Arrependimento de ter casado

Eu namorei meu marido durante 7 anos e meio antes de me casar. Na verdade, eu é que sempre insisti mais para casar, ter uma família. Acho que ele não tinha a mesma pressa que eu. Casei-me com 25 anos, mas logo que casei, meio que bateu uma dúvida. Será que foi a melhor coisa a fazer? E o pior é que demorei 5 anos para ter filhos. Não conseguia engravidar. A essas alturas, eu já estava convencida de que nós não tínhamos mta coisa em comum. Foi quando eu engravidei da minha primeira filha. Daí eu entendi que não tinha mais volta. Tive o segundo filho. Achei que um dia voltaria a sentir por ele o que eu sentia quando era mais nova. Mas hoje sei que isso não vai acontecer. Não sinto prazer com ele. Não sinto orgulho de ser esposa dele. Não sinto ciúmes. Não sinto desejo. Só sinto amizade. Acho um saco quando tenho que ficar sozinha com ele. Meu casamento não é ruim. Minha vida é ótima. Mas não sinto atração por ele. Todos os dias da minha vida me arrependo de ter me casado. A única coisa boa foram meus filhos, mais nada.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

66 Comentários

  • A felicidade não é deste mundo !!!

  • eu nao percebo como as mulheres são
    durante o namoro vce pode perceber o seu parceiro,vce ja tem notado defeitos mais mesmo assim insiste porque????? a vida e bela e nao para porque nao tentar?
    eu tenho uma filha de 1 ano,nao vivo e nem me caso com o pai da menina por opção minha,eu gosto dele e muito ,mais devido alguns comportamento eu nao quero me casar .
    por isso meninas nao se percipitem deixaa vida te levar

  • Sou casada há 3 meses e 15 dias, estou gravida de 3 meses, e vivendo os piores dias da minha vida. A única alegria que tenho é o meu bebê que sempre foi o meu maior sonho. Meu casamento é horrível, meu marido è um homem sem objetivo, tem tudo para ser melhor financeiramente, mas lhe falta ânimo e coragem. É calado, não conversa comigo e quando as pessoas vai na nossa casa não abre a boca. Quando é os amigos dele sou eu quem converso e dou atenção porque ele parece uma estátua. Sabia que ele era calado quando namorávamos, mas pensava que comigo seria diferente, no entanto estou vivendo os piores dias, pois puxo todo assunto com ele e as respostas são curtas. As coisas só não falta em casa, porque eu compro e não deixo faltar. Ele não dá conta de manter uma casa. Nunca me levou pra sair. Atrasa as contas da casa. E pra ajudar é péssimo de cama. Não vou continuar tentando. Nesse tempo já chamei ele pra conversar um monte de vezes. Expliquei que ele precisa melhorar, ser mais participativo, conversar mais, fazer um curso, tirar a carteira, fazer uma academia me chamar para sair, que a vida é muito mais e ele vai ter um filho, sugeri um médico, um pisquiatra, um psicólogo, mas nada adiantou. A última conversa que tive com ele disse a ele que estava matando nosso casamento e que estou disposta a me separar, pois não vou viver assim uma vida sem graça onde o outro não aceita melhorar. Ele assustou bastante, disse que me ama e que nao aceita separar,mas nada de melhorar. Só diz pra mim ter paciência, nao discute e diz que não está bem. Mas quem não está bem procura ajuda. Agora para fugir da situação chega do trabalho e sai e só volta bem tarde quando estou dormindo. Decidi que nao vou mais conversar, nao deixo ele me tocar mais. Nem clima tem. Sempre trabalhei e estou disposta a cuidar do bebê sozinha. Já estou me organizando financeiramente para me separar dele.

    • Mas que situação, você jogou tudo na cara dele e ele agiu se afastando ainda mais de ti? Infelizmente cabeça dura, homem velho, você não vai conseguir muda-lo nunca!

    • Entendo que não seja fácil essa situação, mais vc já pensou que ele realmente não esteja bem? E que vc não tá tendo sabedoria de como lhe dar com a situação? Ajude o seu marido e peça ajuda por ele, vcs vão ter um bebê… acredito que há uma solução pra vcs e separação não é uma delas

  • Tenho apenas 3 meses de casada e não queria dizer essa palavra mas toda a situação me faz sentir, arrependimento por ter casado, eu era tão bem resolvida feliz, mas, sempre falta algo. Conheci meu esposo através de uma amiga que orava muito por mim. E tudo foi assim debaixo da oração. PORÉM esse jovem tinha deixado o caminho do Senhor no seu país e iniciou uma vir sem Deus, vivendo com mulheres, até ficou com uma de religião.
    Mas qndo conheci expressei minha fé e ele sempre disse que acreditava na palavra, mas aquele temor não havia mais. Eu pedi para um pastor que me conhecia bem, quando eu estava namorando um rapaz ele disse que Deus lhe deu uma visão que aquele rapaz tinha duplapersonalidade, e logo depois terminei o relacionamento. Agora um tempo depois vim a conhecer esse rpaz de outro país que veio para o Brasil estudar e trabalhar.
    O Pastor passou a orar por nós e pediu para igreja orar, por uma cause so el sabia, minha mãe e amigas próximas tbm oravam. Chegou um dia em que esse pastor falou que sentiu uma alegria muito grande qndo orava por mim e pelo jovem que estava conhecendo. Quando fomos em um domingo na igreja onde esse mesmo pastor pastoreava ele disse que sentiu aquele mesmo gozo qndo o rapaz entrou comigo na igreja.
    Bom iniciamos um namoro q era ida e vinda porq esse jovem qria ter relação sexual antes do casamento e eu não qria isso, mas me coloquei no fogo e acabei me queimando, pequei mas não qria continuar assim, por isso nos afastamos e.ppr um período curto voltamos e por fim para não seguir em pecado casamos.
    E pior coisa é casar com um homem que não tem a mesma fé. Não teme a Deus!
    Vou aos cultos sozinha, sou levita amo a Deus e sempre pedi pra Deus queria casar com um homem que fosse temente a Deus e que o amasse tanto quanto eu.
    Por isso e outras atitudes que ele toma me arrependo
    Me arrependo era melhor ficar solteira

  • tenho receio de estar indo para o mesmo caminho

  • Olá..
    Gente, casar não é brincadeira…
    Se casamento não é pra você, então porque casou?
    Se seu companheiro ou companheira é educado, gentil, faz tudo por você, trabalhador(a)… o que mais você quer?
    Se não sente prazer, desejo, atração então porque casou? Porque teve filhos?
    É comum sentir atração por outras pessoas durante a vida… “a grama do vizinho sempre parece mais verde”.
    Mas tens que ter respeito pela outra pessoa, pois quando você casou deveria saber que com o tempo a relação muda.
    Quando você trai…. seu ou sua amante transa gostoso né?…… casa com ele(a) e vê o que acontece.
    Cabeça no lugar gente… casar é saber levar a vida a dois. Contos de fadas não existem!

    • Ederson, parece facil falar mas na vida nao somos senhores de nossos sentimentos. Bem que seria bom. Depois de casamento, nascimento de filho etc muita gente ve tudo mudar dentro de si. Ninguem quer ser miseravel, a propria pessoa nao entende estas mudanças que ocorrem, é involuntario. Complicado explicar. Como tudo neste mundo.

  • Eu estou casada a 3 meses
    Sinto que preciso de ajuda antes de eu me casar namorei por 2 anos com uma pessoa que eu amava muito e ele me ama demais só que ele teve que viajar por dois anos e eu promete o esperar ele estava fazendo obra do senhor pregando em outro país , só que eu não consegue o esperar e acabei me causando com outro homem que no início eu dei atrás , perdoei muitas traições, ele até me bateu dias depois do casamento pq falei que eu queria ir pra casa da minha mãe é hoje não sinto amor , nem pazer vou dormir e sonho com meu Êx e estou chorando por ele porque ainda amo ele .. não sei o que faço … Tenho muito medo

  • Casei há 4 meses, tenho passado dias bons e dias ruins. Mas no geral não me sinto feliz. Achei que seria um sonho, que seria feliz…mas criei expectativas demais e não pensei em mim. Hoje me sinto sozinha, pois ele trabalho e eu estou desempregada, então passo o dia inteiro sozinha em casa, na busca de um emprego e fico fazendo cursos pra me atualizar. Mas sinto que só fiz regredir casando, não me sinto feliz, não me sinto útil. Ele sempre tem palavras positivas quando falo dos meus sonhos, mas eu sinto que eu parei de viver por mim e passei a empregar minhas energias neste relacionamento, não entendi que eu precisava pensar mais em mim assim como ele pensa nele. Ele não abre mão das realizações dele por minha causa, mas eu deixei minha família e toda a minha vida em outro estado só pra casar e ficar com ele. Acho que foi o maior erro da minha vida e estou tentando criar coragem para pôr um fim, no entanto, sempre que falo que quero ir embora ele fala q eu estou melhor aqui, que me apoia, que não quer que eu vá, que está fazendo tudo por mim e etc e eu não consigo tomar uma decisão. Ele é gentil e educado, me trata com muito carinho, mas eu não estou feliz.

    • Oi! Casamento é mudança. É desafio. Vc pode desistir dele ou continur lutando diariamente. Pense realmete se sua tristeza é por ter casado ou por outras coisas. Os filmes nos ensinaram que casamento é o ponto final, que depois dele vem o “felizes para sempre”, daí o filme acaba e agente n vê o resto q acontece com os personagens. Vida real é escrever a própria história tds os dias. Se está se sentindo aprisionada procure algo pra te fazer livre. Faça novos planos, viva coisas diferentes com seu marido, visite sua família, mas n esqueça que agora ele é sua família tb. E dê um tempo, no início do casmento é assim mesmo. Estou orando por vc. Bj

    • O cara é gentil te trata bem e tudo, te apoia nas suas coisas e vc ainda quer se separar? Me desculpa vc merece sofrer então, porquê tantas mulheres sofrendo e apanhando e vc tem uma pessoa que te ama e quer abandona-lo que cabeça vazia, larga dele mais tarde boxe vai se arrepender pode até arrumar outra pessoa, que tslves não a trataria da forma que ele te trata. Eu fico bobo que as pessoas tem a felicidade dentro de casa e distrata assim.

