Masturbação feminina é pecado

Não sei ao certo se masturbação feminina eh pecado!? Tenho 18 anos e sou virgem, mas ultimamente me sinto muito excitada e com vontade de me tocar! Sou evangélica mas tenho vergonha de perguntar ao pastor se isso eh pecado ou não.. :/

 

Reportar Sexo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

16 Comentários

  • Estou casada a 9 anos, meu marido e eu não fazemos sexo a 2anos. Mas não falamos sobre separação, apenas nos acomodamos na situação… Até agora. Desde então estou me masturbando pq não qro trai-lo. Eu gosto de sexo, mas não qro com ele e nem tenho vontade. Isso é pecado?

  • Olá sou casada há 15 anos, mas quando estou só gosto de ficar me tocando, gostaria de saber se isso é pecado

  • A masturbação é um dos hábitos mais arraigados na vida dos seres humanos. Isto porque este vício, além de não fazer parte do plano de Deus em relação ao sexo, é algo escravizador, traz culpa e desanima todo aquele que quer seguir o padrão estabelecido por Deus para sua vida. Como disse o conselheiro e psicólogo cristão Jay E. Adams:

    “A masturbação pode adquirir um controle tão tenaz sobre eles (adolescentes, jovens, etc) que as suas energias são desperdiçadas, desviando seus pensamentos dos seus estudos, levando-os a pensar no sexo por onde quer que vão, e com qualquer pessoa que vejam…” . Isto nos mostra o quão importante é que a vitória sobre a masturbação venha o mais rápido possível, pois quanto mais a mesma é praticada, mais enraizada fica na vida da pessoa.

    Para entendermos o porquê da masturbação ser algo errado, primeiramente é necessário que saibamos qual seria a base bíblica para o sexo:
    “Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne”. Gênesis 2:24.

    O sexo é um presente criado por Deus para a humanidade. O objetivo do Senhor ao criá-lo é prover ao casal a oportunidade de partilharem juntos momentos prazerosos em companhia e intimidade; foi criado para a alegria e felicidade do casal (não o foi apenas para a procriação). Ao terminar a criação do homem e, certamente, sua sexualidade, Deus disse que “era muito bom” (ver Gênesis 1:31).

    Sendo que Deus fez o sexo para que fosse desfrutado entre o casal, a dois, e que o mesmo deve ser o meio legítimo de satisfação de nossos desejos sexuais, podemos acertadamente concluir que se masturbar não é recomendável, pois a mesma não faz parte do plano de Deus para o sexo (ser feito a dois a fim de que ambos tornem-se “uma só carne” = companheirismo mútuo e prover prazer ao cônjuge).

    Mesmo não havendo referências diretas nas Escrituras quando à masturbação, há “princípios bíblicos que se aplicam ao tema” :

    O Princípio de I Coríntios 6:12: Não devermos ser dominados.

    “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas”. 1 Coríntios 6:12 – grifo meu.

    Aqui Paulo ensina que até mesmo “aquelas coisas que são corretas, não devem ter a permissão de dominar um crente a ponto de tornarem-se senhores do mesmo, e ele tornar-se o seu escravo” . Se o que é correto não deve nos dominar, muito menos o deve as coisas que não são boas.

    O Princípio de Mateus 5:27-28: Não devemos adulterar.

    “Ouvistes que foi dito: Não adulterarás. Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela”. Mateus 5:27-28.

    “O adolescente, apanhado na espiral da masturbação, eventualmente não pode evitar ser também envolvido nesse outro pecado” (adultério), pois quando se masturba, certamente pensará em outra pessoa, inclusive alguém que é casada (o).

    O Princípio de I Coríntios 7:9: O desejo sexual deve ser aliviado através do sexo, com o cônjuge.

    “Caso, porém, não se dominem que se casem; porque é melhor casar do que viver abrasado”. 1 Coríntios 7:9.
    “Paulo não ensina que a masturbação é uma medida apropriada de alívio para o desejo sexual (o abrasar-se). Ele não diz, por exemplo: ‘É melhor o hábito da masturbação do que abrasar-se’. Bem pelo contrário, ele alista o autocontrole como a única alternativa para o casamento…a masturbação não apaga o incêndio, mas joga mais combustível no mesmo” .

