Tenho fantasias com minha esposa

Ola pessoal me chamo Felipe, sou casado há cinco anos. Tenho uma bela esposa, morena 1,70m bem linda e gostosa. Na cama nos damos muito bem, fazemos um amor bem gostoso, prazeroso mesmo, pra ambos. Ela é daquele tipo bem safada gosta de ser chamada de puta, safada, gostosa, vadia ela diz que sente muito prazer em ouvir essas palavras eu não nego que adoro também xingar ela. Mas de um tempo pra cá estou com umas taras bem safadas e difíceis de dizer ou conversar com alguém sobre isso, é o seguinte… sempre quando estamos transando ela começa a chupar meu dedo da mão como se fosse um pau mesmo, chupa lambe, eu fico maluco com isso até que comecei a imaginar ela chupando outro pau, ou seja, a gente fazendo um ménage, já me masturbei muitas vezes imaginando eu e outro cara, um desconhecido transando com ela, isso vem me deixando louco de tensão. Uma vez na cama tentei criar coragem e falar pra ela sobre essa minha fantasia mas parei no caminho, perguntei a ela qual era sua fantasia de verdade ela sempre desconversa sobre isso, não quer dizer, só que aconteceu o que eu queria, nessa conversa ela perguntou a minha, então meu coração logo acelerou mas notei que só aquilo já tinha me deixado bem excitado, pois meu membro já estava duro feito pedra, mas não tive coragem de dizer, disse apenas que tinha vontade de fazer sexo com ela e outra pessoa nos observando, ela meio que riu daquilo. Outro dia passei o dia mal, pois devia ter dito a ela esse meu desejo, no fundo talvez eu nem queira realizar isso, mas se ela soubesse se a gente fantasiássemos isso na cama, acho que já seria suficiente pra mim. Será que esse meu desejo, minha fantasia sexual, é pecado?

 

Reportar Sexo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

5 Comentários

  • Já comentei em outro post, que minha esposa gosta de ser desejada por outros homens e ela se deixa ser abordada e xavecada quando acha o cara interessante ( ela assou a agir assim depois que passei a incentivar ela a fazer isso ).
    Ela já trocou msg com alguns caras, mas depois deu fora neles dizendo que jamais teria coragem de trair o marido dela.
    Nosso sexo passou a ser MUITO mais excitante, depois que passamos a curtir essa fantasia, pois sempre fazemos de conta que eu sou um desses caras e que ela está num motel …
    Vc nem imagina o quanto é excitante fazer isso, amigo !!!!!

  • Camarada, voce escrerveu um livro não era mais fácil voce esrever em poucas palavras que tem o desejo de ser mais um cornão. Quando vc escreveu que que tem a fantasia de ver sua esposa chupando pau de outro cara é somente ela chupando ou você chupando também?

  • Caro Felipe,

    Não se deixe influenciar pelo comentário do nosso amigo Vernus.

    Leia as confissões “Gosto de Exibir Minhas Companheiras I, II e III” aqui no Confessar.com e você aprender mais sobre os fetiches. O link (se funcionar) está a seguir.

    http://www.confessar.com.br/2015/04/24/gosto-de-exibir-a-esposa-namorada/

  • Você não tem uma fantasia mas necessidade de ser corno e isso não é um pecado. Pecado é não satisfazer as esposas ou companheiras. Você apenas sofre de cornice
    Cornice ( definição no Michaelis ): mau que afeta os homens que não sabem trepar por isso pedem ajuda de outros homens para satisfazer suas esposas ou companheiras.
    Libere sua esposa e seja um cono feliz

  • Prezado Anônimo,

    Saiba que sua fantasia e seus desejos nada têm de pecado ou anormal.

    Isso acontece com mais frequência do que você imagina e muitos de seus colegas e amigos tem o mesmo tipo de fantasia e desejo.

    Falo isso por experiência própria e com base em muito do já li e vi nessa vida. Eu também sinto esse desejo mas, ao contrário de você, eu tive coragem suficiente para avançar no diálogo com minha esposa. Você não faz ideia de como nos alivia e alegra quando abrimos o jogo e revelamos sem rodeios os nossos sonhos, fantasias e taras.

    Minha esposa foi e é de mente aberta e embora sua formação religiosa seja bem arraigada, ela nunca deixou de entender o meu lado e participa intensamente. O resultado é que as fantasias acabam não sendo exclusivamente minha ou dela e sim de nós dois.

    Certa vez encontramos – numa reunião de parentes e amigos – uma pessoa com quem ela tinha uma história curta, mas intensa. Quando chegamos para o fim de semana e ela descobriu que a tal pessoa (um senhor de cabelos grisalhos) participaria da comemoração, ela ficou tensa e bastante preocupada. Notando o estado de nervosismo dela, perguntei e pedi que ela fosse sincera e direta para me contar a razão de seu estado de nervos. Ela então tomou coragem e me contou que numa em que estava numa mesma casa com aquele senhor, eles tomaram um vinho depois do outro e ela acabou fazendo sexo oral nele.

    Isso aconteceu antes de nos casarmos e ela ainda sentia vergonha e disse que se eu quisesse ir embora ela não reclamaria. Expliquei a ela que o que ela fez foi absolutamente normal e eu não me importava. Fui mais além, disse a ela que não se sentisse mal diante daquele senhor e que não fizesse qualquer esforço para esconder dele que eu sabia do sexo oral que ela fez nele.

    Durante todo o fim de semana conversamos normalmente com aquela pessoa. Á noite eu pedia que ela me contasse como foi a “chupada” e se ela havia permitido que ele gozasse em sua boca. Ele resolveu não dizer esse detalhe e pediu que eu tivesse paciência pois uma dia iria me contar.

    Então amigo Anônimo, não tenha receio. Na próxima oportunidade se abra e diga claramente o que você sente. Sua companheira vai entender e te apoiar.

    Abraço
    CG