Pecado contra castidade

A minha história é muito grande mas vou tentar resumir. Eu perdi minha virgindade com 8 anos sem querer, pois eu tinha contato com meu primo que era 2 anos mais velho que eu; morávamos na mesma casa. Depois que isso ocorreu nunca tirei a culpa de dentro da minha consciência e fui levando comigo ao longo dos anos. Devido a essa culpa e a outros problemas que me ocorreram entrei em depressão e contei tudo o que tinha me ocorrido à minha tia e às minhas primas. Eu tentei me confessar com o padre mas não tive coragem de contar toda verdade pois fiquei com vergonha. Eu cresci e tive alguns namorados mas sempre com aquela culpa na consciência. Com o meu primeiro namorado não cometi nada grave, mas com meu segundo namorado acabei pecando e tive relações sexuais com ele. Passamos só 4 meses juntos depois terminei o namoro, porque ele mentiu para mim. Depois dele fiquei com um rapaz que eu gostava e acabamos pecando também e não deu certo. E por último fiquei com um amigo do colegial que acabou me induzindo a praticar sexo com ele também! Em fim, me arrependo de todos os pecados que cometi e peço a Deus que me perdoe, pois sei que praticando esses atos eu estou indo contra o 6º mandamento que é não pecar contra castidade. As vezes quando estou só também tenho mania de me masturbar e ver filmes eróticos. Preciso me libertar desse mal também e peço sua oração para me ajudar e um conselho para não mais praticar esses atos. Outra coisa que eu fiz também foi mentir para meus amigos sobre ser virgem, para não dar liberdade a eles sobre minha vida eu menti, isso foi errado ou eu estou certa de preservar minha intimidade?

 

Reportar Sexo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

6 Comentários

  • Olha, sou do Ministério de Pregação da Renovação Carismática Católica, fui de ordem religiosa e posso responder todas suas dúvidas e questionamentos dentro da doutrina católica e vai ser um prazer pra mim. Creio poder aliviar sua consciência bastante.Porém, prefiro que você entre em contato por email. Ficarei no aguardo. Fique em Paz, Deus a abençoe.

  • Olha, você precisa tomar coragem e se confessar; por mais que seja vergonhoso, a confissão com um padre é um ato de verdadeiro arrependimento, póis só verdadeiramente arrependido é que alguém toma coragem de contar seus pecados para outra pessoa. Ao contrário do que disseram nos comentários, a verdadeira confissão deve ser com um padre, pois assim foi a vontade de Jesus Cristo quando designou aos Apostolos ( e portanto aos padres, bispos, etc) o poder de perdoar os pecados (Jo 20,21-23); faça uma reflexão e vá até uma paroquia, você vai se sentir bem mehlor depois da confissão. Não existe pecado que Deus não possa perdoar desde que esteja arrependido!

    Para leitura:

    http://pt.wikihow.com/Fazer-uma-Boa-Confiss%C3%A3o-na-Igreja-Cat%C3%B3lica

  • Tenho algumas coisas para te dizer:

    1 – É esperado que se tenha vergonha de se confessar com um padre. Mas essa vergonha nada mais é do que o orgulho evitando que se nos vejam como somos. O padre certamente não ficará espantado com o que você contar, nem vai fazer juízos sobre você. Está longe, bem longe, de ser a única a se confessar sobre o tema. Se a confissão é completa, o alívio que ela produz é impressionante. E normalmente nos perguntamos porque não fizemos antes.

    2 – O pecado contra a castidade é superestimado por nós, muitas vezes. Não estou dizendo que é grave, mas pode perguntar à maioria das pessoas sobre qual foi o pecado de Adão e Eva e vão responder “luxúria”. Errado! Foi o orgulho: “sereis como deuses!”. Portanto, nada de priorizar a luta pela castidade. Essa monomania só faz mal, porque ao cair você se sente um lixo e tende a se soltar: “perdido por um, perdido por mil”. Luta antes por ser mais humilde. A confissão ajuda bastante nisso, porque temos que reconhecer para uma pessoa estranha que não somos tão bons como queríamos ser.