    Este texto claramente estabelece que para aliviar os desejos sexuais há 2 alternativas:

    1. Autodomínio;
    2. Casamento.

    O Princípio de I Coríntios 7:3-4: “A capacidade sexual do indivíduo não existe para si mesmo” .

    “O marido conceda à esposa o que lhe é devido, e também, semelhantemente, a esposa, ao seu marido. A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim o marido; e também, semelhantemente, o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim a mulher”. 1 Coríntios 7:3-4.

    “Deus proveu a sexualidade do indivíduo para benefício de seu cônjuge legítimo. No sexo, como em tudo o mais, sempre será verdadeiro que mais bem-aventurada coisa é dar do que receber. O sexo ego-centralizado, por conseguinte, constitui um uso ilegítimo da sexualidade”.

    As Escrituras orientam que o sexo não deve ser desfrutado ‘solitariamente’ mas sim com alguém (o cônjuge); assim, vê-se que a masturbação é uma perversão do ato sexual, pois o indivíduo está buscando seu próprio prazer apenas; não está dando prazer à outra pessoa, (sua esposa ou marido). A capacidade sexual foi dada para que déssemos prazer a outrem.

    Analisando estes princípios bíblicos, podemos concluir que realmente a masturbação não é aprovada por Deus, pois não condiz com Suas orientações em relação ao ato sexual; é algo egoísta, que estimula ao adultério (cf. Mt 5:27-28) e que tende a estragar nossa saúde física e mental (devido ao sentimento de culpa). Tal é pecado (conquanto não seja dos mais ofensivos. Entretanto, mesmo os pecados menos ofensivos são perigosos…), pois ao prejudicarmos qualquer área de nossa vida (física, mental ou espiritual) estamos destruindo o “templo do Espírito Santo”. (I Co 3:16-17; 6:19-20).

    Como vencer a masturbação?

    Há dicas que poderão ser muito úteis a fim obter-se a vitória. Antes, deve-se ressaltar que a vitória sobre a masturbação não vem de um dia para o outro. Alguns demoram mais, outros menos. Irá depender do tempo em que o vício está arraigado na vida da pessoa, sua força de vontade e, principalmente de sua comunhão com Deus. Se vier a cair, jamais deverá desanimar, mas continuar lutando, pois “é na vossa perseverança que ganhareis a vossa alma” (Lucas 21:19).

    Muitos jovens ao praticarem o ato desanimam e tendem a parar de orar e estudar a Bíblia; mas isto é totalmente errado. Se ao lado de Deus vêem as dificuldades para vencermos, imagine sem Deus! Mesmo que caia no ato, não deixe de estudar a Bíblia e de orar a Deus. Peça a Deus para que lhe fortalecer a cada dia a fim de que vá obtendo a vitória sobre este hábito.

    É necessário também descobrir quando e onde ocorre a masturbação com maior freqüência. Se, por exemplo, a mesma ocorre ao recolher-se para dormir, “deverás ocupar-se de vigoroso exercício físico depois de fazer suas orações, mas antes de retirar-se para seu quarto, para que caia na cama exausto” . Se a masturbação ocorre pela manhã, será bom que ponha o despertador do outro lado do quarto, a fim de que tenha de levantar-se da cama para desligá-lo.

    A próxima providência a tomar será arrumar imediatamente a cama.

    Se nenhum desses casos for o seu, escreva-me dizendo o momento em que mais a vontade de masturbar-se lhe ataca, a fim de que tracemos um plano que se adapte à sua situação.

    Muito exercício físico, atividades manuais, vigiar os olhos (não ver cenas de sexo ou mulheres nuas em revistas ou TV), oração e nutrir bons pensamentos, são importantíssimos meios a serem utilizados nesta batalha.

    “Vinde, pois, e arrazoemos, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã”. Isaías 1:18. “Tornará a ter compaixão de nós; pisará aos pés as nossas iniqüidades e lançará todos os nossos pecados nas profundezas do mar”. Miquéias 7:19.

    Se Deus perdoa-nos ao cometermos os mais horríveis pecados, porque não irá lhe perdoar? Deus sabe da estrutura de cada um de nós; Ele sabe quanto tempo precisamos para vencer determinados maus hábitos que temos e nos dá este tempo.

