Não sei mais o que fazer com meu casamento

Vamos lá, não conhecia o site, atualmente estou no Rio de Janeiro mas sou de Curitiba, então estava eu aqui em casa sozinho deitado na cama com início de resfriado, dói o corpo todo em fim. Estava pesquisando onde posso me confessar na cidade pois acredito muito em Deus, porém nunca fui um frequentador de igrejas, eis que encontrei esse site é vou iniciar minha confusão.
Bom me chamo Bruno tenho 30 anos e nesse exato momento estava querendo me confessar e tirar minha vida, vamos lá , minha vida nunca foi fácil, assim como a de muitas pessoas passamos por inúmeros problemas ao longo dos anos, sempre trabalhei desde os meus 11 anos inicialmente carregava frutas e verduras que as pessoas compravam na feira, o dinheiro que eu ganhava era unicamente para fazer a feira da minha família, meu padrasto minha mãe e 2 irmãos, assim fui crescendo e o tempo passando aos 14 anos conheci uma menina que a família dela era muito liberal quando digo liberal todos entendem o que quero dizer, assim fui ficando com ela mas minha mãe nunca aprovou pois a mãe da menina tinha um bordel na cidade, eis que um amigo da família conseguiu um trabalho registrado para ganhar 220 reais na época, em São Paulo, fui trabalhar e morar lá com ele, no mês seguinte minha mãe liga e a menina estava grávida e o rapaz que eu trabalhava falou – ou vc assume a menina ou não trabalha mais pra mim – eu fiquei sem opção, levei ela mas nosso relacionamento nunca deu certo ela me traia eu só pensava em trabalhar estudar e ela só vivia na casa da mãe, eu jogava tênis todo sábado e domingo no parque vila lobos entre idas e voltas resolvemos ficar juntos, morar em Curitiba, até que fluiu legal por alguns anos, em 2007 fui morar na Espanha para mudar nossa vida mas fui pego na crise de 2008 retornei para o Brasil onde iniciei com os trabalhos no ramo que aprendi na Espanha, ai já não existia mais amor apenas estávamos juntos pela convivência, então meti a cara no trabalho com sonho de melhorar a vida deixando assim minha família sozinha, essa mulher tinha seus casos por fora e eu nem ligava pois só pensava no dinheiro e nos supostos amigos que eu pensava que tinha, não queria saber de mulher nem de filhos, ganhei o mundo, mas nunca deixei faltar nada em minha casa graças a Deus e foi assim, ganhando muito dinheiro, gastando muito, carros jantares caríssimos roupas mais caras ainda e vivendo um relacionamento de mentira, em 2012 conheci uma menina bonita e rica em Goiás, muito rica a família dela, pensei poxa me dei bem mas não era bem assim o dinheiro dela não comprou meu coração eu não conseguia enganar ela pois eu já era um homem e não um mulek de rua, deixei ela foi onde a mãe dos meus filhos descobriu e rompemos de uma vez por todas, ainda sim continuamos morando na mesma casa apenas como amigos, encontrei outra mulher que me deixou também quando descobriu que eu não poderia elevar o padrão de vida dela. Seis meses se passaram e eu não queria mais ninguém, apenas ganhar dinheiro e deixar um legado para meus filhos pois até aí já são 3 todos com a primeira mulher. Em agosto de 2014 encontrei a mulher que até hoje penso em ser a mulher dos meus sonhos, trabalha, da opinião, quer ter um futuro bom assim como eu, muitas qualidades que eu não tinha encontrado nas outras, fomos nós, o amor estava muito forte, decidi não viver mais com minha ex mulher e ficar com ela foi onde tudo começou a mudar. A mãe dos meus filhos foi embora mediante pagamento de 100 mil reais, 75 em dinheiro e um carro, até aí era só alegria pois me encontrava com a outra frequentemente era só amor, em dezembro fomos passar a virada na casa da minha nova sogra tudo lindo puro amor tava bem legal eis que dia 4 de janeiro vejo uma conversa dela com um ex no face que eu bebia, fiquei nervoso e quebrei o celular dela e o meu, fiquei muito nervoso, a confiança foi por água abaixo e ela em nenhum momento veio e pediu desculpas pelo ocorrido mesmo assim achei que ainda haveria amor, por eu que, supostamente, estava sendo o enganado aceitei e pronto, mediante muitas brigas e conversas decidimos morar juntos no dia 3 de abril, como eu estava “desempregado ” pensei – Será ótimo assim não vou mais desconfiar dela – então, estamos morando juntos há um mês já brigamos umas 3 vezes ela não parece que gosta de mim, no meu ponto de vista ela não quer casar pois ela não quer dar satisfações não quer compartilhar das poucas horas que nós temos e isso realmente me incomoda, uma simples palavra de carinho trocada por exemplo, chamar um ao outro de amor já seria muito bom, então quando ela fica mais de um dia sem chamar eu de amor eu pergunto e ela responde – Eu não tenho esse habito. O pior é que a amo muito e quero realmente viver a seu lado mas está muito difícil, ou ela quer ser casada ou ser solteira, ela tem que fazer a escolha pra vida dela.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

5 Comentários

  • Se você a ama mas ela não, fica difícil.

  • Se ame primeiro amigo. Depois deixe que as coisas fluem naturalmente. Boa sorte.

  • Vc nasceu p ser corno, nenhuma mulher gosta de vc, simples assim.

  • Opa amigo, mas que casamento? Não dá pra entender. Seu amigo te aconselhou assumir a criança (com $) e não casar com a 1ª moça. É diferente né. Nem dá pra entender se vc chegou a casar com ela ou nunca casou? E agora, me parece que quer casar com essa última, mas ela pelo jeito não te ama? Se for assim, pra ficar forçando a barra, é melhor cair fora logo, a gente só sofre viu.
    E tb namorar com essa gente que não tem Deus é complicado, não dá pra se confiar muito, qd menos se espera, se descobre traições, é mentiras, é quebra de confiança, é muita briguinha, então se estão assim no namoro, é melhor terminar logo, pois se chegar a casar só vai piorar. Mas procure sim por uma igreja evangélica, procure por Jesus, que te conhece e certamente vai te ajudar amigo.

  • Parceiro, medita João 4 do versículo 15 ao 26.
    Abraços!