  • Não sei o q faço. Namorei por seis anos e me casei de repente pq meus pais n me aceitaram em casa mais. Mas n estou satisfeita com esse casamento. Ele é ótimo me trata super bem é super carinhoso e eu amo ele so que vivo chorando aflita me ajudem. O problema não é ele sou eu. Não consigo me acostumar com a ideia de esta casada. Faz so uma semana q to casada tenho trauma gente me ajudem. Já sofri muito na vida e tenho apenas 19 anos. Não consigo suporta a aflição e não tenho pra onde ir meus pais n me querem em casa e agora o q fazer. Um conselho pfvr gente me ajuda. Já tentei me matar to sofrendo com isso. Socorro ta acabando comigo meus pais me odeiam e eu n sei pq fui vítima de algum coisa q nem eu sei. Socorro. ?

    • Oi! Na vida a gente faz escolha e precisamos conviver com elas…isso faz parte do crescer. Casamento não deve ser usado para fugir de outros problemas, mas vc é nova. Se quer que seu casamento deê certo, se esforce para ver o lado positivo dele. E vc é jovem, procure algo para amar, pra te inspirar…reflita sobre coisas que vc gosta de fazer w ocupe seu tenpo com isso. Viva! Não gaste seus dias chorando, qnd a láfrima vier vá fazer algo q gosta, até mesmo dar o passeio ajuda. E pq não procura um psicólogo? Mts universid a es oferecem gratuitamente. Vc é importante e Deus te acha especial. Estou oranso por vc. Bj

  • As vezes pensamos que a culpa sempre é só da outra pessoa (seja você homem ou mulher). Mas percebi que o problema as vezes está em nós que nos achamos sempre as vítimas da história. Tenho 2 anos e meio de casada e quase 26 anos de idade. Sempre fui muito insegura. Sou cristã desde os 15 anos. Passei por poucas e más situações. Tenho 6 anos de relacionamento com meu marido, mas só agora, após começar a ler este livro, confesso que renovou meu modo de pensar e muito de agir. Estou deixando meu egoísmo e minha insegurança de lado e tudo tem mudado. Meu marido começou a me notar mais e me tratado com muito carinho. Coisa que ele nunca foi. Deus sabe de como sofri com a frieza dele. Mas sempre me fiz de vítima. Barganhando seu amor.
    Mas eu comecei a volocar Deus no pódio do meu coração e sua palavra. Assim como na bíblia e neste livro relata, e tem tudo caminhado para a luz. POR FAVOR, não desistam de seus casamentos antes de tentar!!! POR DEUS! Leiam este livro CASAMENTO BLINDADO e verão que com força de vontade sua alegria de viver e do casamento serão renovados!
    Deus os abençoe. Orarei por vocês!

    • Obrigado pela sugestão vou procurar eu tenho 21 anos e meu esposo também nos casamos precocemente, e tivemos mtos problemas a família dele n me aceitava e eu tbm nao aceitava eles coloquei meu orgulho a frente de tudo, moramos com meus pais perdemos totalmente nossa intimidade estou desempregada e me sinto inútil, meu marido me disse q nao dava mais q ele sentia uma tristeza mto grande que nao sabia o q estava acontecendo. Ah vdd e que eu mudei mto me sinto um nada ninguém me tornei uma pessoa insegura ciumenta. E quando ele disse q nao dava mais meu coração se encheu de dor chorei a noite toda no outro dia ele foi trabalhar sou católica eu já nao sabia mais o que fazer nem como lutar dobrei meus joelhos em lagrimas chorando de soluçar rezei um terço e pedi pra deus tomar no coração dele para que ele n me deixasse entreguei meu casamento nas mãos de Deus… Ele n me deixou chegou em casa e disse q me amava, mas ainda sinto ele distante n esta como era antes, antes ele me mandava mensagens a todo momento hj ele mal atende quando eu ligo, fico pensando me sinto mal mas qd estamos perto ele me trata bem cuida de mim fala q acredita em mim q vou conseguir um emprego que sempre estará comigo…. Eu fico pensando será q esta se comportando dessa forma pq esta cansado ele trabalha o dia todo e estuda anoite será que eu estou cobrando mto dele quer q ele tal comigo o dia todo… Ou será q ele n me ama mais que se arrependeu de ter se casado.
      A família dele acha q eu q tirei ele da casa dele mas eu nunca obriguei ele a nada ele reclamava da avo dele ele foi criado pelos avós pq os pais são vivos e separados e nenhum quis saber da responsabilidade de criar um filho e isso foi mto nele fico pensando q será q nao é essa dor essa magoa q impede agente de ser feliz…. Ele veio morar aqui pq se sentia bem aqui na casa dos meus pais q agr e a nossa tbm ele dizia q a avo dele escondia comida dele e essas coisas… Vou ler esse livro eu busco conforto em deus e venho me sentindo melhor mais ainda estou sofrendo tentando entender tudo isso!