    Não centralize suas atenções apenas neste assunto da masturbação de modo que sua vida gire em torno disto. Mesmo que seja bom obter a vitória sobre a mesma, devemos dar atenção também a outras coisas.

    Vá a Jesus do jeito que está. Lembre-se de que pelo Seu poder podemos todas as coisas (Filip. 4:13). Jesus é mais poderoso que qualquer vício; Seu amor por você é tão grande que um dia morreu na cruz do calvário para salvar-lhe. Creia em seu perdão: o perdão divino é tão maravilhoso que ao nos perdoar apaga nossos pecados e nem quer mais se lembrar deles (cf. Is 43:25). Converse com o Salvador em oração todos os dias e peça-lhe poder para vencer.

    Faça sua parte em seguir as dicas apresentadas, na certeza de que Jesus estará fazendo a parte dEle.

  • Bom cada um com sua opiniao e nao julgo ninguem pois cada um passa aquilo que aprende ,bom lavai a minha espero que te ajude.
    A Bíblia nunca menciona especificamente a masturbação ou afirma se a masturbação é ou não pecado. Entretanto, não há dúvidas de que na grande maioria das situações as ações que levam à masturbação são pecaminosas. A masturbação é, quase sempre, o resultado final de pensamentos sensuais, estimulação erótica e/ou imagens pornográficas. São com estes problemas que devemos lidar. Se abandonarmos e vencermos os pecados de luxúria e pornografia, o problema da masturbação vai se tornar algo de mínima importância.
    A Bíblia nos alerta para que evitemos até a aparência de imoralidade sexual (Efésios 5:3). Não vejo como a masturbação possa passar neste teste específico. Às vezes, um bom teste para saber se algo é ou não pecado consiste em verificar se você ficaria orgulhoso de contar aos outros o que acabou de fazer. Se for algo do qual ficaria sem graça ou envergonhado se os outros descobrissem, muito provavelmente é pecado. Um outro bom teste é determinar se podemos, honestamente e de consciência limpa, pedir que Deus abençoe e use esta atividade em particular para Seus bons propósitos. Não creio que a masturbação esteja na categoria das coisas que possamos ter “orgulho” ou genuinamente agradecer a Deus.
    A Bíblia nos ensina: “Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus” (I Coríntios 10:31). Se há lugar para dúvida quanto a algo agradar ou não a Deus, então é melhor abandonar tal prática. Definitivamente, em relação à masturbação, há lugar para a dúvida. “Mas aquele que tem dúvidas, se come está condenado, porque não come por fé; e tudo o que não é de fé é pecado” (Romanos 14:23). Não vejo como, de acordo com a Bíblia, a masturbação possa ser considerada como algo que glorifique a Deus. Indo mais além, devemos nos lembrar de que nossos corpos, assim como nossas almas, foram redimidos e pertencem a Deus. “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus” (I Coríntios 6: 19-20). Esta grande verdade deve pesar em relação ao que fazemos e até onde chegamos no que diz respeito a nosso corpo. Então, à luz destes princípios, definitivamente, devo dizer que a masturbação, de acordo com a Bíblia, é pecado. Não creio que a masturbação agrade a Deus, que evite a aparência de imoralidade ou passe no teste de Deus sendo proprietário de nossos corpos.
    Pense nisso moça e reflita bastante , isso não é oque Deus quer para nós , perca o seu tempo fazendo coisas úteis que te edificam…

  • Para a Igreja Católica , como para evangélica, é pecado SIM!!
    É um ato desordenado e vai contra o 6° mandamento de Deus, que é Não pecará contra a castidade!
    Vigiai e orai irmã, ocupe sua cabeça com outras coisas, leia a bíblia. . Como sou católica recito o santo terço!

