Acho que estou com depressão =/

Bom, quando eu tinha 6 anos minha vida se tornou um inferno. Meu pai começou a beber e ficar agressivo, minha avó materna, a qual eu era muito apegado faleceu e logo em seguida, num período de 3 anos, meu avô materno e minha tia também se foram. Neste meio tempo minha mãe decidiu separar do meu pai e saímos de casa; eu, ela e meu irmão de 1 ano na época. Aos 12 anos meu pai foi na minha casa e tentou nos matar. Foi o pior dia da minha vida! Mas isso não parou aí. Como ele não foi preso, nem nada, ele me perseguia na escola, telefonava todos os dias, todas as horas para nos humilhar e criticar… foi uma época terrível! Alguns anos se passaram e meu pai parou de beber, melhorou, voltou a trabalhar, mas não voltamos, nem queremos mais ter contato com ele até hoje. Hoje tenho 21 anos e estamos vivendo em “paz”: estamos com saúde, passei em um concurso público, comecei a fazer um curso de inglês que eu queria fazer há muito tempo e na próxima semana vou começar a fazer auto escola… tudo parece estar dando certo, PORÉM, me sinto tão vazio, solitário, feio…! Não tenho amigos. Embora conheça muita gente, não consigo considerar ninguém como um amigo de verdade. Ninguém vem na minha casa ou liga para saber como estou. Vez ou outra que alguém me chama para sair, mas depois disso, continuo a ficar sozinho. E tenho um defeito que considero terrível: não saber aceitar críticas. Hoje, por exemplo, um dos meus chefes me repreendeu. Não foi nem de forma grossa e tal, mas me senti tão triste e ainda continuo com isso na cabeça. Sinto que o problema está em mim, sabem? Admito que tenho tudo o que é necessário e que luto para conseguir o que ainda falta, então eu nem deveria reclamar da vida. Acho que sou mal agradecido. Eu deveria prestar mais atenção nas coisas boas que acontecem e tentar esquecer as ruins, mas sempre que alguém toca em uma ferida minha, eu volto a ficar triste. Sinto como se eu tivesse várias feridas e uma simples “chamada de atenção” é capaz de abrir elas. Será que sou uma pessoa fresca e “dodói” demais? Outra coisa que não comentei é que sou homossexual e para mim namorar alguém é praticamente fora de cogitação, uma vez que ninguém se interessa por mim, ou se interessa, não posso corresponder rs. Com relação a religião, já frequentei grupos de jovens, católicos e evangélicos, mas eles não me preenchem. Parece tudo tão infantil e sem sentido. Não sei o que fazer! =’/ Desculpem o texto enorme… como não tenho ninguém para abrir meu coração, escolhi esse site para fazer isso (:

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

3 Comentários

  • cara você é um vencedor! passou por tudo isso e ainda está ai na ativa, siga firme e forte, com relação a sua opção sexual não fuja do que você é, cuide mais de sua aparência ,procure entrar em grupos de amigos, quanto mais triste a pessoa for, menos amigos ela terá, boa sorte, só mais uma coisa, mulher é bom demais tu não sabe o que tá perdendo, rsrsrs, valeu!

  • Antes de tudo, lembre-se: a depressão é uma doença que tem tratamento com remédios. Procure um psiquiatra para ver se é o seu caso.

    Seus traumas não foram poucos e isso certamente te atrapalha. Mas você sabe que não é o único que passou por coisa parecida, né? Acredito que você deve procurar entre as várias pessoas que você conhece alguns para serem seus amigos de verdade. Ninguém te liga ou vai a sua casa… Bem, para quantos você liga ou faz visita? Outro dia eu li uma frase que pode te servir: se você está com fome, fica esperando a geladeira tomar uma atitude?

    Quanto a não aceitar críticas, te digo que praticamente ninguém realmente gosta de recebê-las. Mas ficar profundamente abatido com elas é geralmente sinal de excesso de amor próprio. Saia de si um pouco, para de considerar o quanto sua vida foi sofrida, o quanto você sofreu mais que a maioria dos seus conhecidos.

  • É cara, com todo respeito acho que vc tem razão, frescura demais! Ponha-se no lugar de outras pessoas que continuam sofrendo o que vc, sua mãe e seu irmão passou. Imagine uma pessoa sem nada e até mesmo sem a oportunidade de passar num concurso, ter estabilidade profissional e financeira. Pensem nas pessoas da sua idade que estão com problemas de saúde ou que apenas querem aprender uma nova língua ou ainda ter uma carteira de motorista. Vc tem tudo, siga em frente e sejas feliz, agradeça a tudo que vc já conquistou nessa vida, tenha humildade e reconheça que vc está muito bem. O fato de vc ser gay, bisexual ou sei lá o que não difere nada de ninguém. Não pode ter relacionamentos sérios? Bobagem, toda hora tem casamento gay. Se vc acha que não consegue ultrapassar esse preconceito que a sociedade ainda tem e principalmente, que vc tem de si mesmo, vira hetero e vai pegar a mulherada. Desgrila vai. Sou hetero, pai solteiro, dedicado a beça, homem de verdade, respeitoso, honesto etc e tal e já sofri a beça com solidão, depressão mesmo tipo: ninguém me ama, ninguem me quer, ninguém me liga fora aniversário, natal, ano novo e assuntos de trabalho, mas com o tempo me achei e entendi que minha solterice é uma delícia. Ache vc mesmo sua porta para felicidade. Sucesso pra ti!