  • E você pensa que se casou nova eu me casei com 13 anos hoje tenho 15 mais me arrependo muito queria está curtindo minha vida de adolescente com minhas amigas .. Meu casamento e ruim não sinto mais prazer no meu marido … Tou querendo da um basta só que gosto muito dele .. O primeiro ano e ótimo DPS do primeiro tudo piora a sorte e que não tenho filhos

    • Também me casei com 13, hoje tenho 17, foi a pior coisa da minha vida, tô empurrando com a barriga ah anos, sinto que nunca mais vou ser feliz, também não sinto mais prazer, só quero o bem estar dele, já tentei terminar várias vezes, mas nunca consigo, e acho que nunca vou conseguir .

  • Me sinto bem assim, to com 9 meses de casa mas me sinto pressionada a seguir em frente porque eu insisti muito por isso.

  • Tenho 2 meses de casada e me arrependo muito, é como dizem tive sinais de que não daria certo e ignorei, um dia antes do meu casamento peguei mensagem no whats dele de uma ex ficante nossa fiquei super mal, ele despois só chorou e o pior continuou mentindo.
    Me casei sem amar, só casei por vergonha e arrependo muito a cada dia que passa ele mente mais e mais perto da família ele coloca uma máscara e finge ser um santo, até ameaças pelo face e whats já recebi isso porque ele esta devendo pra muita gente. Estou desempregada e infeliz nem sexualmente ele me satisfaz tenho nojo do beijo, toque enfim tudo.
    Hoje entendo porque o primeiro casamento dele não eu certo, tenho 24 anos e não sei o que fazer.
    Realmente a MENTIRA acabou com meu relacionamento, só sei chorar.

  • Tenho quase um ano de casado, minha esposa é uma pessoa maravilhosa, nunca trai ela e nem pretendo fazer isso, pois não faz parte do mei caráter! Mas infelizmente sofro por dentro todos os dias por ter casado.
    Não sei o que fazer! Tenho medo de divorcia e magia a pessoa que está comigo, pois simto que ela me ama muito. Muito complicado. :(

    • Nossa seu caso me lembra de uma pessoa que gostei muito. Por alguns motivos da vida nos separamos e ele casou com outra pessoa. Gosto muito dele e as vezes sinto q ele se arrepende de ter casado mas tem medo do divorcio. Mas faça o que o seu coração mandar é horrivel ficar com alguem que estamos infelizes. procure sua felicidade.

  • Me vejo na mesma situação da maioria. Pensei que poucas passassem pelo mesmo que eu estou passando mas já vi que não. Tenho 2 meses de casada e já me arrependo amargamente. Eu tenho 19 anos e namoramos durante 4 anos até nos casarmos. Ao longo do relacionamento existiram alguns deslizes dele, nenhuma “traição” se concretizou até onde eu sei, mas o simples fato de ter tido interesse e até confessar isso através de mensagens com outra mulher eu já considero um tipo de traição. Foram 2x que eu peguei algo do tipo em sms, whatsapp e facebook dele, mas a pior de todas foi no dia do nosso casamento civil. Eram conversas com teor erótico com uma mulher e eu fiquei muito frustrada com tudo. Ameacei rasgar nossa certidão de casamento, e para a minha surpresa ele não demostrou nenhum tipo de medo. Nas outras vezes ele relutou, implorou para eu não me separar e agora, que tínhamos nos casado ele simplesmente pediu e no meio do meu sofrimento até riu, dizendo que era muito drama, que ele NEM tinha ficado com ela. A partir dali o meu marido começava a mostrar a sua verdadeira personalidade: um homem grosseiro, seco, que só pensa em sexo e futilidades. É muito infantil e não deveria ter assumido um casamento. Pra mim sempre significou muito, eu tinha noção da responsabilidade de um casamento, e por isso, ele sempre insistiu muito para se casar mais durante muito tempo eu recusava até que caí na besteira de aceitar. Depois de um mês do civil teve nosso casamento religioso, no meio da cerimônia, para descontrair o pastor sugeriu que um fizesse uma declaração pro outro, e ele se ajoelhou e tudo, disse coisas lindas, mas uma das características dele é o cinismo, infelizmente só descobri depois. Na própria lua de mel, que tinha tudo para ser perfeita, em Búzios, nós às vezes discutíamos por nada, brigávamos… Parecia que o meu sonho já estava indo por água abaixo. Hoje eu vivo uma vida amarga, triste, e não posso contar nem conversar com ninguém. Minha forma de desabafar é através da oração e na maioria das vezes elas são em meio à rios de lágrimas. No momento em que eu tive aquela desilusão no dia do casamento civil, eu pensei em rasgar a certidão, mas meus pais se esforçaram muito com o pouco dinheiro que tinham para fazer uma festa simples, mas digna. A ultima coisa que queria era decepcioná-los. Sempre fui motivo de muito orgulho para eles como filha. Hoje eu vivo dias horríveis, que eu nunca imaginei passar dentro do casamento que antes eu via como sonho. Ele não é carinhoso, não é romântico, é grosso e acha que à noite eu sou obrigada à transar. Fica chateado quando eu digo que não quero e no meio de uma discussão em que eu o irritei, ele me puxou pelos cabelos e falou bem grosseiramente com o dedo apontado na minha cara. Nesse momento tive medo dele me bater, ficou muito diferente, outra pessoa.
    Eu sinceramente acho que meu casamento não tem solução. Não acredito na mudança, e me culpo todos os dias por não ter percebido tantos defeitos antes. Ele foi falso comigo, mas eu me culpo mesmo assim por não ter até mesmo terminado nas vezes que me enganou. Eu sou evangélica, na minha doutrina o divórcio só é permitido em caso de adultério, e por isso eu só me separarei se isso de fato acontecer. Como ele já foi bruto comigo em uma discussão, também me separarei no caso dele me agredir pois isso eu não aceitarei de forma alguma, e caso isso aconteça, a fachada do nosso casamento cairá porque eu terei que justificar pelo menos aos meus pais. Tenho muito cuidado todas as vezes que transamos, pois antes eu sonhava em ter filhos com ele, mas hoje não quero que isso aconteça de jeito nenhum. Ainda sonho em um dia ser feliz realmente e ter uma família abençoada por Deus. Fico muito triste com tudo isso, choro direto pq eu não imaginava viver dias terríveis. Espero que orem pela minha vida e pelo meu casamento, pois é horrível viver dessa forma, e um conselho que eu sempre darei é que se existe alguma dúvida, mesmo que pequena, não case! Depois TUDO piora. :(