    3 – Encha-se de coisas boas. Tenha atividades, saia com amigos, ria bastante. Não sobra tempo para pensar “naquilo”. Evite ficar em casa, navegando na web, de bobeira. Sem freio na ladeira, o carro invariavelmente desce.

    4 – nos relacionamentos, chegar ao sexo é um caminho meio natural… se você pretende se guardar daqui para frente até se casar, precisa deixar isso claro para qualquer um com quem se relacionar. E ter paciência se os primeiros não toparem. O mundo é grande, tem muita gente.

    5 – o mais importante: o segredo tá na constância da luta. Nada de se vangloriar por conseguir vencer tentações, nem de se martirizar por cair nelas. Caiu? Levanta rápido e volta ao caminho. Sempre, quantas vezes forem necessárias, com muita serenidade.

    No mais, tô rezando! Boa sorte!

  • Linda foi o 7 e não 6 mandamento. Você precisa buscar conforto na palavra onde se tu te arrependes de coração é o suficiente levar o 7 mandamento a ferro e fogo e muito difícil nem seu consigo, portanto seja feliz e fale com o senhor em suas orações.

  • Para a Icar é preciso se confessar com padre, mas a bíblia diz que: “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel para nos purificar de toda injustiça” e… “Confessai as vossas culpas uns aos outros pra que sareis”
    Então veja que a bíblia não diz que temos que nos confessar com o padre ou o líder local. Se pecarmos, temos um Sumo Sacerdote Jesus Cristo
    1º João 2:1-2 “Caros filhinhos, estas palavras vos escrevo para que não pequeis. Se, entretanto, alguém pecar, temos um Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo; 2 Ele é a propiciação pelos nossos pecados e não somente por nossas ofensas pessoais, mas pelos pecados de todo o mundo” Vê aqui, se pecarmos queridos, Deus conhece o nosso coração, se ajoelhe no seu quarto e clame ao Senhor, que vai lhe perdoar e acabou! Isto diante de Deus já basta! Agora, pra quem insiste em seguir a tradição da Icar, então que procure lá seu padre só pra desencargo de consciência mesmo….

    Querida, meu conselho contra masturbação, é: Fuja de Internet, fique o mais longe possível, é proporcional, quanto mais tempo se passa na frente de Tv e Internet, mais a gente cai, e quanto mais longe ficamos, mais conseguimos resistir. Mentira não tem lugar com os cristãos, e vc não tem que ficar dando satisfação da sua vida pra intrometidos, manda esses amigos passear, se eles perguntarem, não responda e diga que não interessa sua vida particular, eles pensem o que quiserem pensar, mas vc não precisa mentir.

  • Bom moça, acredito que perder a virgindade com 8 anos é muito precoce. Mas será que rompeu o hímen mesmo ou foi só uma brincadeirinha de criança? Já suas experiencias posteriores relaxa, acho bem normal. A Igreja católica que eu tbm aderi para minha vida, com esse Papa Francisco está revendo seus conceitos que na minha opinião são obsoletos há séculos. Seja uma adolescente, jovem ou mulher que respeita o próximo, sejas humana, fraterna, leal, educada com seus próximos e com toda a sociedade. Privacidade entre 4 paredes e desde que não faça mal para ninguém é válido. Se privar dizendo que ainda é virgem para seus amigos tbm concordo, acho até correto pq infelizmente a sociedade ainda é machista e aproveitadora. Agora se realmente acha que isso tudo que vc já fez e faz é um enorme pecado contra a sua castidade, vai ter que sair dessa de alguma forma ou vc estará sendo hipócrita não com os outros, mas com vc mesma que é ainda pior. Não se martirize e não deixe as leis dos homens ir contra vc. Pra mim é tudo normal, não vejo problema nenhum. Tenho uma filha de 09 anos, logo logo ela estará nessa situação que não quero que ela sofra por imposição de uma religião ou sociedade. Sucesso pra ti e a disposição para futuros comentários!