Fui usada por um falso amor

Olá, há algumas semanas conheci um menino, que parecia ser O MENINO, mas na época, eu namorava. E todos sabiam disso, eu estava um tanto insatisfeita com meu namorado, com isso terminamos. Na mesma semana, comecei a me envolver com esse menino. Ele era incrível, tudo o que eu podia querer, mas sempre que marcávamos de sair, ele inventava uma desculpa. Um dia, indo para o treino de boxe, não sei por que, resolvi olhar pro outro lado da rua, como um sinal de Deus entende? Quando olhei, lá estava ele, lindo e perfeito em frente a porta de sua casa. Fiquei com vergonha de falar com ele, então fui para o treino normalmente. Mas não conseguia parar de pensar nele, sai correndo do boxe e fui pra lá em busca dele. Pedi que o chamassem, e quando ele desceu as escadas, meu coração não parava de bater. Conversamos um pouco, e quando ele foi se despedir de mim eu o beijei! E fora a melhor coisa que havia acontecido em minha vida! No dia seguinte, uma segunda-feira, ele me pediu em namoro, marcamos de nos ver no apartamento novo dele. Eu fui, e lá ele dizia que me amava o tempo todo, ele pedia pra eu fazer certas coisas que eu não queria, mas ele me beijava e olhava nos meus olhos enquanto dizia que me amava. Voltei lá na quarta, e nesse dia me entreguei a ele. Perdi a virgindade com ele, não senti dor, nem prazer. Me senti mais uma boneca, eu gemia pra parecer que estava gostando. Não queria deixa-lo bravo. Eu gostava dele, e muito. Aconteceu de tudo nesse dia, fiz tudo o que ele me pediu. Tudo. Cheguei em casa nas nuvens, me sentia amada e realizada como nunca, ele me levou em casa e conheceu meus pais. Mas ele começou a me tratar de maneira grossa e fria, passou a não se importar comigo, não falar comigo. Na outra segunda a tarde, voltei lá, conheci toda sua família e ficamos no sofá assistindo televisão até que uma hora, ele pediu que fossemos no banheiro. Eu fui. Quando cheguei lá, ele abaixou a bermuda e pediu pra eu ajoelhar. Não queria, tinha nojo disso mas ele dizia “por favor amor, por mim. Eu te amo muito”. Fiz um oral nele, quase vomitei. Quando cheguei em casa, recebi uma mensagem de um amigo dele me contando coisas horríveis sobre ele. Fui tirar satisfações com meu namorado, e ele disse “Quer saber a verdade mesmo?”. Eu disse que queria, e quase morri quando ouvi. Ele usava drogas, me traia e ainda teve a coragem de dizer que só ficou comigo pra tirar minha virgindade. Ele terminou comigo nessa mesma hora, disse que não queria me iludir. Na segunda, o irmão dele armou pra eu ir lá, dizendo que queria conversar. Fui, e fiquei com ele de novo, ele dizia “volta pra mim?”. Quando cheguei em casa, ele disse que não queria mais nada comigo, e que eu não ia voltar lá nunca mais. Quase morri. Fui usada de novo, fraquejei de novo. Eu ainda penso nele, mas um de meus melhores amigos me pediu uma chance, disse que o meu passado não importava, e que ele ia fazer de tudo pra me fazer feliz, não sei o que faço. Agora estou chorando de novo, tenho nojo de mim, me sinto um lixo. Me sinto uma porcaria. A culpa foi minha, se eu tivesse dito “não” pra o que eu não queria, talvez não estivesse assim agora. Por favor, quem tiver tempo e sábias palavras, me ajude, me mostre o caminho para que eu possa fazer a coisa certa dessa vez.
Obrigada, e abraços.

 

Reportar Sexo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

1 Comentário

  • Olá menina,

    em primeiro lugar, você NÃO é suja. Não fez nada de errado. Ele sim te usou. Uma pena, mas isso acontece. Sinta-se feliz por ter tido uma primeira vez que te deixou feliz – apesar de tudo-, por você ser uma pessoa boa e ter alguém que gosta de você (esse seu amigo).

    Quanto ao menino de quem você gostava: afaste-se dele! É uma pessoa ruim. Um babaca. Só quer sexo e não quer você. Pode ter certeza de que ele NÃO vai mudar. Ele percebeu que você é uma presa fácil, pois você gosta dele. Por isso ele sempre vai tentar te usar. É uma forma de conseguir sexo fácil. Uma forma bem inescrupulosa, por sinal.

    Ele está te manipulando psicologicamente, mexendo com a sua auto-estima. Isso é muito comum, infelizmente. Ele não gosta de você, mas quer sexo. Você gosta dele, então ele sabe que se fingir que gosta de você, que está arrependido, etc., você cede. Isso é comum e não é culpa sua, é uma fragilidade da psicologia humana.

    Se você acredita em Deus, peça a ele força. Não peça pra não cair em tentação, ou pra se afastar do rapaz. Peça para ser for forte, para ter força pra caminhar sempre em frente na vida. Se não acredita em Deus, busque essa FORÇA dentro de você, no seu subconsciente.

    Se você ainda tem algum sentimento pelo famigerado rapaz, não lute contra isso. Pense que ele foi algo que já passou na sua vida. Um momento que teve seu lado bom, seu lado ruim, mas JÁ PASSOU.

    Seja INDIFERENTE a ele, e aos pensamentos sobre ele. Se você se pegar pensando nele, pense na imagem dele ficando cada vez mais distante em sua mente, e ficando em preto e branco e cada vez mais desfocada à medida que vai se afastando, até desaparecer.

    Pense que o caso que você teve e a relação também, foram um momento em sua vida. Um momento que fez parte da sua história e que já passou. Uma experiência a mais na sua vida, com a qual você aprendeu. Só isso.

    Se ele ligar, ou o irmão. Desligue logo. Não dê chance a eles de falar nada. Nem a qualquer amigo que queira aproximá-la dele. Ele já passou. Tchau!

    Nada de ir à casa dele, ou deixar ele falar com você.

    Quanto ao seu amigo que gosta de você, isso parece muito bom. Ele sabe de tudo e não tá nem aí. Provavelmente você deve dar uma chance a ele. Mas não faça isso como forma de se livrar do outro ou por pena. Pense da seguinte forma: é um cara legal de quem eu gosto e essa será mais uma experiência em minha vida, mais uma relação. Isso é normal.

    Só não comece algo se você acha que não sente NADA por ele. Aí não vale a pena nem começar, mas parece não ser o caso. Você parece gostar dele. Dê uma chance a ele, pense no quanto ele gosta de você, nas coisas legais que você sabe sobre sobre ele e nas características legais que ele tem – enfim, naquilo que você gosta nele.

    Fique um bom tempo com ele, seja legal com o cara e procure ter momentos legais em que vocês façam coisas divertidas juntos. Vão a lugares e façam coisas que os dois gostam. Se depois de 6 meses a um ano a relação não engatar, então você pode e terminar com ele, mas se ele tiver sido legal com você, seja cuidadosa para não magoá-lo.

    Mas eu acho que a relação engata, pois você já gosta dele de alguma maneira, são amigos, devem ter várias coisas em comum.

    Felicidades pra você.