    • Anônima que história, merece uma confissão aqui no site! Não estrague a vida que Deus lhe deu com alguém que não mereça, você é jovem, caia fora!

    • Olha so, trair não é só sexo consumado não! O que vc encontrou so zap dele já é traição. Sou evangélica tbm, e acho que ja passou da hora de acabar com esse sofrimento. Converse c seus pais, eles com toda certeza nem vão ligar para o que gastaram, mais querem mesmo é ver vc feliz

    • Também me arrependo de ter casado, casei no dia 19 de junho de 2015, meu casamento esta horrivel, meu marido so quer saber em sexo, e em jogos no computador, quando sai do computador, vem pra mim querendo sexo, quando termina volta pro computador, não me ajuda em nada em casa, ele está desempregado e não vejo vontade nenhuma dele querer arrumar outro emprego, só pq eu trabalho vendendo minhas proprias coisas, me arrependo amargamente de ter me casado com ele, na verdade ele bem que me forçou a casar, vivia dizendo q se eu nao casasse com ele, ele iria terminar comigo, e eu uma idiota aceitei… vou confessara vocês, casamento é ótimo, mas com a pessoa certa.. eu gosto da vida de casada, mais só é bom qnd seu marido lhe ajuda e faz as coisas q vc pede … acho que nunca vou ser feliz na minha vida. Sonhava tanto no dia do meu casamento e não ta sendo nada do que eu imaginei… decepcionante..

      • Nossa, Anonima. Me idendifiquei. Eu não casei no papel, mas moro junto com ele. E vivo assim: ele fica o dia inteiro jogando no computador e só me procura para sexo. Não se esforça para procurar emprego, não ajuda a limpar a casa, se eu esperar por ele as coisas ficam parecendo um lixão, e ele nem se incomoda. Eu tenho 24 anos. Vou me formar na faculdade e arranjar um bom emprego, e possivelmente vou sair dessa vida. Não nasci para isso. Quero ser independete e me juntar com alguém qur venha a somar na minha vida. Esse é o conselho que dou para todas as mulheres. Busquem sua independendia, pois só assim você terá segurança para sair desses relacionamentos sem ter medo de ficar pobre e passar necessidades.

    • Oi linda também sou evangélica e no meu caso sou amasiada o meu quando eu falo sobre casamento dá uma risada e nunca resolve nada . Minha vida espiritual esta travada em relação a obra de Deus e me vi em algumas palavras suas fui morar com ele eu tinha 19 anos hoje tenho 26 estou em disciplina até hoje pela minha desobediência (fornicação) a igreja quer me ajudar devido ao meu comportamento na Igreja , todos querem me ver de volta as obras do Senhor , fazendo o que Deus manda , fazem campanha de oração pra casarmos e até hoje ele nada :( . Estou tão chateada , já mandei ele ir embora e me deixar , ele não quer , sinto que ele quer ter o prazer em me humilhar e me ver desprezada , o meu também é cínico , vive na barra da saia da mãe , pra você ter ideia o dinheiro dele quem tira é a mãe porque ele não tem controle , não me dá nada , também não faço questão, mas se fosse um homem de consciência me ajudaria devido as lutas que eu passo . O que tem me ajudado muito é que passei na faculdade e lá eu tenho sido honrada pra glória de Deus , Deus tem aberto minha mente pra tantas coisas, eu sou tão elogiada lá e isso me coloca lá em cima , porque em casa há quase um mês atrás ele quase me matou , outra vez ele quase jogava o carro por cima de mim e de nossa filhinha . É triste amiga , eu não sei o que fazer , não tenho quem me ajude , e ele não quer ir embora daqui não sei mais o que faço …

  • Amanhã completo 2 meses de casada e infelizmente também me vejo na mesma situação. Extremamente infeliz, as vezes parece que o casamento é só meu..

