Quero ser padre mas sou muito pecador

Bom, tenho muita vontade de ser padre. Já tive algumas namoradas mas nunca me senti fortemente atraído para o matrimônio. Já me relacionei com outros homens tbm por curiosidade. Acontece que sinto um forte chamado a ajudar as pessoas mais necessitadas, levando o meu melhor, mas quando olho para o meu passado fico triste e perco as forças. Pratico masturbação, apesar de tentar parar e ficar alguns dias sem fazê-lo, mas acabo caindo. Por vezes me autoflagelo por culpa e por vergonha, ou mesmo para não pecar. Faço isso para me punir uma vez que mesmo sendo perfeito, tendo saúde e tudo o mais e Deus me amando, acabo pecando contra Ele e sinto que mereço castigo por isso. É uma luta todos os dias. Estou terminando minha graduação e logo ao final quero entrar num seminário. Por favor irmãos, rezem por mim e aconselhem-me. A Paz!

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

5 Comentários

  • Olha sou seminarista, e estava dando algumas olhadas nos comentários e me deparei com o seu, e meu chamou muita à atenção a sua vontade de servir ao próximo através do santo sacerdócio. Olha, se sua vontade e de seguir a Jesus Cristo como Padre, vá em frente, seja firme na sua decisão. Aquele que te chama te ama e conta com você para trabalhar na messe, pecado todos nós temos, os santos também cometeram pecado, veja o exemplo de São Mateus, São Paulo, Santo Agostinho, Santo Inácio de Loyola, Santa Bakita enfim, seja forte acredite em você mesmo e de ao Cristo uma chance de lhe fazer feliz.
    Aquele que te chamou e fiel, fique na paz!

  • Tive um namorado ex seminarista que era bastante parecido com vc, ou seja, indeciso. Ele me humilhou e aprontou comigo, me fez casar com quem eu não queria e hj sou um fracasso no campo amoroso em todos os sentidos. Ele nem sabe que eu existo e sou apaixonada por ele. Me afastei de Deus em todos os sentidos. Não consigo entender pq Deus me colocou uma carga tão forte e me penalizou por um ato de amor. O melhor é não ser padre, pois vc nunca poderá conciliar as duas coisa. Conforme-se ou opte por alguma coisa. Não faça ninguém sofrer por sua indecisão. Seja homem suficiente para administrar seus atos e decisões.

  • Amigo esqueça querer ajudar outras pessoas .
    Vc quem precisa de ajuda !
    como pode um cego guiar outro cego ???

  • Lembre-se de uma coisa, Santo Agostinho também vivia em pecado, visitava bordéis todos os dias, mas então recebeu o chamado de Deus e mudou.

  • Meu amigo, já que você manifesta o desejo de ser padre, é necessário que você busque um padre que possa ser seu orientador espiritual, então, abrindo-se a ele, certamente ele te ajudará a superar esses problemas e fazer um bom discernimento vocacional. Coragem!