Já não sei o que fazer da minha vida

Tenho 25 anos, e tenho uma tristeza muito grande no coração…. o texto ficou grande mas pode valer a pena ler, parece que minha vida esta parada no tempo, mas minha infância já se foi a um bom tempo. Nunca tive muitos amigos e sempre fui muito tímido, minha família nunca deu aquele apoio que eu precisava e não culpo mais eles pela vida triste e infeliz que ando levando. Nunca tive um relacionamento sério na minha vida, até pouco tempo atrás nunca consegui dar um bjo em uma mulher, imagina o resto. Porém comecei a me envolver com minha amiga mas ela é noiva a cinco anos, já ficamos varias vezes ela me faz um bem incrível.. mas quando fui transar com ela eu broxei, imagina uma pessoa que já estava com dificuldades na vida e estava fazendo terapia e acontece isso e Bumm meu mundo caiu de vez. Hj mesmo nos pegamos novamente, consigo fazer as preliminares com ela mas na hora H, parece que algo me deixa triste e não consigo mais nd. Antes das coisas esquentarem tenho ereção normal mas quando vai pegar mesmo, acaba. Td que vou fazer da errado mas tudo mesmo. Vou pagar conta o sistema cai, ônibus quebra e por aí vai. Voltando a ela, sei que não irei ficar para sempre com ela, mas temos uma sintonia legal, mas sempre quando fico com ela sinto um sentimento de coisa errada ou de perda e despedida, parece que sempre é a ultima vez. Minha esperança pela vida esta acabando, pequenas coisas que me deixavam com prazer está acabando e o pouco que atrai é destrutivo. fazer pequenas coisas é uma luta interna, parece que estou indo pro matadouro, estou triste, inseguro, depressivo, apático, cansado de acordar todos os dias solitário e mais coisas negativas. O que me deixa mais louco são as pessoas falando que tenho potencial para mil coisas, e como de fato consigo trabalhar bem, mas de resto estou indo de marcha ré.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

5 Comentários

  • Olha, você tem um perfil pessimista e isso não é necessariamente ruim. Mas coloque um pouco mais de perspectiva nessa sua visão da vida. Comece comparando seus problemas com outros relatados aqui mesmo neste site.

    Se ficar com preguiça, aí vai o meu: aos 8 anos perdi meus pais num acidente (a imagem de meu pai morto, todo ensangüentado na estrada, é inesquecível), aos 15 me afastei da família da minha mãe porque eles queriam roubar minha herença (mesmo sendo uma merreca), aos 24 entrei numa instituição religiosa e, por conta disso, minha família se rebelou e ficou sem falar comigo por meses, aos 27 comecei a namorar minha primeira e única namorada, fiz de tudo para ela, mas com um ano ela me traiu várias vezes com o ex-namorado. Mesmo assim eu me casei e agora estou sofrendo para me decidir por separar.

    Sobre o relacionamento com essa moça: ela fala alguma coisa de terminar o noivado? De fato, a coisa de saber que ela, no fundo, não é sua pode estar te prejudicando.

  • Cara, deixa de ser nesta.
    Essa vida é só uma… O que te falta é um pouco de coragem.
    Vai fazer o que te deixa feliz, qualquer cousa que possa te satisfazer… Não espere as coisas caírem do céu. Nada vai melhorar se você se preocupar assim…
    Cria uma banda de rock and roll, vai acampar, larga o emprego, vai fazer uma suruba numa casa de swing… Se solta! Você tem que viver. Se martirizando com pena de si mesmo não vai adiantar em nada.
    Joga tudo pro alto… Você pode conseguir outro emprego.
    Vai viajar, paga uma puta pra te fazer gozar… Arruma uns amigos e sai pra uma balada. Vai escalar montanhas, usar drogas, sei lá. Vive tua vida, erra e aprende.
    O teu medo de errar te consome… Liga o botão do “fod@-$e” e faz! Se der errado, tenta novamente. Só não tem jeito para a morte. Vai tentando, que é errando que se aprende.
    Ah, se arrumar uma namorada, tente comer a irmã dela. Comer a cunhada não tem preço.
    Abraços, tudo de melhor sempre.

  • Procure se encontrar. Pelo pouco que entendo da vida, você deve estar com algum problema psicológico. Não estou te chamando louco/doido. Quer um conselho?: procure ser sempre uma pessoa boa; sorria sempre que puder; faça exercícios; procure só lembrar das coisas boas do passado, seja das notas boas da infância ou seja das brincadeiras de crianças; se aproxime de pessoas positivas e/ou bem sucedidas; pense o quanto boa e bela é a vida. Seja feliz de todas as formas que lhe for possível.

  • Ah, normal cara, relaxa, mas pra mim vc é bebê ainda. Tenho 45 e vivi toda minha vida desse mesmo jeito que vc, me sentindo com tanto potencial, muito inteligente, mas não alcancei nada na vida e ainda sou virgem. Vc é muito novo demais rapaiz, pare de reclamar da vida, tudo isto são coisas da tua cabeça, vá estudar que vc ainda tem muito tempo de conquistar coisas boas pra tua vida. Faça isso agora, pois é bom que tenha conquistado alguma coisa até os 40, se não vc vai ver o que é depressão Kkkkkk. Que esperança tá acabando que nada, vá a luta rapaz, pare de choradeira sem motivo. Procure por Jesus e tenha fé, com fé tudo é possível, por isso sei que eu tb ainda vou vencer e posso ter certeza que tempos melhores ainda virão. Seja mais otimista queridão, talvez por isso fica brochando com 25 anos. Tenha fé que vc tem muito tempo e vai vencer se acreditar.