  • Estou morando junto ( quase casada), a 8 meses, mas estou bem triste. Namoramos por 3 anos e meio e ele instituiu tanto que acabei sedendo. Quis terminar, mas ele fez aquele show psicológico e eu sedi novamente. Hoje não tenho vontade de beija-lo ou abraçar, saio do trabalho às vezes é vou pra algum lugar para uma praça ou shopping e enrolo um pouco antes de ir pra casa. A grande dificuldade e voltar pra casa da minha mãe, tenho vergonha em voltar e fico triste porque talvez posso ser uma decepção pra ela. É difícil e com 24 anos não imaginei passar por isso :(

  • Na vida, nada é à toa. Nenhum casamento é em vão. Tudo serve para nos trazer lições, acrescentar experiência. Meu casamento não é o mais feliz do mundo (aliás, existe algum?). Mas, com boa-vontade, dedicação e compreensão mútuas, podemos aprender a conviver com as nossas falhas e as do outro. Se estou insatisfeito com algo em minha esposa ou em nosso relacionamento, eu falo. O mesmo direito dou a ela. Jogar limpo é essencial e contornar, ou buscar contornar os problemas é sinal de maturidade. Se o brinquedo quebrou, conserte. Se for comprar outro, ele estará sujeito aos mesmos danos que o atual.
    Os problemas que vemos no outro, muitas vezes estão dentro de nós. São insatisfações guardadas nas cavernas de nossa memória e coração que vez em quando nos deparamos.
    Alerta aos que buscam a felicidade: não existe mar de rosas.
    É fundamental para que caminhemos bem na vida, o mais centrados e equilibrados possível, fazer um trabalho espiritual, religioso. Religião boa é aquela que te faz uma pessoa melhor. Se abra para conhecê-las e, aquela em que você se encontrar, que te fizer pensar “é essa!”, escolha pra si. Se o casal tiver essa luz de buscar uma orientação comum, já é um grande avanço.
    Felicidade é uma decisão. Amigos, vamos ser felizes, com o simples, buscando a paz, pois pra aguentarmos a jornada da vida também é preciso leveza dentro de nós para caminharmos com passos firmes.
    Felicidade pra todos!

  • Casei sem amor, estou a 5 meses casado e estou muito infeliz. É dificil vc ver uma pessoa ao seu lado fazendo planos e vc pensando em fugir de tudo aquilo, queria muito me separar, mas não condigo falar isso com ela, não consigo beija-la, desejá-la. Queria dá um basta nisso. Penso muito no q todos os amigos e familiares pensariam sobre nossa separação, estou passando por um momento muito difícil na minha vida.

    • Olá sou casada tbm a 5 meses e tbm não tinha aquele amor pq casei com 5 meses de namoro não deu tempo de amar …Mais tenho apreendido muito aprendi que não casamos por amor e sim casamos para amar aquela pessoa….meu casamento não é perfeito tenho tanto defeito e meu esposo tbm tem um monte….Mais uma coisa eu falo começa a mudar algumas coisas em vc que consertsza sus mulher vai mudar tbm…o que o inimigo quer mais destruir São casamento ele odeia casa mento pq casamento é bênção de Deus o primeiro casal do mundo Adão e eva ele quis destruir ….casamento é muito bom continue lutando por ele vc vai vencer…Deus abençoe! !

  • Me arrependo de ter casado. Odeio meu marido. 1 mês de casada 1 mês de arrependimento. Socorro!

    • Olá Rosa!

      Sei bem o que vc está passando, estou casada a 14 anos e me arrependo amargamente de ter me casado, seu eu tivesse como voltar no tempo eu jamais teria feito essa burrice que eu fiz, mas infelizmente o tempo não volta.

      O meu arrependimento começou logo no início do casamento assim como o seu, pois o meu marido começou a se mostrar quem ele realmente era, primeiramente começou a beber mais do que deveria, tendo dias em que ele não ia trabalhar para ficar bebendo (ele é autônomo) daí qdo eu chegava do trabalho e o telefone tocava em sua maioria era seus clientes bravos porque ele não foi trabalhar e com isso vou te confessar o que eu já escutei de desaforos dos clientes deles não é brincadeira, chegou época de não ter o que por na mesa para comer, pois o meu pagamento ia para pagar aluguel, água, luz e o telefone que em sua maioria virava “Pai de Santo” só recebia, tentei me separar várias vezes, pois com essas atitudes o meu amor por ele acabou, o que ainda me dava alegria eram as nossas cachorras que para mim eram como filhas, e por falar em filhas não temos filhos Graças a Deus, não quero ter nem vínculo com meu marido e sem falar que ele é uma pessoa muita estúpida e grosseira, nunca relou a mão em mim disso eu não posso reclamar, e o motivo de não querer ter filhos é que eu não quero que um filho meu cresça com um pai tão estúpido e antissocial e sem falar que ele não me ajuda com nenhum dos afazeres domésticos seu eu quiser a casa limpa, roupa lavada e passada e comida feita eu que faça, pois o “bonito” não mexe um dedo se quer para me ajudar, ou seja, se tivéssemos um filho ia sobrar para mim olhar, assim como era com as nossas cachorras que infelizmente já morreram, ele gostava muito delas tanto qto eu, mas não ajudava a cuidar, tipo banho, passear (moramos em apartamento) e elas não faziam as necessidades fisiológicas dentro do apto, então tinha que descer 4 vezes por dia, parar falar que ele não descia com elas ele só descia na hora do almoço, porque ele vem almoçar em casa e como eu almoço no meu trabalho ele era obrigado a descer com elas, mas nos finais de semana só eu descia com elas.

