Um fracasso como adulto

Fui muito pobre na infância e adolescência, era alvo de chacotas de amigos por roupas e aparência, quase não namorei (até hoje três namoros, todos curtíssimos e sempre com elas tomando a iniciativa). Tive problemas com familiares e amigos traíras, gente que fez muito mal a mim e meus pais. Cresci com a sensação de sermos “nós por nós mesmos” e por isso tudo me afastei do mundo, por vontade própria.

Hoje tenho 38 anos e minha vida é totalmente fora dos padrões. Trabalho sem horário ou compromisso (tenho um negócio de vendas online que passa longe de ser muito rentável, mas paga as contas), não tenho laços de amizade importantes desde o início dos anos 2000, não namoro há mais de 8 anos. Estou sempre fazendo vários planos, mas quase nunca os concretizo. Sei que a maioria das pessoas me acha antipático e seco, mas de coração, não sou assim, pelo menos para as poucas (ou quase nenhuma) que conseguem minha confiança.

Meus pais têm mais de 70 anos (moram comigo, ou eu com eles?) e preocupam-se muito, pois nunca me estabeleci em relação alguma e honestamente, não vejo mudança no horizonte. Sinto-me mal por não ter lhes dado a felicidade de serem avós, mas também não me sinto interessante para uma relação estável, minha vida é complicada para dividir com alguém, então estou sempre “fugindo” de relacionamentos. Qual mulher com mais de 25 anos quer um cara sem carteira assinada, que não é rico e mora com os pais, supostamente sem ambições na vida, que não oferece segurança nem a si mesmo?

A última pessoa por quem tive interesse me deu uma desculpa típica (“você é um amigo, bonzinho, etc”); a penúltima me dava vários foras, mas depois colocava fogo, como se estivesse me fazendo de palhaço. Fico mal a cada rejeição, mas depois me sinto mais calejado e ao mesmo tempo fechado, cada vez tenho menos disposição de procurar alguém que se adapte a minha rotina, minha personalidade, já me conformei com a possibilidade de morrer solteiro e sem filhos. Só levo a vida com honestidade, deixando acontecer.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

3 Comentários

  • Cara, eu estou em situaçao parecisa,
    Porem no meu caso ainda tenho problemas de saude.

    Nao sei se te conforta, mas ter saude no final das contas é o melhor.

  • Se você é um fracasso como adulto, é porque ainda não cresceu!
    Você anda muito fechado! como disse “L” (não sei porque tanto medo de se identificar!)
    Faça algo, um curso, uma faculdade, frequente algum parque e tem lugares onde não se paga nada (além da condução) São nesses lugares que vai encontrar pessoas que as conhecendo e as deixando te conhecer coisas aconteçam.
    Ou se feche e se lamente a vida toda, ente numa igreja e lá morre!

  • Oii,me parece que vc está arrependido de viver assim … Bom ,vou dá um exemplo da minha vida ,eu engordei um pouco esse ano e fiquei totalmente desmotivada pq sempre tive um corpo legal ,de 55 fui p 62 ,sou mulher e isso máchucava muito e nao tinha motivação para correr ,perder quilos mas sempre reclamava do meu peso . Foi aí que decidi mudar isso ,já perdi alguns quilos e pretendo perder mais… É totalmente digerente da sua situação mas isso partiu de uma decisão minha ,se eu ficasse só reclamando eu nao teria perdido os quilos … Então ,a vida sempre tá de dando chances … corra atrás disso ,mais uma dia ? Mais uma chance ! Não tá satisfeito ? Vai fazer um curso ,uma faculdade q te interessa … abrir um negócio p você ,e sobre mulher ,saia ,conheça pessoas,tenha iniciativa que vc vai conhecer mais pessoas e não tenha medo de confiar … arrisca !