Necessito abandonar essas praticas horrendas

Tenho 20 anos, sou virgem e tenho fortes desejos libidinosos diariamente. Ontem comecei a ver sites pornográficos no trabalho e fui para casa com imagens de sexo em minha cabeça, ao chegar em casa continuei a satisfazer minha lascívia vendo mais sites pornográficos, até que me masturbei umas três vezes. Tento vencer o desejo sexual, mas ele vem muito forte, de forma quase que alucinógena e animalesca, realmente irracional. O pior de tudo é que fico pensando nas imagens que poluíram minha mente reiteradamente, até mesmo nas orações parecem que elas ficam impregnadas em meus pensamentos. Não consigo olhar para uma mulher com roupas apertadas que fico ereto e isso é muito constrangedor. Há muito tempo venho combatendo isso, até passei uns bons meses sem masturbar-me, mas venho me masturbando inúmeras vezes desde o início do ano. Ademais a masturbação, sinto que minha dedicação e paixão para com DEUS está se esfriando, devido minha displicência, preguiça e ignorância. Quero sentir a presença de JESUS em minha alma e o ESPÍRITO SANTO corre em meu espírito e sei que para isso tenho que abandonar essas praticas horrendas. Obrigado!

 

Reportar Sexo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

2 Comentários

  • Se sente que isso o pode prejudicar no seu relacionamento com Deus,dou-lhe uma receita.Ame Deus de verdade, coloque-o acima de qualquer coisa terrena e vai ver que vai conseguir eliminar o seu vicio, pelo menos assim dessa forma exagerada.
    O que falta muitas das vezes a nós é oração, ore a Deus e abra o seu coração a Ele e verá uma grande ajuda da sua parte.O seu vicio vai diminuir, tenho a certeza.
    Força e coragem!

  • vamos com calma, rs. você está na sua idade mais fértil e seus hormônios estão lá em cima.. não seja cruel com você mesmo. Você já experimentou uma das formas do sexo, que é a masturbação. Sei que quando envolve religião a coisa muda um pouco de figura. Mas vamos lá, antes do sexo , há uma obsessão, concorda? trabalhe isto em você, não há mal em conhecer o próprio corpo e assumir que você precisa satisfazer sua necessidade fisiológica: transar, porém, tudo com paciência e sem exageros, pelo menos por enquanto.