Revelar ou não que já fiquei com o amigo do meu namorado

Estou com uma dúvida cruel. Há 5 anos namorei um rapaz, terminei, e depois fiquei com um amigo dele. Passou 4 anos e eu me reencontrei com o rapaz que namorei, falamos de quando namoramos e comentei que aquele amigo dele dava em cima de mim descaradamente e ele nunca percebeu – falei apenas isso não contei que ficamos. Hoje estamos com 8 meses de namoro estou imensamente feliz com ele. Mas isso me corrói não sei se devo contar a ele que fiquei com esse amigo há anos atrás depois que terminei com ele ou esquecer essa história.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

6 Comentários

  • Não contaria se fosse você, pois mais cedo ou mais tarde, ou eternamente ele jogará na tua cara isso, acredito q esse amigo dele é um grande amigo e homens diferentemente de mulheres preservam a amizade. Não conte, e faça melhor fique novamente com os dois.. você vai gostar! kkkk

  • Um amigo mais velho me disse uma vez que o diálogo e a sinceridade são as bases para um relacionamento feliz. Nunca me esqueci disso. Se isso é tão importante pra você, te incomoda tanto, então converse com ele e seja sincera. E peça o mesmo pra ele.

  • A relevância de se comentar algo dessa natureza depende da personalidade do seu namorado (ele é ciumento?) e do tipo de relacionamento que vocês mantém (alguns casais consideram bastante normal guardar segredos internos quando eles não afetam diretamente o relacionamento – nesse caso, convenhamos, não houve infidelidade). Em particular, se houve algum momento em que vocês conversaram sobre o passado romântico ou sexual de ambos e você omitiu esse fato, você errou e ele pode ficar chateado se um dia descobrir. