Só consigo pensar em sexo

Olá! Vim me confessar hoje pois não sei mais o que fazer. Eu sou menina e tenho 17 anos e desde os 15 venho cometido algo terrível que é me “estimular” (me masturbar) vendo pornografia. Eu sou virgem mas já tenho certeza da minha orientação sexual, sou bissexual e acabo me estimulando vendo pornografia tanto de homem x mulher como de mulher x mulher e vivo pensando em sexo, as vezes eu estou parada fazendo algo e começo a ter fantasias e isso me envergonha tanto. Eu me sinto tão suja e tão mal por isso, eu tenho vergonha de mim e as vezes depois desse ato eu me olhava no espelho e tinha vontade de bater em mim mesma por isso. Eu sei que é errado mas algo sempre fala mais alto, e eu só peço a Deus pra que eu consiga parar com isso pois a cada dia que passa tenho mais vergonha de mim.

 

Reportar Sexo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

8 Comentários

  • ore e busque DEUS de todo coração que ele dará força para vc vencer esse vicio que com outros escraviza a pessoa. vá para a igreja. e fique longe de coisas q a leve a fazer esse ato. fica com DEUS. Leia a bíblia em salmos e o novo testamento.

  • O estimulo é sempre bom, e nao se preocupe o sexo precisa de fantasias. Aproveita.

    Beijos

  • Tenho o mesmo problema que você sou menina tenho 17 anos, bissexual e virgem, mais já me masturbo desde os 10 na verdade não lembro e nem gosto de lembrar quanto ao problema percebi recentemente com o fato de ter muitas fantasias, muito desejo entre outro que prefiro não citar, e um tempo atrás descobri sobre mulheres que são ninfomaníaca e então vi que me encaixava de uma certa forma e me sinto mal pelo fato de não resistir quando você vê você já está fazendo a coisa errada e não tem como parar, e ao fato de ser bissexual eu não considero para ninguém além de mim então só fica para desejar e fantasiar eu não me aceito, de tanto familiares dizerem que quem é bi é por safadeza e me sinto na opção de escolher o que é correto perante a sociedade e minha religião católica, não posso prometer que vou aguentar para sempre mais vou tentar o máximo que eu poder, afinal todos que pensam a ela é bi deve gostar de todo não é assim, passa uma mulher ou um homem que atraí e sem querer você acaba olhando porque puxa de uma certa forma não que fosse algo que eu quisesse é que nem um imã e é muito difícil crescer sem saber dessas coisas e pior sabendo que muita gente da família até aceitaria mas não intenderia o que é pior acabariam falando pelas costas e eu sou muito ligada a família então prefiro que eles não saibam certas coisas mais fácil para mim e para eles, e ao fato de ser virgem é estranho né, pois ser ninfomaníaca mais nunca ter transado não acho, não é porque gosto muito de uma coisa que vou deixar qualquer um me toca, tenho nojo como a “maioria” (não disse todos, pois tenho esperança que exista alguns homens decentes) dos homens trata as mulheres seja na hora do sexo ou depois com os amigos falando e espalhando, sei disso pois já vi muitas situações que já sabemos como é. E é isso não culpo Deus a final fomos nós seres humanos que sempre trouxemos o mal, seja intencional ou não afinal de gente querendo fazer o bem o inferno ta cheio, afinal querer não significa que fizeram ou farão. Não to criticando nem nada é só um desabafo, de uma certa forma obrigada

  • não se sinta culpada, pode se masturbar o quanto quiser, você esta apenas conhecendo seu corpo. Isso não é pecado e você não esta prejudicando ninguém.

  • Olá, tenho o mesmo problema que vc, sou bissexual. Mas sou um pouco mais velha, tenho 19 anos e vou me casar com meu namorado esse ano, mas mesmo estando com ele e tendo uma vida sexual ativa tenho muitas fantasias e penso em sexo o tempo todo. Bom, a gente podia conversar, meu email *removido moderação

    • realmente vc esta indo em direção ao diabo, que pode perder e fazer sua mae perder a salvação.
      ore e busque DEUS de todo coração que ele dará força para vc vencer esse vicio que com outros escraviza a pessoa. vá para a igreja. e fique longe de coisas q a leve a fazer esse ato. fica com DEUS. Leia a bíblia em salmos e o novo testamento.

  • Filha, antes de lutar contra a luxúria, você deve lutar contra o orgulho. Enfia uma coisa na cabeça: você não é perfeita, mas tá longe de ser o pior ser humano que já existiu. Tem fraquezas hoje e as terá até morrer. Humildade. Essa coisa de se sentir “suja” é orgulho ferido de quem não está satisfeita com as próprias limitações, não tristeza pela ofensa feita a Deus.

    Isso posto, vamos nós. Há um ditado espanhol que diz: “a Dios rogando y al mazo dando”. Uma tradução livre seria: “devemos rezar como se tudo dependesse de Deus e trabalhar como se nada dEle dependesse”. Em outras palavras, você deve sim rezar e pedir ajuda a Deus. Mais do que tudo, deve pedir humildade. As tentações da carne são fortíssimas, sem ajuda é difícil não cair.

    Por outro lado, você deve agir. A essa altura você já sabe o que te atrai, como começa o caminho que te leva a pecar, quais as situações e momentos em que você invariavelmente termina se masturbando. Pois bem, afaste-se deles. Pensa em rotas de fuga. Nesse assunto, não tenha medo de ser medrosa: fuja.

    E os pensamentos que te assaltam? Por si só, não tem mal nenhum. Ter desejo sexual não é pecado; pecado é consentir com ele, fazer suas vontades. Crie alternativas: dance, cante, puxe papo com alguém, sei lá. Força a inteligência a tomar as rédeas da história.

    E uma coisa fundamental: serenidade. Se mesmo com tudo que sugeri você não conseguir resistir à tentação, não fique para baixo, se sentido um lixo. Levanta, peça perdão e continue. Sempre. Você vai perceber que o fim do caminho não existe. O fim é o próprio caminho.

  • Não precisa se sentir suja por isso. É algo natural se masturbar. Quanto ser bissexual, não deve ter vergonha disso. Pode ser feliz desse jeito sem problemas.