      Em 2005 conseguimos financiar um apartamento que é esse onde moramos hoje então dei um ultimato ou ele parava de beber ou eu ia cair fora abrindo mão de tudo até das cachorras que na época eram vivas, eu não aguentava, ele pediu implorou que nunca mais iria beber, sendo que eu já tinha ouvido essa mesma ladainha milhares de vezes, e ele sabe que eu tenho pavo de quem bebe tive pai e irmão álcoolatras que hoje Deus que me perdoe, mas já são falecidos. Então existe um remédio que se chama Sarcoton que é para pessoas que bebem se a pessoa tomar ele e depois beber ela passa mal, a pressão sobe e do nada abaixa, dá palpitação e a pele fica toda manchada, comprei e fazia ele tomar de manhã na minha frente junto com o café, pois caso se ele bebesse eu iria saber, e assim foi por uns 3 anos daí ele parou e realmente não voltou mais a beber a nossa vida financeira melhorou, pois agora ele conseguia trabalhar normalmente, mas não o amo mais minha vontade é de me divorciar, mas ele não abre mão do casamento, só que de uns tempos para cá as vezes quando saímos vamos a alguns churrascos ou festas ele voltou a beber cerveja, daí eu fico brava com ele, pois temos um trato daí ele fala que esta bebendo socialmente, mas eu não confio nele nem um pouco ele não me passa segurança nenhuma.

      Nesse domingo dia dos pais (09/08) temos um churrasco para irmos e falei para ele levar cerveja sem álcool e o mesmo se doeu todo e resolveu que não vai, mostrando o seu lado infantil, não aguentei e falei para ele que a partir de hoje se ele quiser beber ele pode beber o que ele quiser (cerveja, pinga, cachaça, vodka, wiski, álcool, desodorante, perfume, etc.) ai ele disse que seu eu não quero ele não vai mais beber (como seu eu acreditasse) e aproveitei e pedi o divorcio mais uma vez, mas como sempre ele não quer se diz bem casado, realmente ele é bem casado mesmo até eu queria ser casada comigo mesma, afinal de contas eu ajudo financeiramente, limpo, lavo, passo, cozinho e ainda tenho que resolver todos os problemas que seria para ele resolver, mas o mesmo não tem capacidade para isso, pois para algumas problemas ele se faz de burro. Desculpe o meu desabafo, mas ele tbm serve para te alertar, saia fora desse casamento enquanto ainda é tempo, não deixa a coisa chegar no pé em que chegou o meu casamento, são 14 anos da minha vida jogados fora.

      Te cuida!

      Um gde abraço!

  • Nosso namoro foi um pouco atropelado, namoramos 2anos,depois que casamos vim morar aki com ele e o irmão, então não temos privacidade nenhuma, e ele depois que casamos não é mais a mesma pessoa, falta carinho, companheirismo e as vezes até choro só de pensar que gosto dele, mas não queria ter casado, mas também não quero magoa-lo,queria muito que ele fosse mais romântico, carinhoso, compreensivo, que pensasse em mim também, enfim se arrependimento matasse, eu já teria morrido…

  • Tenho 2 meses de casada e já me arrependi, toda vez que o meu marido é grosseiro , me humilha, ou não faz questão de conversar comigo, eu me arrependo . E estou muito arrependida neste momento. Quero muito me separar, mas não quero voltar para a casa dos meus pais.

    • Oi Poliana! Comigo também aconteceu o mesmo. Só tenho um mês de casada, mas estou muito infeliz. Sinto que foi a pior escolha que eu fiz para a minha vida.

      • Estou na mesma. Agora mesmo estou chorando muito arrependida. …1 mês de casada no civil e não tenho fulhos e tenho apenas dois meses que conheço ele..foi loucura. Tô desperada.

      • Por onde você andam, hein!? Eu cheio de carinho e atenção pra dar e vocês escolhem cada figurinha, hein!

      • Estou na mesma q vcs me arrependo de ter casado esse mês faz cinco meses mas estou insatisfeita meu marido mente demais e muito criança sem responsabilidades acha q tudo tem q comprar com isso estou super chateada e magoada pois é um bom pai não sinto nem vontade de ter relação intima sempre q posso durmo na minha mãe me ajudem

      • E muito triste confesso que nao sou feliz, casei aos 15 anos eu era uma criança não sabia oque queria, hoje tenho um filho de 10 anos que amo muito e um coração triste por que não consigo sair dessa situação infeliz. Peço muita ajuda a Deus e sei que ele vai me guiar.

    • A SOLUÇÃO CHAMA-SE DIVÓRCIO! No caso da autora do tópico ela só está CASADA ainda por puro COMODISMO, vida boa e marido legal, já o de vocês MARIDO MALA, é pedir pra estragar a vida como um todo!

