Triste e desanimada com a vida

Bom….. Me casei aos 16 anos, 1991. Sempre me senti inferior a outras pessoas, na época não podia fazer praticamente nada, tudo era proibido ou não era papel de mulher casada, assim dizia meu esposo, ele não aceitava que eu trabalhasse, enfim…. Eu era muito tímida. Tudo em minha vida foi muito sofrido, enfrentei as brigas e voltei a estudar, consegui me formar em Gestão Sanitária e Ambiental, conclui tbem uma Pós graduação em Gestão de Pessoas. Continuo casada, hoje ele é um outro homem, porém passei minha vida lutando e consegui ter minha família, com filhos educados e comprometidos. No entanto nunca me senti feliz comigo, sempre tive sonho de ter uma profissão, envio currículo mas nunca consegui nada. Sou uma pessoa hoje triste, desanimada, porém ninguém percebe. Tenho pensado muito em morrer… Me sinto cansada. Sofri muito com agressões verbais e até mesmo física. Mas isso no passado achei que havia superado.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

3 Comentários

  • O que te falta é apenas focar em um objetivo e seguir, vc é guerreira e superou muitas coisas na vida e essas lembranças ruins são apenas lembranças e vc deve colocá-las no devido lugar. Escolheu a profissão então vai a luta e vai sentir-se muito bem vencendo novos desafios.

  • não fique assim. Na vida temos o lado dourado e o lado sombrio….não é verdadeiro se olhar só pra um deles…foque no seu conhecimento, nos seus estudos e tenha fé em Deus. Procure trabalhos pequenos, de preferência na sua área. Há momentos ruins na vida. Mas são momentos e vão passar. Foque em algo construtivo e bom, e no mais confie no tempo e nas oportunidades de Deus. O mercado de trabalho também anda bem fechado, tente outros canais de emprego, conhecidos, se apresentar ao chefe do local ao invés de só mandar currículo, prestar serviço online, etc. desculpe, não conheço sua área, posso estar falando besteira. peça para acompanhar um colega ou professor que trabalhe, para estar no dia a dia e conhecer pessoas. Seu marido pensa assim pela criação que teve, tente mostrar que respeita suas opiniões, seus recatos mas precisa fazer algumas coisas por si. não rompa com tudo por considerar a posição dele autoritária, isso não funciona. Já é ótimo que com o tempo voce tenha conseguido concluir seus cursos. meus parabens! vc foi eficiente e seu marido não foi tão tacanho assim.

  • Que nada, sua vida é boa demais! Tá com saúde! No ano que vc nasceu eu já tinha 5 anos, e sempre fui tímido, tanto que atrapalhou toda minha vida e até hoje nunca sequer namorei ninguém. Vc não percebe que teve a alegria de um casamento, teve filhos (muitas não têm), já fez muito sexo (eu sou virgem ainda), fez faculdade e até pós (eu não consegui, e nem tentei). Se sofreu agressões, veja que não foi da noite para o dia, faltou diálogo no casamento, e vc teve a oportunidade de denunciar desde o início, fez isso mesmo, certo? Seu futuro já está garantido, e na sua velhice, terá filhos pra te amparar, já eu não tenho ninguém. Não tenho nada na vida e minha esperança é conseguir um emprego na construção civil como pedreiro, mas não vou ficar chorando, vamos a luta, pretendo estudar ainda, prestar concurso (sei que tenho capacidade) e não perco a fé e a esperança de ainda achar uma esposa na vida. Que morrer o quê, jamais, quero viver muito ainda, tenho certeza que vou viver uma nova história muito mais feliz. Tudo é uma questão de Fé, se eu vou conseguir, muito mais vc também, tenha mais Fé em Jesus e em vc mesma :)