Eu odeio o Dia dos Pais

Pra começar já vou ser bem direta, odeio o dia dos pais e quero que o meu pai morra! E vou contar o porquê…

Quando criança meus pais se separaram, e foi uma disputa entre eles pra ver com quem me jogariam, sim, tanto ele como ela não me queriam! Resultado? Fui morar com meus avós paternos!! Isso eu tinha 9 anos, com onze minha mãe faleceu pois era doente, tinha câncer. Apesar de tudo eu a amava, mas a rejeição do meu pai, sempre foi assim desde quando eu me entendo por gente, isso só me afastava de qualquer figura masculina. Com o passar dos anos meu avô morreu e há 1 ano atrás perdi minha avó (tenho 24 atualmente). Aí começou meu tormento, meu pai a quem me negou todo e qualquer tipo de afeto, hoje quer vender a casa onde moro, dos meus avós, me jogar na rua, não tenho namorado e por culpa dele, pois sinto nojo de homens e não sei o que faço da vida. Só o que faço é chorar e desejar que esse ser a quem o chamo de pai, morra em seu dia!

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

2 Comentários

  • Não deixe que o ódio pelo seu pai atrapalhe seu raciocínio, como filha vc tem direitos, procure a justiça, mesmo que ele, digamos, consiga na justiça o direito de vender a casa, parte do dinheiro deve ir pra vc por ser filha, nenhum juiz que se preze aceitará algo diferente disso. Pegue este dinheiro e coloque numa poupança, pois imagino que não seja suficiente para comprar outro imóvel, e alugue um cantinho ou divida um apartamento com alguém, até você se resolver.
    Uma outra coisa: procure vencer este ódio que sente pelos homens, há homens que não valem nada de fato, mas há muitos outros bons, que só querem seu bem, e podem te fazer feliz.
    Boa sorte.

  • Não sei o seu nome…porém isso é o que menos importa. Entendo a sua dor… Durante muito tempo tive mágoa do meu. Você precisa perdoar seu pai pra ser feliz e viver o que o Pai lhe reserva. Não quero pregar, não sou evangélica, sou católica mas o que hoje passo foi só por amor de um verdadeiro Pai que não entrei em uma depressão ou tentei suicídio…o meu pai biológico nunca me perguntou como eu estava… e foi dentro de um grupo de oração da Renovação Carismática Católica que me ergueu. Ainda dói muito mas desejar qualquer mau só vai te trazer mais mau ainda. Veja se consegue um advogado…mesmo que seja gratuito acredite na justiça de Deus e entregue sua vida a Ele. Não vai ser nada fácil… mas siga em frente. Eu entrei nesse site por engano e li sua publicação, mas senti algo mais forte que me fez parar e escrever. Vou rezar por você.