Sofri Bullying e até hoje não superei o trauma

Sofri Bullying quando criança e hoje, aos 18 anos, ainda não superei o trauma que carrego desde a época de escola. Meus vizinhos dizem que sou estranha, pois ando sempre cabisbaixa e não falo com ninguém, não consigo trocar olhares com as pessoas, toda vez que me olham sinto vontade de chorar, sinto muito medo… Medo que riam ou falem algo que me machuque, meu coração dói só de pensar na possibilidade que todo o sofrimento passado venha à tona novamente. Minha vida é sempre dentro de casa, quando tenho que sair é praticamente uma tortura, tenho complexo e imagino que todos estão me olhando. Nunca namorei, nem sequer beijei na boca, não tenho amigos, não tenho ninguém, sinto que de pouco em pouco estou morrendo por dentro.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

1 Comentário

  • Olha, eu já passei por isso e, sei como se sente.
    A melhor coisa que posso te aconselhar é que procure um psicólogo(a). Se você não tiver recursos ou plano de saúde, procure um público. Que Deus te abençoe com um profissional tão bom quando o que me ajudou.

    Abra seus olhos, não tenha vergonha disso. O defeito está sempre nas pessoas. Elas apontam na gente o que odeiam nelas e não conseguem suportar.
    Você é perfeita do jeito que você é, Deus não comete erros.
    Abra bem os seus olhos para as pessoas que te querem bem, que te fazem bem é, se afaste e ignore quem te faz ou fez mal.
    Tenha certeza que as pessoas plantam o que colhem.

    Se te consola, tenho 19 anos, ainda sou virgem e nunca namorei. Perdi meu bv ano passado.
    Relaxe que tudo tem o seu tempo.
    Não tenha vergonha, pratique erguer a sua cabeça. Peça a
    Deus, todos os dias, força para enfrentar o que vier. Eu tenho certeza que você é forte.
    E se as pessoas te olham é pq você tem uma boa presença. As pessoas somente prestam atenção naquilo que elas querem ser ou ter. Faça ao contrário, não preste atenção nelas; quando você perceber que está dando essa atenção desnecessária, mude o seu foco, sua atenção a outra coisa. Com o tempo, essa neura some.
    As pessoas não tem o direito de fazer você chorar. Você é mais forte que isso.
    Se fechar não é a solução. Não nos faz sentir melhores.
    Se você ainda sentir medo, comece devagar… Com as pessoas que você confia, olhe nos olhos delas. Ninguém te fará mal, só se você permitir.

    Por favor, me prometa que vai procurar um psicólogo e que vai levantar essa cabeça pro mundo…