Sem motivos pra eu me sentir triste, mas…

Ficar triste uma vez ou outra é normal…mas sempre não. Tenho 18 anos, terminei o ensino médio, tirei esse ano só pra estudar pra tentar passar no vestibular, mas não tenho conseguido estudar. Não sou de uma família muito bem estruturada economicamente, mas vivo confortavelmente, tenho uma mãe maravilhosa, irmãos inteligentes e legais, embora minha infância tenha sido turbulenta devido a problemas familiares, por meu pai ser usuário de drogas, de eu ter sido uma criança esteticamente feia, ver minha mãe sofrer, enfim… hoje as coisas se ajeitaram mais, minha mãe se separou, todos os meus irmãos estão fazendo faculdade. Minha mãe sempre foi uma mãe amorosa, batalhou muito pra nos dar o melhor. Moro com a minha mãe e minha tia, hoje estou esteticamente mais “bonita”, pelo menos é o que as pessoas dizem. Reconheço que não há motivos pra eu me sentir triste, mas é assim que eu me sinto, e o pior, sempre, me sinto triste, vazia, incapaz, inútil, insuficiente e me sinto pior ainda por me sentir assim já que não há motivos aparentes. Já não sinto vontade de nada, nem de levantar, sair, ler, escutar musica, conversar, passo semanas sem sair de casa, me tranco no quarto, digo que estou estudando, mas não é a verdade. Na fase dos 14 aos 16 eu sempre fui a palhaça da turma, que fazia as pessoas rirem, mas sempre foi uma forma apenas de fazer com que as pessoas gostassem de mim, mas sozinha, em casa, deitava e chorava, desabava, mesmo sem nada ter acontecido. Na fase dos 16 ao 18 mudei um pouco, deixei de ser a palhaça da turma e me afastei de tudo e de todos, sempre fui tímida e nessa época essa situação apenas se intensificou, eu faltava muita aula, não tinha amigos nem colegas, pra mim o simples fato de ter que fazer uma atividade em dupla ou em grupo já era algo assustador, ouvir o meu nome ou ver alguém falar comigo era aterrorizante, só de ver as pessoas olhando pra mim meu coração acelerava. Passei 1 ano fazendo um curso e durante esse 1 ano, falei no máximo umas 6 palavras, isso quando me perguntavam algo, minha voz sumia, saia tão baixa que era quase imperceptível, sai do curso, era to torturante ficar naquela sala imaginando se as pessoas estariam olhando pra mim, o que elas estariam pensando de mim, se eu era motivo de piadas, nunca me levantei para ir ao banheiro ou beber agua, era a primeira a chegar e a ultima a sair, desisti do curso. Tentei me socializar, voltar as velhas amizades, mas já não dava mais. Os garotos chegavam em mim e eu nunca conseguia esboçar nenhuma reação, alguns conseguiam meu numero, me mandavam mensagem e por mais que eu estivesse interessada nunca consegui “deixar rolar”, me mostrava agressiva, construía um muro entre mim e eles, para eu não me mostrar vulnerável. Hoje vejo que eu poderia ter feito muitas coisas diferentes, mas a minha incapacidade não deixa, eu acordo me sentindo triste e vou dormir me sentindo ainda pior, tento imaginar a minha vida daqui 5, 10 anos e não consigo ver nada além de uma pessoa triste, não vejo sentido em viver assim apenas por existir. Sou egoísta, não gosto de ver as pessoas felizes (exceto minha mãe e meus irmãos), sou neurótica, sou infeliz, incapaz de ser amada, me sinto extremamente vazia, e não é fome. Já tentei de varias formas tentar me sentir bem, mas até nos momentos bons da vida, eu me sinto angustiada. Sinto a necessidade de ser alguém, de crescer, de ser amada, mas sou incapaz de fazer por merecer, simplesmente pq sinto vontade de ser tudo mas já não tenho mais vontade de nada, nem de respirar, nem de me movimentar, não vejo felicidade em nada. Absolutamente em nada. Não consigo entender o pq as pessoas são felizes. Sinto vontade de me matar, pq eu já estou morta internamente, mas sei que minha mãe sofreria e prefiro ser um nada, uma inútil, uma pessoa morta em vida do que fazer minha mãe sofrer desse modo e se culpar o resto da vida. Não culpo ninguém. Ninguém é responsável, por isso não conto pra ninguém. Estou cheia de me sentir vazia. Talvez tudo o que foi escrito aqui tenha ficado sem nexo, mas é exatamente assim que é a minha vida, sem sentido nenhum. Bye bye

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

4 Comentários

  • Nossa que sorte encontrar este post você retratou a minha vida, a única diferença é que eu sou homem, tbm Tenho 18 anos e estou fazendo curso pré vestibular.
    Enfim a causa de eu estar assim eu descobri desde dos meus 16 anos quando eu decidi me isolar dos meus amigos, eu sou sozinho e vou continuar assim até que eu fique satisfeito com o meu corpo. Eu sei que você deve estar pensando… Por que ainda não melhorou nestes 2 anos? Acontece que fui obrigado pelos meus pais a terminaro meu curso, eu era tão sozinho que consegui repetir de semestre tudo porque não tinha amigos para fazer o trabalho junto ou me avisar sobre uma atividade para entregar, eu tive que fazer e apresentar meu TCC sozinho! Acredita? Enfim agora que eu estava 1 mês e meio malhando pra ganhar peso (tinha ganho 5kg e estava super feliz pois daqui uns meses eu já poderia sair de casa e fazer coisas que a maioria das pessoas fazem, ah só para constar eu sou muito magro e não sou alto tbm tenho 1,68) vem uma gripe muito estranha que não se curou nem com os remédios do médico e um dos sintomas é a FALTA DE APETITE, resultado? Já perdi 2kg e falto direto na academia pois estou indo em consultas ou então não adianta malhar se estou comendo pouco ne?
    No curso tem um garoto de 21 anos que fala comigo ( inclusive foi ele quem puxou assunto comigo ), ele é aparentemente normal mas nunca pediu meu whatsapp nem face o que me leva a crer que ele não tem uma conta (igual a mim kkkkk) e portanto não deve ter muitos amigos.
    Sobre relacionamentos você tem muito mais sorte do que eu, você tem garotos que dão em cima de você, já para mim isso não acontece, para te falar a verdade tem uma garota na sala que gostou de mim, acredito que ela gostou da minha voz de locutor que parafraseando minha mãe “faz as mulheres gozarem kkk”, ela vivia me dando sinais de interesse que estava afim de mim (me encara por uns 5 seg, ela encostava o corpo dela no meu de propósito, agente percebi isso ne não tem como) porém não tinha como pois denovo não tenho amigos darrrr, mais eu finalmente consegui falar alguma coisa (perguntei se ela ia sentar do pra quebrar o gelo) daí ela não parava de escrever no celular (acredito que ela estava pedindo ajuda pras smigas pra puxar papo) daí ela começou a se esfregar em mim fingindo que tinha um bicho no banco e então como eu não sou nenhum inútil perguntei se era uma aranha e aí ela respondeu que era um bichinho, então agente não conversou mais, porém ela ficou me imitando s minha tosse (eu já estava doente nesse dia) ficou difícil de puxar papo mas quando ela pediu pra descer e eu fingi que não ouvi e perguntei e então ela deu uma prolongada na resposta. Mas aí veio a pancada, no outro dia ela nem sequer demonstrou interesse, eu fiquei do lado dela e achei que ela pelo menos ia olhar pra mim mas nem isso ela fez, eu olhava para ela e ela virava o rosto, daí nem tive coragem de falar nada ne. Acredito que ela me reprovou no shit test da conversa por achar que eu não tenho assunto o que não é verdade, eu vi o Facebook dela e ela só tira foto dela em casa e fica meses sem postar depois da foto. Enfim essa é minha vida, estou agora na minha casa confortável e cheirosa mas não posso sair de casa que já entro em depressão por ser um branquelo magro com cara de mongo, me sinto um prisioneiro de luxo.

    Enfim espero muito que você responda e derrepente me diga por que ela fez isso, eu não acredito que ela estava me zuando, apenas acho que ela é muito seletiva, pois ela é bonita e mesmo assim não tem namorado

  • Foi a primeira vez que me identifiquei tanto com uma história, com o que uma pessoa sentia. Fiquei me imaginando se com 18 anos vou ser assim já que agora que tenho 16 e tenho as mesmas histórias, os mesmos sentimentos, os mesmos medos de quando você tinha 16.
    Fiquei triste por ver que mesmo você tentando não conseguiu sair disso, imagine eu que já desisti.
    Para algumas pessoas é fácil falar “fica bem, sua família te ama”, elas não vão sentir o que você está sentindo, não vão viver o que você está vivendo, não vão pensar a mesma coisa que você. E por mais que saibamos que a vida é perfeita, que nossos pais nos amam, que temos um futuro pela frente é difícil se levantar e não desistir.
    Espero que daqui 5 ou 10 anos você esteja bem porque aí vou saber que ainda tenho chances de realmente viver.

  • Querida, saiba que você é especial, não só para tua família, mas principalmente para Deus, busque a sua felicidade independente das pessoas ao teu redor..

    O que não te desafia não te faz.crescer.

  • Ow, querida, fica assim não, mas parece que além de tudo, é um tanto egocentriquinha, leia seu texto e perceba do começo ao fim, é tudo Eu, Eu, Sou, Sou, Estou, Eu, Eu, Eu…como se tudo Tivesse que girar ao seu redor (e não tem, né), continue tentando… Além de tudo vc é muito nova. Eu também devo ser pior que vc, só que tenho 46 anos, no recreio eu ficava sentado sozinho na sala, não tinha coragem nem de me levantar, enquanto todos iam se divertir. Também nunca tive sequer uma namorada e nem sei o sabor de um beijo e sou virgem Ainda.
    Mas, apesar de tudo, não culpo ninguém, o erro está em nós mesmo. Como já disse: Continue tentando, vc é muito nova, sua história vai mudar, logo aparece um namoradinho, não vale a pena a gente se fechar assim, vc só vai sofrer a vida toda como eu sofro. Quer ver, nas eleições eu estava na escola num dia de chuva, olhando as pessoas entrando e saindo, quanta vontade de chorar, que amargura, a gente perceber que o tempo passou e não alcancei nada, sozinho…Mas vc pode mudar isso hoje na sua vida! Apesar de tudo, não me faço de coitadinho não, vamos a luta, ainda tenho muita Fé em Deus e sei das minhas capacidades, e sim, espero ainda encontrar um grande amor e uma esposa. Jamais pedi a morte, mas nem sequer por 1seg. pelo contrário, sempre peço a Deus que me dê vida, pois Ele vai mudar essa história. Vc é muito nova, força querida, estude bastante e bola pra frente, isso vai mudar, com certeza. :)