Acho que sou gay

Bom, é tanta coisa que guardo dentro de mim que o jeito foi vim nesse site pra desabafar tudo vez. Então, eu sempre vivo numa montanha-russa emocional. As vezes me sinto um garoto alegre, social e que tá tudo as mil maravilhosas. Em outros casos (quase sempre) me sinto um lixo, excluído, indiferente. Cansei de ser assim. Eu sei que sou uma pessoa legal, mas sou expert quando se trata em afastar as pessoas e mostrar sempre meu negativo. Pra piorar, estou naquela fase da vida em que tô começando a me descobrir e me pego apaixonado por um garoto da minha turma. É, acho que sou gay. Já tive atração por uma amiga, mas foi um lance passageiro. Desde então eu passei a sentir atração por homens. No começo do ano eu conheci uma pessoa uma pessoa maravilhosa que prefiro não citar nomes. Pois então, o ano letivo começou e nesse dia eu tinha me atrasado e ido as pressas pro colégio, entrando na sala eu me deparei com um garoto de pele e olhos claros e de cabelo engessado. Ele olhou fixo nos meus olhos por uns segundos, pediu desculpa e entrou. A partir dali eu não consigo tira-lo da minha cabeça, sempre dou um jeito de ficar olhando pra ele na aula, criando situações na minha cabeça que nunca vão acontecer e isso está me matando por dentro. Inclusive, o fato dele ser hétero me parte por inteiro. Entro nas redes sociais e ao ver suas fotos com a tal namorada fico depressivo, chorando e vendo um seriado qualquer na TV pra tentar esquecer, mas não dá.
Só queria uma vez na vida me sentir amado por alguém além dos meus pais. Minha aparência não é lá essas coisas, minha autoestima é baixíssima e não importa onde esteja sempre vou está lá, me sentindo uma merda. Pode ser coisa da minha cabeça, mas sinto que as pessoas falam comigo por pena. Os olhares estranhos em minha direção me atormentam, já cheguei a ficar horas no banheiro da escola chorando. Quero sumir!!! Além de estar perdidamente apaixonado por uma pessoa que nunca vou poder ter, tenho uma vida completamente complicada. Enfim.. qualquer opinião aqui é bem-vinda.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

8 Comentários

  • Cara, não há problema algum em você, tu és bi cha. No restante é normal dias bons e ruins pra todos. Amor impossível todos tem, eu por exemplo, queria muito a Aricia Silva do programa pânico. Mas nunca vou passar nem perto dela, por isso que eu te falo, não liga, daqui à pouco tu esquece ele. Saia de casa e procure outros macho pra te fo derem com força! Um abraço!

  • Aleksandro Miritituba-Pará

    Anônimo…Que pena que você mora tão longe! EU PODERIA FAZER VOCÊ SENTIR PRAZER PELA VIDA!!!!! SABIA?
    Você diz que se sente um lixo, indiferente… Eu não acho! Sabe porquê? A maioria dos gays tem uma bela aparência, um belo corte de cabelo etc.
    Eu vou ser bem sincero, eu amo travestis, mas pra te ver feliz daria ”uns pegas em você”!!!! Acho que dessa forma você se sentiria mais feliz. Não é?

  • Viva a sua vida e seja feliz. Não há nada de errado com sua sexualidade. E tudo vai melhorando. Decepções e paixoes platonicas todos tem, gays, heteros, etc. Um dia vc vai ter um namorado lindo que vai te fazer sorrir sem nem perceber! Minha história foi assim. Se quiser te conto. Coloco meu email à disposição.

  • Procure um psiquiatra ou psicologo você esta sofrendo de um desvio de comportamento e isso tem tramento. De muito valor pelo que tem entre as pernas

  • o cara fala serio ser gay tu não honra o que tu carrega ai no meio das pernas a vai se ferra cai na farra encha o carro de mulher e tira estes pensamentos sutis da sua cabeça hora deixar de meter para poder levar sai fora mano

  • Moço!! Me encontro na mesma situação que você, a diferença é que sou menina! Conheci uma garota da escola que me fez tirar os pés do chão, mas eu sempre achei que ela fosse hétero também. Fico criando muitas expectativas pra tudo dar certo, entre eu e ela , mas sei que não vai rolar. Pra parar de pensar nessa menina, acabei namorando um menino, aconteceu que mesmo eu ficando com esse cara ela não me saia da cabeça! Os momentos foram bons, devo admitir, mas ai que tá! Me descobri bissexual. Minha vida é bem complicada também, sou igual você, às vezes tô feliz e na outra hora tô brava, triste. Mas e ai, ser gay não é problema nenhum, eu sei q é difícil gostar de uma pessoa que não repara nas suas intenções, mas você ainda tem 17 anos, tem uma vida pela frente, uma hora tudo passa e tenho certeza q você ainda vai achar o seu parceiro ideal. :)

  • Rapaz, procure mais por Jesus. É um grave erro desconsiderar as coisas espirituais e viver longe de Deus. Podem vir alguns aqui dizer que isso não tem nada demais… Mas é tudo mentira do diabo, vc só está dando esse depoimento, pois vivemos nessa época, onde o que era errado passou a ser considerado certo, e o certo errado. O inferno está cada vez mais “virando a cabeça” das pessoas principalmente nessa idade sua, olha o que tem de garotas “se descobrindo” lésbicas e homens gays, está assustador. O inferno está conseguindo seus objetivos e vc é apenas mais um seduzido pelo sistema de satanáz, por isso tanto sofrimento seu. Se vc for em frente com isso, em breve o diabo fará aparecer situações pra vc se entregar ao sexo homossexual nojento e será muito mais difícil de parar. No fim, o diabo só quer lançar todos no inferno (pois é o que a bíblia diz, e ela não mente).
    Deus não criou 2 homens, mas criou a mulher para o homem, o diabo querendo zombar de Deus, começa agindo nas famílias sem Deus, começa desde crianças com situações que induzem a essa perversão e agora nessa fase, é só terminar o serviço imundo dele… Não consigo nem imaginar esse ato repugnante, trocar o corpo lindo e maravilhoso e delicioso de uma mulher pra ficar se esfregando em outro macho… Ekkkaaaaaaa, Neverrr, dá pra se ver o quão diabólico isso é, a ponto de chegar nesse ponto. Procure uma igreja evangélica onde se sinta bem, Deus pode e vai te libertar dessa perversão. A estrada que desemboca no inferno é muito larga e milhões estão nela. É preciso fugir hoje depressa, meu jovem.