  • Pecado é roubar, matar, trair e outras coisas. Masturbação não é pecado mas não exagere

  • Claro que não há pecado em si tocar, me descobri. Isso é a coisa mais natural do mundo, tanto quanto ao sexo. Acho que não deveria falar com o pastor, isso é muito íntimo, é seu, é pessoal. É por isso mesmo que chama-se masturbação, porque é com você mesma. você não está tocando ninguém nem sendo tocada, você está se tocando. Faço isso desde os 12 anos e nunca deixei de praticar o bem nem nunca me afastei de minhas atividades, inclusive as religiosas, por causa disso. Converse com o seu ginecologista sobre isso que ele vai te dá uns toques do quanto isso é natural e se for homem melhor ainda que ele vai te ensinar como se masturbar sem se machucar. Comigo foi assim, no inicio era uma mulher, como ela faleceu, mudei para homem e um dia marquei uma consulta e falei com ele isso, ele então me ensinou a encontrar um ponto que me dá mais prazer na hora da masturbação, claro que para isso ele teve que me masturbar e ir me perguntando como estava melhor e acho que isso faz parte do trabalho dele me orientar sobre minhas partes íntimas. Sempre que faço alguma posição que causa incomodo quando estou me masturbando, volto lá e explico a ele como fiz que causou o incomodo e ele vai me dá uma explicação plausível para situação. Como fiquei um tempo sem namorado, ele disse que se eu puder para me masturbar todos os dias para lubrificar minha vagina e evitar ressecamento.

  • Claro que não, mocinha!

    Se fosse pecado, vc não teria hormônios, não teria desejo. Deus é perfeito, não nos faria dessa forma se não fosse a vontade Dele. É fisiológico, nascemos e crescemos assim.

    Se toca, sim. Se acaricie, sim. Se conheça, sim.

    Se quiser, me escreva: Se não pretende mesmo trair seu marido, se masturbar é uma ótima opção. Vc se delicia e se relaxa, imagina tudo o que vier à mente, e guarda todo prazer e desejo para você e não põe em risco sua relação.

  • Dois babacas que falaram um monte de besteira sem qualquer entendimento da vida!!!! KKKKK. Masturbação é ruim sim porque vicia e te afasta do que deveria ser realmente feito: o bem pelos outros!
    Tem tanta coisa boa pra se fazer: vá em um asilo, trabalhe, estude, vá passear para se distrair, vá em um hospital visitar as pessoas com câncer, visite pessoas que passam muita necessidade e ver que vc é feliz e não sabe!!! Esse negócio de masturbação é uma desgraça na vida da pessoa! Temos um monte de pessoas vazias, estúpidas que só pensam no prazer sexual…como se a vida se resumisse a isso!!!
    Sexo é bom mesmo quando é com quem a gente ama mesmo! Não se deve torná-lo o centro da sua vida! Deve ser vivido de forma saudável, construtiva, não indo atrás de casa de swing, de prostituta, de travesti, de amante na rua, de ped*filia, de outras coisas nojentas que só nos afastam de sermos realmente livres e felizes! O homem livre é aquele que tem domínio de si próprio! Eu me libertei disso – não sinto culpa- e posso dizer que sou bem mais feliz e não sinto falta nenhuma dessa prática! Reze, reze que vc vai ter autodomínio e ver que estou certo!

