Sou uma ladra

quando eu era criança, via meus primos roubarem pequenos objetos em supermercados e outros lugares… e eles se vangloriavam disso… então um dia roubei uma presilha de cabelo… incentivada por um primo… eu tinha uns 8 anos… logo depois roubei um brinco de minha avó e vendi… roubei algumas joias de minha mãe também… eu pegava dinheiro na carteira de minha mãe… me tornei adolescente… fui morar fora para estudar… com 18 anos fui presa em um supermercado roubando coisas, mais acho que o delegado ficou com pena e me deu uma chance… mas quando eu tinha oportunidade eu roubava em meu trabalho, no caixa e as vezes abria a bolsa de algum colega de trabalho e pegava pequenos valores… sempre dava um tempo entre um roubo e outro pq eu ficava muito mau, depressiva e arrependida… voltei para casa após um relacionamento que não deu certo… ai eu descobri a senha de minha mãe do banco e eu a roubava sempre que eu achava que dava… até que um dia ela descobriu e eu neguei tudo.

fui embora para Belo Horizonte ai achei que assim eu pararia … mas em visita a minha mãe na minha cidade natal eu a roubei novamente sacando dinheiro de sua conta…
sabe o que é pior… minha mãe é a maior pessoa em minha vida, é tudo que mais amo… mais isso não foi o suficiente para que eu não a magoasse…
perdi a confiança de minha mãe…
e estou me sentindo perdida…
não sei o que fazer … meu mundo está em frangalhos…

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *