Minha mãe me odeia… Cansei disso!

Eu tenho 24 anos e sou o único filho de sangue dos meus país, sempre tentei ser o melhor filho… tirava notas boas na escola, nunca causei qualquer problema para os meus pais, porem nunca tive reconhecimento de nada que fizera pra minha mãe, parecia que eu não existia a não ser para ser o centro de toda fúria e desabafo de raiva…. Sempre ganhei medalhas na escola de melhor aluno e sempre chamavam os pais mais minha mãe nunca foi, meu pai ele trabalhava duro para ajudar em casa não culpo ele por nada …. indiferente disso, meu irmão adotivo dava milhares de motivos para ela comparecer, brigava, desenhava coisas pornográficas nas provas, e sempre qualquer coisa ela ia ….. eu lembro uma vez que ela foi lá e a diretora falou assim com minha mãe “Porque você nunca vem ver as coisas boas do seu filho mais novo, só as coisas que esse menino apronta, ela desabafando vendo que eu sofria por aquilo” em contra isso tudo as pessoas já sempre gostaram de mim e da maneira que eu as tratava, sempre quis o reconhecimento de minha mãe, por isso fazia de tudo tratando as pessoas bem para ela ficar feliz… e por isso as pessoas me adoravam….
Mas meu ódio veio de um caso em particular quando eu tinha mais ou menos uns 5 anos, lembro disso ate hj, um vizinho foi na nossa casa com a mãe dele, meu irmão adotivo e ele me estupraram…. e quando ele foi embora meu irmão ameaçou me matar se contasse… porem eu falei, minha mãe abaixou minhas calças e me bateu muito muito mesmo …. lembro que fiquei com a cara tão inchada que meu pai ate discutiu com ela aquele dia … se já não me bastava o que passei … depois disso me isolei do mundo e de todos, mas não ia demorar muito para passar por outro incidente, meu irmão me deixo em paz… mas um dia brincando na rua um moço quase me atropelou … era no mesmo ano, lembro por conta de uma foto do hospital… ele saiu brigando comigo da moto e minha mãe me pegou pelo braço, de tanto medo na hora eu mijei e minha mãe pediu desculpa para o moço e me levou para dentro de casa … mais uma vez apanhei muito muito mesmo, eu não lembro de nada da minha infância a não ser essas duas situações… mas no outro dia quando acordei eu não conseguia mais andar, ao me levar ao médico, ele fez uma bateria de exame e acusou que não deu em nada… eles acharam que era alguma doença nova a principio e me internaram … depois de uns dias o medico falou que era psicológico que ia demorar mas depois de um tempo voltaria a andar, pois eu devia ter passado por um trauma muito grande.
Bom até aí já deu pra ver que não cresci uma criança muito feliz … meu pai se tornou alcoólatra, meu irmão usuário de drogas, e eu um saco de areia para minha mãe descontar todas as frustrações… eu nunca pude brincar na rua ate meus 14 anos … era literalmente trancado dentro de casa …. e nisso eu comecei a mudar a ficar com raiva e a revidar com palavras a minha mãe que nunca aceitou o seus erros e fantasmas do passado, do que fizera comigo… ainda choro ao escrever isso e ao lembrar como se fosse ontem o que ocorrera…. eu tinha cansado de tudo … com 18 anos, ai nisso meu pai resolveu separar da minha mãe e se tratar. Vamos dizer que isso foi ótimo pra mim, pois logo depois disso minha mãe se mudou para os U.S.A…. ela sempre se fez de vitima para as pessoas … quando eu tentava contar as coisas para elas como minha mãe era e me tratava … nessas idas e vindas … ela fez um divida enorme e colocou tudo em meu nome …. eu burro hj tenho essa divida e esse ódio de nunca ter tido uma mãe presente, ela diz que queria que eu fosse como meu irmão adotivo =/
até hoje ela trata ele super bem, ajuda com as despesas da casa dele e tudo mais….

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

90 Comentários

  • Amigo, sua mãe é NARCISISTA. Eu também fui criado por uma mãe assim. As histórias são parecidas. Olha, cara, a culpa não é sua! Mas tenta aceitar que ela é doente e não vai mudar. Ela nunca vai te amar. Ela é narcisista.

  • Minha mãe também sempre preferiu e até hoje prefere minha irmã do que a mim. Sofro muito por isso. Peço perdão à Deus todos os dias se caso a culpa é minha, se caso fiz algo a ela quando era criança e ela não me perdoou. Ela permitiu que eu saísse de casa aos 17 anos, sozinha… e assim fiz. Hoje não sou ninguém. Não tenho nada. Me sinto a pior pessoa do mundo e vivo com depressão. Não tenho amigos, pois não me acho legal. As vezes penso em morrer.

  • Me comovi com a sua história e sinto, sinto muito mesmo por tudo que você passou. Espero que atualmente você esteja bem. No meu caso eu e minha mãe também não nos damos bem. Desde de os 13 anos ela implica comigo, tá certo que não fui dos adolecentes mais comportados mas mesmo depois de todos esses anos ela continua implicando comigo. Nada do que faço tá bom pra ela, ela implica com coisas mínimas. Reclama do meu corte de cabelo, da carreira que quero seguir, da minha sexualidade, do meu jeito de andar e falar, reclama quando choro, reclama dos meus amigos, da roupa que uso, sei lá ela é muito frustrada, acho que na cabeça dela ela pensa que tenho obrigação de ser igual a ela.
    Infelizmente eu adquirir um quadro depressivo devido a convivência com minha mãe e estou pretendendo sair de casa porque não consigo manter um progresso morando com ela. Nossa só por conta do meu corte de cabelo ela disse pra não ir no trabalho dela que a envergonharia. Eu noto nela uma pessoa invejosa, homofóbica e egoista. Olha nem meu pai aguentou ela e meu pai disse pra mim que ela sempre foi assim paranóica.
    Eu amo muito minha mãe mas confesso que ao longo desses anos esse sentimento tá cada vez menor e eu choro porque penso se um dia a odiarei e não queria isso. Já que boa parte da minha família já não fala comigo por eu see bissexual. Só queria que isso acabass de uma vez por todas e ela notasse o quanto me faz mal.

    • Nossa que coisa tbm sofro por isso e olha que sou mulher e não sou gay e mesmo assim sofro coisas terríveis olha eu aprendi o erro não está em você e sim nela assim como a minha fica bem tenha fe em Deus e as vezes a distancia muda tudo.

  • Meus pais me odeiam,eu tenho 19 anos trabalho,não chego tarde,não vou para baladas,não bebo nem fumo,e nos finais de semana estudo para o vestibular,mas eles me xingam dos piores nomes e palavrões,chegam até me bater,uma vez quando eu tinha 9 anos meu pai me bateu até eu desmaiar,minha mãe me bate também,as vezes quando estou lendo um livro eles mandam “eu tomar no”…..mas me humilham muito,e quando eu chego e vou direto para meu quarto estudar eles começa a tacar meus livros na parede,e rasgar as páginas.Muito complicado….uma vez eu comecei a namorar com um rapaz e a surra e os chingos foram 2 vezes maior,meu pai ameaçou quebrar meus dentes,eu já estou ficando sem auto-estima…só não fui embora de casa porque ganho muito pouco não dar para mim pagar aluguel e ainda arcar com outras despesas de uma casa….tenho que aguentar.

