Pode ser uma depressão, pode ser a falta de alguém

Oi, não vou me identificar mas contar o que to passando, bem eu tenho 14 anos, daqui alguns meses faço 15 e estou na adolescência, ou seja entrando na puberdade, espinhas, gorduras e a vontade de arrumar um namorado, é vocês sabem pra que! Não necessariamente pra transar mas é que, digamos que eu não penso muito como uma pessoa da minha idade, enquanto os outros falam da “novinha” que pego, eu converso sobre livros, capitalismo, governo e coisas do tipo, mas mesmo sendo assim ainda sou humana.
O problema é que eu não sei socializar, sou péssima em fazer amigos e quando faço geralmente são adultos, tenho, acho, um ou dois amigos da minha idade. Mas esse ainda não é o principal, eu sou alta e gordinha, e apesar de falarem pra mim que meu rosto é bonito (eu odeio ouvir isso) eu realmente não acho. Já tentei varias dietas mas depois que começo eu paro e penso, “por que?” eu odeio isso e não vai ter ninguém pra admirar o meu corpo.
Eu sempre penso que se eu arrumasse um namorado eu iria emagrecer rápido, pois eu teria um motivo, namorei uma vez mas foi pela internet, durou 9 meses e eu nunca pensei que iria amar tanto alguém, podem falar que sou criança mas, eu sentia algo muito profundo por ele, e foi eu que terminei, pois tinha medo dele vir me ver, me ver gorda, feia, alta… ele é muito pra mim, merece uma guria bonita e magra.
Eu já não sei mais o que fazer, eu escrevo pra desabafar pois não tenho ninguém, eu choro muito, tento ler pra esquecer um pouco desse mundo porque ele está me deixando louca, nem minha mãe sabe mas já tentei suicídio, já me cortei e tudo mais, só que eu não saio postando nas redes sociais e falando pra todo mundo, tudo que eu vivo eu guardo pra mim e vai chegar uma hora que não vou aguentar, eu só queria uma companhia, um amigo ou uma amiga. É eu sou bissexual, eu beijei uma garota uma vez e foi incrível, mas eu tava bêbada, e sim eu já saia e bebia, com 12 anos eu comecei e agora eu parei, falava pra minha mãe que ia no shopping com as amigas mas eu ia beber num bar de rock da minha cidade, até comecei fumar e isso eu não larguei, é uma coisa que me acalma, o bullying que eu passo também ignoro, com 11 anos um garoto me seguia na saída da escola e me tacava pedra enquanto me chamava de gorda, ele ainda estuda comigo, minha vontade é mata-lo mesmo ele tendo parado com isso, mas eu só conto até 10.
Minha pergunta é: estou pedindo demais ter um amigo, companheiro? alguém que conte até 10 comigo, eu vejo essas meninas tão bonitas e magras da minha idade dando pro primeiro que vê, por que o mundo tá assim? Se eu tivesse o corpo delas eu nunca faria isso, eu seria feliz e com certeza teria um namorado, mas não aqueles de um mês, um namorado de verdade, sei que to jovem mas cada dia que passa penso mais que vou ficar sempre sozinha, pois a mente dos meninos hoje é só peito, corpo e bunda.
Me sinto só, me sinto num vazio, me sinto num mundo perdido, sem ninguém, onde meu maior sonho é morrer.
Tento falar com minha mãe que pode talvez ser minha única amiga, mas eu nem começo e ela já fala que é drama, eu acho que tava precisando muito desse site, talvez ninguém veja isso, eu não sei como funciona aqui mas, eu digo que é muito pra mim, sempre falo que morrerei antes dos 20 anos, nem que eu me mate, porque tenho 14 e já me sinto tão mal, não sei se suporto tanto tempo.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

4 Comentários

  • Olá, não se preocupe. Todos nós passamos por problemas similares, embora a casa exterior não nos deixe mostrar as frustrações do dia a dia. Existem soluções que podem ajudar muito facilmente

  • Bo. Eu to passando por uma coisa bem parecida, tenho 15 anos, tava pensando em a gente conversar, já que vc quer uma amiga, vai ser bom, eu acho, pq sou muito amigável , tem alguma rede social ? Whatsapp?

