Vida triste e sem sentido

ola pessoal, tenho 19 anos e levo uma vida sem sentido, nunca namorei nem se quer nunca tive uma amiga, não tenho muitos amigos. não levo uma vida muito boa em casa, questão de relacionamento familiar. sou triste por isso. já desisti de fazer uma faculdade por que acho que não vou arrumar nada. não consigo nem conversar direito com as pessoas pois não tenho muito assunto e de um tempo pra cá tenho chorado muito por isso. só que não divido isso com ninguém, sofro calado, mas acho que as pessoas percebem sim o meu sofrimento. acho que minha vida nunca vai sair disso. no meu serviço não consigo realizar todos os trabalhos, fico nervoso acho que não vou conseguir e acabo não conseguindo mesmo, acho que nunca vou subir na vida, nunca vou namorar, ultimamente nem no portão de minha casa saio mais. eu não quero ser assim mas não consigo sair disso. todo dia peço a deus que mude a minha vida e espero nele a salvação e como eu não faço faculdade e trabalho em um simples emprego, agora que acho que nunca vou arrumar uma namorada pois o mundo de hoje exige um diploma e as garotas de hoje querem pessoas bem sucedidas.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

1 Comentário

  • Olá,
    Primeiramente, parabéns. Reconhecer o problema é o primeiro passo pra resolvê-lo.
    Lendo teu texto, parecia que estava lendo um relato da minha própria vida a não muito tempo atrás. Tenho boas notícias e ruins para você.
    Uma das boas notícias é que quando sua vida estiver para mudar, mudará tão abruptamente que você em pouco tempo não vai se reconhecer mais (rola até uma crise de identidade por isso). Quando as coisas começam a acontecer na vida, como um furacão, carrega sua vida antiga embora e deixa tudo desmoronado para você edificar denovo.
    Você está certo e errado quanto a algumas coisas. De fato, garotas buscam soluções para sua própria vida. Na verdade isso é relacionar-se com alguém. É um mutualismo, você também espera algo em alguém, não se esqueça que muitas garotas sofrem da mesma maneira que você penando que não podem suprir em alguém isso que você deseja. Basta olhar pra dentro de si e ver o que procura em uma garota. Provavelmente você vai idealizar algumas coisas meio que intuitivamente, talvez beleza, talvez um jeito mais meigo, talvez outra característica.
    Existem garotas feias, existem garotas abrutalhadas ou com voz grossa, tudo é razão pra elas também se sentirem compexadas.
    Mas sim, você deve mudar muito em si. Aquela balela de que a pessoa tem de te amar como você é, na verdade é só um devaneio muito grande. Amar e relacionar-se não é suprir sua própria necessidade, é tentar completar o outro. Se você tiver em mente “quero fazer ela feliz” e ela pensar o mesmo de você, um suprirá o outro e assim a relação se sustenta.
    Você identificou tudo que, em você, impede de se relacionar com uma garota. Tá, mas e agora? Vai sentar e chorar ou percebendo isso tudo vai fazer algo para reverter?
    Você ainda é novo. A expectativa das garotas muda com o tempo. Garotas mais novas querem alguém que as possibilite de curtir, garotas mais velhas começam a buscar segurança financeira. nessa faixa de 19 anos, busque uma de 14,15,16… elas ainda não dão tanta importância a faculdade. Hoje, talvez a diferença etária faça alguma diferença, mas daqui a 10 anos não fará nenhuma. Se é uma relação estável que você quer, está aí sua chance.
    Mas comece a se mover! Se você sabe que a falta de faculdade vai implicar em problemas pra ti, corra atrás. Mulheres apesar de muitas vezes apresentarem comportamento interesseiro (é importante não generalizar também), conseguem ser bastante compreensivas e até pacientes. Elas se apegam emocionalmente mais fácil que homens na maioria das vezes. Elas conseguem suportar o atraso da auto suficiência de um homem se perceber perspectivas nele, ou seja, se ele estiver se movendo. Mulher só não atura homem que fica estático sentado no problema. Pra isso elas REALMENTE não tem paciência.
    Portanto, você tem todas as chances do mundo de reverter sua vida.
    Outra coisa importante: Arrisque.
    Sabe como conheci minha namorada? Quando desmontei a mulher ideal que criei na minha cabeça, escolhendo cada componente como se fossem peças de lego e me permiti apegar a alguem ‘errada’.
    Eu sei, isso pode ser bastante teórico, talvez se eu lesse isso a tempos atrás não entenderia o que quis dizer, então vou explicar com meu próprio exemplo. Eu, virgem, bv, depressivo, quis mudar minha vida. Queria conhecer uma garota mas era péssimo em abordagens e não possuía muito assunto que não fosse algo nerd relacionado a Anime e cultura japonesa. Tinha idealizado pra mim uma garota: virgem, japonesa, baixinha, tímida, doce, cristã e que fosse mais nova que eu. Sabe quais as chances de eu conhecer alguém exatamente assim? Baixíssimas.
    Permita-se ser surpreendido por quem não corresponde ao que você deseja. Minha namorada eu conheci no chat da Uol, que entrei de sacanagem e fiquei fingindo que era outra coisa que não sou (ela fazia o mesmo). Quando nós dois percebemos que um tava de sacanagem com a cara do outro, resolvemos conversar e acabamos nos apaixonando. Ela não é japa, mas nordestina, e de tímida só tem a cara porque tem um gênio bem explosivo! E quer saber cara? Isso é apaixonante nela. Do nada me vi pensando em morar no nordeste com ela e ouvindo até forró, coisa que NUNCA sonharia em fazer. E mais, algumas características das que eu idealizava e que ela tem, como ser baixinha, é justamente algo que atrapalha um pouco pra algumas coisas por eu ser alto (apesar de ainda assim adorar e continuar achando muito fofa o fato dela ser baixinha). Então, nem sempre o que você idealiza é o melhor. Permita-se! Há pessoas bem legais ao seu redor. Tenha certeza disso.