  • Moça, hoje acordei com um desconforto frente todas as minhas questões pessoais e existências. Vivo a procurar Deus e a tentar acreditar que existe uma razão de estarmos aqui. Tenho por volta dos meus 35 anos e sou um homem da ciência.
    Pense o seguinte, o homem tem uma dificuldade imensa em ficar sem respostas, ele PRECISAS saber que existe ALGO guiando seu destino ou olhando por ele. Isso é uma suposição, muitos passaram por esse mundo e ficaram “famosos”. Calma, irei chegar no ponto da sua confissão.
    Um outro ponto, na idade média ou muito antes de Cristo, as calamidades publicas e o espirito humano porco era mais presente, mais corriqueira. Ou seja, as pessoas precisavam ter medo de algo para pararem de matar uns aos outros. O nível de “ética” que temos hoje (embora ainda seja muito baixo) ainda é muito melhor do que antigamente. Hoje não vemos pessoas pregadas em cruzes no centro da cidade ou uma cabeça jogada no meio da calçada (em grande parte do mundo pelo menos). Portanto, muito antigamente, tornava-se necessário algo desconhecido de demoníaco para frear essas atitudes humanas, Em suma, o conceito de pecado era necessário.
    Hoje, claro que existem pessoas de todo o tipo, que ainda trazem no fundo da alma o prazer em piorar esse mundo, mas mesmo assim é melhor do que antigamente.
    Veja o seguinte, esse mesmo pecado que estamos discutindo, que segurava aquela “galera” de antigamente, ele ainda existe hoje e está impregnado na cultura das pessoas. Se Deus (o que prefiro dizer: o força primeira de todas as coisas) demorou 4.7 bilhões de anos para construir esse planeta, que chamamos terra, demorou quase 15 bilhões de anos para fazer o universo, vc acredita realmente que ele errou ao colocar um clitóris na vagina da mulher e uma glande no pênis do homem? Na pior das hipóteses vc é resultado daquilo que Deus fez, estamos todos no mesmo barco. Pecado se masturbar? Nem ferrando! Pecado seria vc cortar esse pedacinho de vc e jogar fora, seria jogar pela janela bilhões de anos de evolução, negar aquilo que “Deus” criou.
    NÃO É PECADO ATÉ PORQUE, SE EXISTE PECADO, O PECADO É FAZER AO PRÓXIMO OU AO MUNDO O QUE NÃO QUEREMOS PARA GENTE.
    Não existe pecado, existem atitudes e consequências. E, mais uma coisa, em termos religiosos, prefiro acreditar que do “mesmo lugar que viemos iremos voltar”, ou seja, após uma longa viagem não é sempre bom retornar para casa? Portanto, independente de qual seja o lugar que nós viemos (céu, pó, terra, universo, barriga da cuca, etc) é sempre bom retornar. Quanto ao que vc conhece como pecado, deixa as coisas do homem para lá, Deus não apareceu para pessoa alguma e disse: “olha, é o seguinte, é pecado vc fazer isso, aquilo, ir ao banheiro etc etc” e se apareceu para alguém, é melhor esse cidadão procurar um profissional para ajuda-lo.

  • Pecado? Ter prazer é pecado? Pecado é roubar, matar, prejudicar o próximo!

    Como você acha que papai e mamãe te fizeram? Você só quer sentir prazer, aliás, não é você que quer sentir prazer, é o seu corpo, seus hormônios estão a milhão!!!!

    Você aparenta ser uma moça muito certinha, de família evangélica e tal, isso é muito legal, mas meu conselho? Se masturba, mas se masturba muito, você vai ver como é gostoso isso e ao mesmo tempo você vai se conhecer. Quando chegar a hora e você encontrar uma pessoa especial pra você, vai ser MUITO MELHOR do que se você não se conhecesse.

    Eii….Deus te entende. Se masturbar é o grande prazer da vida!

    Fique na paz!

    • bom… fico atônita com tantas opiniões, visões e crenças diferentes.
      mais, enfim, vc tem q viver para o q acredita ser real. há pessoas que n creem em Deus. Deus não é uma força, poxa. Deus é Deus, e nem todos acreditam, mais está é a verdade. e quem não acreditada não tem nada com Ele e nem com quem é filho Dele, n ouça essas pessoas. pra elas está reservada a condenação, isso é fato. se vc tem Deus, o conhece e convive com ele diariamente, vc sabe quem ele é. Alguem dizer que ele n existe ou que vc n tem que obedecê-lo n pode te fazer repensar seus valores. creia somente.
      olha, eu tenho a sua idade hj e não é fácil obedecer a deus, e não é pra ser fácil. é difícil, principalmente quando se fala de sexualidade, pq a maioria das pessoas ao seu redor vão te aconselhar a viver e esbanjar e o desejo nesta idade está aflorado, mais pensa em algo maior, pensa no que é eterno, não é impossível passar por isso, foi pra isso que Jesus morreu, então que o maior prazer da sua vida seja viver pra ele.
      Deus nos criou para vivermos sim os prazeres sexuais, mais nos informa na bíblia(e me parece que vc acredita nela), que o corpo da mulher pertence ao marido e o corpo do marido a esposa, e que Não devemos fazer a vontade da nossa carne. vc vai ter seu momento quando vc casar. e vai ser melhor se vc não estiver contaminada com outras coisas. pq se vc tiver, vai ser difícil se satisfazer com o seu marido.