eu espero que ter se aberto aqui tenha diminuído um pouco a sua mágoa. Se não, procure falar disso com um psicólogo ou um sacerdote, se for católica. Abrir-se com alguém, frente a frente, pode ajudar a diminuí-la. Vá também se culpando menos pelos seus erros, você é falível como qualquer pessoa, e procure ver o que essa experiência trouxe de bom: mostrar que vocês realmente querem viver fiéis um ao outro.

  • O casal de amigos não é de verdadeiros swingers, ou ela não teria feito isso com o seu marido, a saber, se pendurar nele para desabafinhos. Swinger é uma coisa, safado é outra. Um verdadeiro swinger não mistura jamais, mas jamais mesmo, afeto e/ou amizadinhas, ou seja lá o que for, com fetiches, sabendo portanto separar sexo de ‘apegos idiotinhas’, de paixonitinhas, de melosidades, enfim dessas criancices.
    E quanto a você, siga em frente. Foi uma experiência que se não tivesse ocorrido jamais os teria deixado em paz de curiosidade, porque isso ‘estava pegando’ em vocês,

    • Me poupe desse ” swingers de verdade e de mentira”. Já vir vários relatos de ”comedores” e das esposas que sempre se envolvem as escondidas dos maridos fora da casa de swing. É isso que vocês chamam de ”cumplicidade” ?! Dividiu uma vez jamais comerá sozinho(a) novamente.

    • Me poupe desse ” swingers de verdade e de mentira”. Já vir vários relatos de casais ou comedores que fazem isso dizerem que a maioria dos casais sempre se envolvem as escondidas dos companheiros fora da casa de swing. É isso que vocês chamam de ”cumplicidade” ?! Dividiu uma vez jamais comerá sozinho(a) novamente.

  • Somos um casal de SP e curtimos swing, não entramos p salvar a relação temos um casamento fortalecido, só entramos p viver coisas novas, mas pra quem não curte, simplesmente não pratique, e estamos adorando

  • Saí uma vez com um casal, maior desgraça que já fiz na minha vida, me engracei com uma rapariga aqui de Sergipe e quando marcamos encontro o marido estava junto, sabia de tudo e veio pra participar, era um tremendo viadão.preciso nem dizer que foi péssima experiência.tá aí um relato do outro lado da moeda também, mas no caso um ménage. Abçs

  • Essa história é bem parecida com a minha amiga, mas com um detalhe triste que não soube controlar assim como você fez, meu marido me trocou pela vagabunda que se dizia minha amiga. Esse casal com quem saíamos e achava que era de confiança, acabou com o meu casamento e o marido da tal sabia que eles estavam de amantes mas na verdade ele é gay, não tava nem aí pra mulher dele.

    Bom esse é meu relato da experiência com swing. Um dia crio coragem e faço a confissão com detalhes para que todas vocês saibam da realidade da coisa.

  • eu ja fiz isso algumas vezes, so com um casal amigos

  • Ai, ficar remoendo algo que já passou! Mas na verdade está é arrependida de terem se separado, pois queria sim continuar o swing.. (Mas não têm cabeça para manter!)

  • alguem me ajude a convencer a minha mulher a fazer troca com um kasal.

    • Lucas eu tbm quero e minha esposa tbm estamos louquinhos pra fazer eu sou o único homem dela até hj e queremos muito fazer se tiveres interesse liga q marcamos ok! Abraços. .

      • Eu também quero mas a minha mulher não

        • Amigos, eu e minha esposa (na época namorada) já passamos por isso, nossa primeira troca foi totalmente na base da curiosidade e tesão, foi com um casal de amigos comuns, nossos melhores amigos na época. Infelizmente depois eles se separaram e acabamos perdendo contato. Mas tenho muita vontade de voltar a trocar, a minha esposa também tem, mas ela se sente culpada e prefere evitar isso. Quem quiser falar sobre as esposas, trocar experiências me manda um e-mail
          Abs

      • Oi eu moro Toronto, estou procurando casais para passarmos momentos maravilhosos juntos

  • eu quero trocar tenho fantasia mas minha mulher nao aceita

  • Já fizemos muito isso mas agora paramos