Masturbação um círculo vicioso

Tenho que confessar que estou viciado em ver vídeos pornográficos. Tudo começou como curiosidade, mas logo em me vi preso nesse círculo vicioso. Não sei mais como parar. Tenho vergonha de dizer isso aos meus pais, aos meus amigos, aos meus colegas de trabalho. Preciso de ajuda, preciso pedir perdão.

 

Reportar Sexo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

9 Comentários

  • Vc Não tem pq Pedir perdão por nada, masturbar é algo natural, Vc não tah fazendo mal pra ninguem e é isso que importa, Deus deve ter mais o que fazer do que se preocupar se Tu toca uma punheta de vez em quando. Larga dessas neuras ;)

  • Anônimo, a receita não é simples nem infalível. Além disso, requer esforço continuado por muitos anos. Mas é a que tem:

    1 – Fuja das ocasiões e mantenha a luta longe. Não espere a iminência do pecado para lutar contra o instinto. É derrota certa;

    2 – Em termos práticos, fique o máximo de tempo possível longe do computador. Não o use sozinho. Arrume filtros de internet com senhas definidas por outrem;

    3 – Peça ajuda a Deus humilde e insistentemente. Se for católico, confesse-se e comungue com regularidade;

    4 – Não demore a voltar à luta depois de uma queda.

  • você precisa é de mulher cara

  • Procure um padre e vá se confessar, não vá na cabeça de quem diz q se vc se masturbar vc conhece melhor o seu corpo e , blá, blá ,blá, busque a Deus e lute pela sua santidade, pecar é até humano todos temos quedas mas permanecer no erro é burrice, Deus te dá forças…

  • Olá eu tenho 16 anos de idade me masturbei algumas vezes dai voltei pra igreja batizei, ai perdi as forças de ir na igreja de um tempo pra cá eu não consigo mesmo ir na igreja, depois de ter batizado masturbei 2 vezes, e não tenho coragem de confeçar isso pra ninguém na igreja, já perdi perdão pra Deus com todo o meu coração com toda verdade, mais tenho essa duvida se eu pedir perdão somente para deus se eu posso participar da santa ceia , o pq de eu não participar da santa ceia e nem ir pra igreja e isso. Me ajude! Obrigado que Deus abençoe.

    • Olá Nanda td bem?

      Bom, a masturbação é um pecado grave, portanto para participar da Santa Comunhão, vc deve ser confessar com um sacerdote pedindo perdão a Deus pela a ofensa cometida e Deus se faz presente através da Santa Igreja Católica. O sacramento da confissão é o santo remédios para a nossa alma. Vc encontrará mais detalhe no site do padrepauloricardo.org, uma grande fonte de conhecimento. Graças e Luz na sua vida!

    • Nanda se você pediu perdão de todo os seu coração a Deus fique em paz, pois você é perdoada.

      1ª João cap.2:1 e 2 diz:
      MEUS filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.
      E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo.

    • Nanda, masturbar-se é fazer mal uso do sexo, que é algo divino, pois permite ao homem e a mulher que participem da criação – o que, a princípio, é dom exclusivo de Deus. Além disso, dentro de um matrimônio o sexo é algo muito especial, que une os casais. É normalmente parte fundamental de um casamento cristão.

      Acho, no entanto, que seu problema não é com a masturbação, mas com a confissão. Tenha certeza de que isso é muito comum. Dizem que o diabo tira a vergonha na hora de pecar e devolve dobrada na hora de confessar… O sentido de você confessar-se diante de um sacerdote é justamente te ajudar num aspecto fundamental da vida cristã: a humildade. Ora, quem é que gosta de falar outro que cometeu erros, que não é perfeito? É uma humilhação, sem dúvida, mas Jesus falou que “quem se humilha, será exaltado”.

      Além disso tudo, a confissão diante de um sacerdote te dá a certeza plena do perdão. Se você estiver realmente arrependida, tiver com o propósito real de não voltar a pecar e confessar-se diante de um sacerdote, pode ter a certeza absoluta de que estará perdoada.