  • Boa Noite irmã, Eu sei exatamente como você se sente já passei pela mesma coisa que você mas ao contrario sou homem e no meu período de escola tbm era o gordinho da sala que quase todos não gostavam, tbm tinha poucos amigos e nos recreios preferia ficar só na sala ou conversando com alguém mais velho. Eu sempre me apaixonei por meninas mas nunca me declarei me achava feio e tal… e com isso acabei tendo ralação com outro menino parecia que tinha encontrado alguém que me queria, era tudo em segredo eu tinha entre 16 anos na época e ele tbm depois nós afastamos passei não me da valor qualquer rapaz que queria eu me entregava procurei carinho e amor onde não tinha, o pecado tomou conta de mim eu bebia e fumava. Tinha uma vida dupla, em casa rapaz queto e calado nas ruas entregue aos vícios e prazeres da carne. Aos 18 anos na formatura do ensino médio minha vida começou a mudar uma grande amiga minha voltou para nossa cidade, e a chamei para me acompanhar na formatura. Ela é pessoa incrível bonita educada e religiosa, contei toda minha história para ela, e ficou calada me deu um forte abraço e beijo no rosto, senti uma felicidade muito grande, ela é membra da RCC e me convidou a frequentar com ela no primeiro dia tive a maior experiencia de minha vida, nunca fui de frequentar a igreja, mas esse dia ficou marcado na minha vida, ao entrar dentro da igreja senti uma grande forte dor de cabeça meus olhos ardia fortemente minhas pernas bambas mas eu continue firme, senti como uma força quisesse que eu saísse dali o mais rápido possível, nesse dia era um freira que presidia a celebração e ela olhava firme mente para mim parecia que podia ver o que eu tava sentindo, então como se fosse hoje me lembro de suas palavras perfeitamente ela disse: O mal quando encontra uma janela aberta entra e faz do corpo sua morada para desfrutar de sua perversidade e prazeres que sozinho não pode, mas todo aquele que se toma como filho de Deus e de Nossa Senhora não se torna servido de espíritos mal. Pelo sangue derramado de Jesus pela Luz divina do Espirito Santo e o manto sagrado de Maria cubra a todos nesse momento que habitação do mal seja impossível . Nesse momento quase desmaie veio uma vontade enorme de vomitar minha cabeça dia intensamente ai minha amiga segurou minha mão e desmaie acordei assustado ela disse que tinha adormecido mas sei que algo aconteceu, todos me olhavam assustados mas ninguém nada disse nem mesmo a freira, mas uma paz tomou conta do meu coração os vicios do passado me casam nojo bebidas cigarros e homens não me interessam mais. Essa tão amiga não é mais amiga fomos namorados, hoje somos Noivos estou no ultimo ano da faculdade de Engenharia. Ocupei minha vida com a fé,amor,trabalho e estudo. Meus pais nunca souberam do meu passado triste apenas minha noiva e o Padre, e claro algumas pessoas a quem conto minha historia como aqui estou fazendo aqui. Paz e bençãos na sua vida Deus nos abençoe.

  • Calma, menina. Na adolescência as coisas realmente parecem piores do que são. Não estou dizendo que o que você está sentindo não é verdadeiro, mas pensa bem: você é muito nova para achar que precisa dar um fim à sua vida. Já fui adolescente também e me achava o mais feio e esquisito do mundo, mesmo as meninas que estudavam comigo dizendo exatamente o contrário. Também cheguei a pensar que jamais teria uma namorada, mas cada coisa vem a seu tempo. Você disse que já fez coisas erradas, mas não faz mais, e isso é muito bom. Cigarro não vai te trazer nada de bom, a longo prazo só vai prejudicá-la mais ainda, mesmo vc achando que agora está te fazendo bem. Invista nas amizades que você já tem, estude, viva a sua vida um dia após o outro, você verá que essas coisas se resolvem com o tempo.
    Não se incomode por ser gordinha, isso não é demérito pra ninguém. Inclusive tem muita gente que prefere as meninas gordinhas (eu mesmo, por exemplo…kk) Mas se isso te incomoda e você quer realmente emagrecer, lembre-se que dieta não funciona assim de uma hora pra outra. Comece aos poucos, balanceando sua alimentação e fazendo alguns exercícios, e dê tempo ao tempo.
    Tente também conversar com seus pais sobre como vc se sente, sei que pra adolescentes é difícil falar certas coisas com a família, mas são eles que estarão sempre ao seu lado.
    Não sou muito bom em dar conselhos, mas espero que esse meu loooongo texto possa te ajudar de alguma forma.
    Um abraço, e fique com Deus.