Apaixonada pela minha melhor amiga

Descobri a pouco tempo que estou apaixonada pela minha melhor amiga, convidei ela pra ir dormir lá em casa e dormimos na mesma cama começamos a conversar e fazer carinho uma na outra, no princípio carinho de amiga, mas depois as coisas foram esquentando e quase nos beijamos… mas hesitamos. Desde então não paro de pensar nela, e acho que ela em mim, toda vez que estamos sozinhas começamos a nos olhar e se nos abraçamos tudo esquenta… mas o maior problema é que ela tem namorado, e ele por coincidência é o meu melhor amigo… e eles vão se casar e eu serei a madrinha…
O que eu faço? isso nunca me aconteceu antes!

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

3 Comentários

  • Amiga !
    Sei bem oque vc esta passando pois já passei por isso…
    Acho que o amigo ai de cima está certissimo…
    eu vivo um relacionamento ,onde eu e meu marido curtimos sexo a 3 com as minhas amigas que curtem menina também…
    Acho que vc deve curtir o momento e pra um cara que tem a mente fechaada jamais vai aceitar esse tipo de situação…

    Se esta mesmo afim e sente que ela também…Se joga!
    E depois conta como foi ! Um grande abraço!

  • CUIDADO! A questão envolve terceiros e um casamento.

    O terceiro envolvido é o cara, e ele pode até aceitar um relacionamento a três. Mas casamento é sério porque envolve crianças no futuro. Toda criança merece ser criada por pais com um relacionamento estável.

    Você deve se perguntar:
    1) essa atração pode prejudicar o casamento deles no futuro?
    2) sua amiga e seu amigo desejam esse casamento de verdade e estão dispostos a levar a sério a relação deles até o fim, inclusive com crianças?

    Se a resposta for sim apenas para a primeira pergunta, a saída é ver se o cara aceita um relacionamento à três. Nesse caso eles deveriam desistir do casamento com filhos, porque uma criança criada em um ambiente assim poderia sofrer muito na vida social dela (também poderia não sofrer e ser feliz, mas não é justo jogar com a vida da futura criança só por causa do problema sexual de vocês).

    Se a resposta for sim para ambas as perguntas, o problema é todo seu. Sexo “proibido” é bom, mas não precisa ser só com a sua amiga, existem infinitas possibilidades. Paixão é forte mas passageira, amor é fraco mas dura a vida inteira.

    Entregue-se à paixão somente se não for prejudicar a si mesma ou outras pessoas no futuro. No caso, poderia prejudicar o cara (caso ele não concorde com isso) ou os filhos deles (caso queiram levar adiante o casamento, mesmo tendo uma relação à três).

    Por fim, devemos entender que paixão é um mecanismo biológico para nos fazer transar diversas vezes por um tempo específico (não vou entrar em detalhes sobre a finalidade do sexo e orientações sexuais). Amor, por outro lado, é uma vontade consciente de querer o bem da pessoa, independentemente da questão sexual (você pode amar seus pais, seus filhos, seu marido, sua amiga, etc).

    Quanto ao sexo, você pode sentir paixões intensas com outras pessoas, basta se atirar no mundo e conhecer outras pessoas, se colocar em outras situações, etc. de forma que não prejudique ninguém. É comum as pessoas cometerem erros nas primeiras paixões, por achar que aquilo é tudo na vida. Mas a experiência nos mostra que existe vida além das paixões. Deixar as paixões guiarem sua vida é sinal de imaturidade.

    E cuidado para não deixar a paixão se transformar em ciúmes ou ódio, pois isso é doença. A cura para isso é ter mais experiências sexuais com outras pessoas para o seu cérebro entender que existem muitas outras possibilidades sexuais além dessa, e evitar de estragar a sua vida e a dos outros por besteira ou egoísmo sexual.

    Pessoas fazem coisas erradas por causa de paixão (até matam), mas sempre acertam por causa de amor.

  • Se você esta confusa, imagine sua amiga! Mas acho que deve experimentar fazer algo antes que ela se case. Depois que ela se casar será um pouco tarde. E poderá se arrepender de não ter feito nada. Tente algo e converse com ela.