      Gente, esqueçam as regras religiosas, a vida é curta, sejam felizes ao lado de quem realmente ama!

      • Pra quem não acredita em Deus a vida é curta mesmo.
        Para quem recebe Jesus como Senhor e Salvador a vida é eterna!
        Paulo nos aconselha a não casar, mas eu que já fiz a besteira de casar, prefiro ir pro céu com um casamento todo estrupiado do que curtir a vida solteiro porém ir pro inferno!
        hehehe
        Me acha quadrado? Prefiro ir pro céu quadrado do que ir rolando pro inferno! rsrsrsrs

    • Comigo acontece igual a Poliana. Mas não tenho para onde ir, nãoq uero voltar para a casa dos meus pais.

      • Eu estou casada há um ano e doida pra me divorciar. Só não me divorcio por temor a Deus, porque sei que o Senhor abomina o divórcio. Casei por pura inocência, muito nova e primeiro namorado. Vejo que deixei de realizar meus sonhos, de viver minha vida. Hoje sou dona de casa, sem emprego e perspectivas, ainda bem que não tenho filhos e nem quero!! Meu sonho era conseguir um emprego e ter minha carta de alforria. Que bom que encontrei esse site pra desabafar.

  • Casei pq minha esposa engravidou, não foi por amor, mas casei por respeito e amor ao meu filho. É muito triste para uma criança de pais separados….
    Entrei neste site porque acabei de brigar com minha esposa, foi coisa besta, mas se fizesse a vontade dela isso me deixaria infeliz. Briguei com ela por minha felicidade.
    Logo logo entraremos em um acordo e tudo ficará bem….
    Não podemos esperar que nossas esposas ou maridos sejam responsáveis por nossa felicidade. Se não conseguimos ser felizes por nós mesmos, seria injusto colocar esse fardo enorme em nossos cônjuges? Ninguém pode nos fazer felizes a não ser nós mesmos? Temos que parar de apontar defeitos no outro. Seja feliz, faça algo que gosta, mude sua vida, estabeleça uma meta.

  • aconteceu algo assim casei com minha esposa faz 1 ano, namoramos 6 meses, casei por pilha da minha mae e meus sogros, hoje me vejo infeliz mas tento nao aparentar pois minha familia é toda da igreja e a dela sao pastores, seria um grande desastre se me separasse, mas cada dia mais forte minha vontade de separar, ela nao eh ruim, so acho que nao seja a pessoa certa, nem disconfia que eu nao amo ela,

    • Eu entendo!!! Passo pela mesma situação. Eu já até desejei que ele me traisse para que eu pudesse me separar. Deus me perdoe por esses meus pensamentos. Mas é involuntário quando não se está feliz

  • Converse francamente com seu marido, se de todo jeito não der certo, se separe. Mas não siga o conselho da “Sabrina”. Trair com a desculpa de que está carente é coisa de VADIA, mulher que não vale o ar que respira. Se separe, mas não seja ordinária a ponto de enganar seu marido, que apesar de tudo parece ser uma boa pessoa.

  • Também não amo meu marido. Casei sem amor. Amo outra pessoa que nem sabe que eu existo. Não tenho prazer, nem orgulho de tê-lo como marido. Ele quer filhos mas estou com muito medo que a situação piore. Para vc é mais difícil ainda pq com filhos e começar do zero. Boa sorte.

  • Seja feliz. O que acha de um chopp para conversarmos?

  • então separa ….. não engane seu marido. pare de atrapalhar a vida dele. sai fora e pronto

  • Eu passo pela mesma coisa. Sinto exatamente o que você está sentindo… Eu não sei se você é fiel ao seu marido, mas eu recentemente traí o meu pela primeira vez. Acho que é o caminho natural quando a relação está assim, a gente acaba ficando muito carente! Estou tendo um romance e echo ótimo. Me fez sentir viva d enovo. Mas você vá pela tua consciência. Mas não acho que seja tão grave assim… Boa sorte

    • Sabrina que vergonha!
      Incentivando a mulher a trair seu esposo ? Isso não é conselho que se dê! Não queremos destruir sua família, queremos uni-la.
      Eu diria que Deus é o único que pode fazer vcs se apaixonarem d novo.
      E tbm digo que , se deixarem Deus entrar em suas vidas e fazer parte da sua relação, ninguém poderia deixa-lo mais apaixonado e feliz que seu conjuge … pois essa eh a vontade de Deus : a segurança da Familia, um lar bem estruturado …
      e sabemos que a base da família é o amor que o pai e a mae sentem por si … quem eh filho de pai divorciado sabe dizerr o quanto é necessário que esse amor seja puro e nobre. Assista PROVA DE FOGO

  • Situação difícil, mas bem comum, ao que parece. É possível que ele sinta o mesmo? Que tal conversar sobre isso com ele, francamente? Pode ser que na exposição clara dos sentimentos, expectativas e frustrações, vocês se reencontrem. Mas também pode ser que ele realmente ache que está tudo normal, se espante e a coisa só piore. Com mais de 12 anos de convivência, você o conhece bem. Reflita se há espaço para essa conversa.