Neuroses

Sou adolescente, sei que amo muito minha namorada. Porém dois meses atrás estávamos em crise, brigando muito, e resolvi acabar com as brigas e ficar “de boa” com ela. Então, um dia antes de um luau q ela iria, eu fui pedir desculpas pra ela, acabamos bem. No dia seguinte descobri q nesse luau o melhor amigo dela a beijou, e ela? bom, ela respondeu o beijo por alguns segundos(segundo ela) e depois o afastou. Logo q soube, terminei com ela, eu estava sofrendo pois a amava(e amo) demais.
Alguns dias depois fiquei sabendo pelo irmão dela que ela ficava o dia todo na cama chorando, não acreditei… algumas horas depois ela me mandou centenas de mensagens dizendo q não queria ter feito aquilo, q não sabe porque fez, que me amava mt, que estava mal por ter me feito isso e que queria voltar. Lógico, depois de um tempo não aguentei e voltei com ela. Agora, graças isso tenho “neuroses” de q ela me trai com todo mundo (já cheguei a pensar q até com irmão dela). sei que são maluquices, estamos “de boa” agora, mas as vezes “do nada” imagino ela e o ex melhor amigo(pois ela não fala mais com ele) se beijando, caio no chão e sinto pontadas de dor e as horríveis emoções dessas lembranças me corroem. Sei q ela me ama, sei q a amo e quanto as minhas supostas “neuroses”, credito q ela vai fazer denovo e q não será só um beijo(se é q só foi isso msm).

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

2 Comentários

  • Adolescência é uma fase complicada. Vocês tem transado bastante?
    Só o sexo segura um relacionamento sério na adolescência, vai por mim.

    Essas neuroses tem fundamento, porque vocês não moram juntos, não são casados, não tem filhos, etc. Não há nada que prenda ela a você ou você a ela, exceto o sexo! Isso é normal, é biologia.

    Meu conselho é o seguinte: transe bastante com ela, seja tarado mesmo.

    De outro modo, se quiserem ter um relacionamento sério, monogâmico e duradouro, essa deverá ser uma decisão consciente, a ser tomada pelos dois, que exige esforço de ambas as partes. Um relacionamento sério e comprometido, como um casamento, é como uma planta que deve ser regada diariamente para não morrer.

    Mas para adolescentes é difícil manter um relacionamento sério porque o corpo pede sexo diversificado, o que é natural.

    O importante é compreender que ninguém é de ninguém, e os relacionamentos monogâmicos sérios são fruto de um esforço consciente de ambas as partes para manter um compromisso consciente de permanecerem juntos. Estou falando de amor, não paixão.

    Existe diferença entre paixão e amor. Paixão é intensa e passageira, amor é suave e dura a vida inteira. Paixão é um mecanismo biológico que serve para você transar bastante com a mesma pessoa por um determinado período de tempo, talvez meses, onde você sente uma atração meio egoísta, um sentimento de posse sobre a pessoa. Amor é um sentimento de desejar o bem da pessoa de forma não-egoísta, mesmo ela estando com outro, pois não tem finalidade sexual (por isso que amamos nossos pais, irmãos, filhos, etc).

    A paixão exagerada é perigosa porque pode virar ciúmes ou ódio, mas o objetivo dela é sempre mais sexual e egoísta. Não é ruim, mas devemos saber controlá-la, apesar de ser intensa.

    Um relacionamento sério terá mais chances de ser duradouro quando houver um sentimento de “amor apaixonado” (amor + paixão), além da decisão consciente de quererem viver juntos e um dia constituir uma família (decisão racional). Relacionamento sério é uma decisão consciente que às vezes demanda esforço e sacrifício para não desmanchar.

    Se ela não pretende ainda casar e ter filhos com você, e ambos estão na adolescência, pode ter certeza que só o sexo prende um ao outro. Enquanto o amor verdadeiro e o compromisso não chegar, ela vai sempre ceder a paixões e desejos proibidos (e você também). Afinal, sexo/desejo proibido sempre é mais “gostoso”, ou apimentado, mas é um sentimento egoísta que necessita ser controlado a fim de preservar um relacionamento sério, e isso se aprende com o tempo.

  • Parceiro, se ela quiser te trair, ela trairá. Ninguém segura desejo de mulher.
    Um conselho te dou: procura ajuda profissional, de preferência uma psicóloga mulher. Somente outra mulher poderá te ajudar. O que qualquer homem falar, não vai te ajudar muito.
    Mulher é foda, ela diz que te ama e tem acabado de trepar com outro.
    Essas coisas acontecem, já aconteceu comigo, pode acontecer com você ou com qualquer pessoa.
    Ninguém é de ninguém. Já passei por isso, hoje eu não ligo pra nada que nenhuma mulher faça nesse mundo, eu quero é ganhar dinheiro e comer quantas puder. Relacionamento eu quero é distância. Ninguém é obrigado a nada, então eu não sou obrigado a ficar com mulher nenhuma, só quero sexo. Amor, só de mãe.