  • Serio ja estou cansado, apos a morte do meu pai quando eu tinha 8 anos um dia antes do dia das crianças, minha mãe ficou muito muito chata. Parece que tudo o que eu fasso não agrada ela, eu fico desenhando ai ela vai e rasga meus desenhos, ela prefere defender a irmã doque o seu proprio filho, por que minha mãe me doiea ? Realmente queria que tivesse ido ela no lugar do meu pai

  • Minha māe me odeia
    Ela n gosta de mim
    Faço d tudo pra ela
    Uma vez ela me ameaçou me da uma facada
    eu n posso fazer nada
    Canseiiiii……

    eu quero que respondam se eu tenho q procurar.um.psicologo

  • Me caso é bem diferente, minha mãe me xinga por qualquer coisa, e são apelidos (xinga mentos horríveveis) Vagabunda , puta, desgraça, ela ja até me ameaçou a me abandona, ela sempre joga na minha cara, que minha prima e melhor que eu, é que queria ter uma filha como ela, ou que ela fosse filha dela!
    Obs-Tenho 12 anos
    Queria muito ir embora!

    • Eu tenho 3 irmãs a mas velha só deu desgosto pra minha mãe e outra não mora mas em casa .Só tá eu e minha irmã morando com a minha mãe mas minha mãe me compara muito com a q deu desgosto fico muito triste com isso choro muito um dia minha mãe taca reclamando muito da vida eu fui fla pra ela se acalma ela descontou a raiva em mim e disse q eu parecia muito q ia ser como a filha q deu desgosto aí tava chorando jogada no chão e minha irmã q mora comigo me pegou e me levou pro quarto e me disse q ela me ama q se a mamãe não me querer mas ela sai de casa comigo porém ela é a filha q a mamãe mas gosta então então sou uma pessoa muito excluída em csa mas espero q ela comece a me amar de vez em quando me lembro disso é começo a chora como estou fazendo agora chorando por essa lembrança. Já pensei milhares de vezes em fugir de casa mas sou muito nova e não sobreviveria e oq me deixa mas triste ainda é q meu pai sempre concorda com ela.E tento a emprecionala com notas boas sendo muito eficiente mas ela fla q não é nada a mais q minha obrigação

  • misericórdia,será q é vdd ?

  • Eu tenho 24 anos, nunca vi minha mãe me tratar bem ela sempre me tratou com desgosto vive a me xingar, falar que sou optaria ridícula filha de uma puta eu estou de saco cheio cansada dela e do meu pai os dois vive a me humilhar parece que só se sentem bem quando podem me humilhar. ..
    As vezes quero sumir sair da vida deles com a minha filha e esquecer eles.. a minha vida toda me esforcei tentei ser sempre melhor mais para eles isso é mais que minha obrigação. .. Cansei eu os odeio

  • Oie … Me chamo rayssa na minha casa è a msm coisa faço tudo
    N ganho nada sou sempre excluida
    Me chamam de feia pq eu sou gorda
    Falam q meu namorado n me mereçe

    Issu è muito triste ?

  • Oi, querido. Aconteceu parecido comigo. Sempre fui ua boa filha, estudiosa, boas notas e a minha mãe só me xingava e humilhava. Acho que era ciumen do meu pai, mas eu nunca tive nada com ele, nem ligava pra ele, acontece que ele não me importunava e me respeitava. Pra vc ter ideia ela fez questão de causar uma briga com o meu pai na minha festa de formatura e no meu casamento e disse na minha cara que nem deveria ter vindo. Não sei o que se passa na cabeça dela, mas, assim como vc sofri muito por teu uma mãe ausente e inimiga. Sim, inimiga. A última dela (a que resolvi vortar relações para sempre e estou ótima com isso) foi que uma ex colega me prejudicou pra caramba, ao ponto de ate a pessoabtotalmente desequilibrada se arrepender, mas ouvi da minha irma que eu era uma vagabunda, desonesta, minha mae ainda atiçou a filha contra mim. Lembro que diquei muito ferida com essa injustica, mas segui minha vida depois de desabafar pra todo mundo ouvir o que ela me fez. Foi o jeito. Se eu puder te dar um conselho é: NÃO VA ATRÁS COMO EU FUI, Siga sua vida, seus estudos, seu futuro, encontre uma boa esposa e tenha a sua própria família. Beijos!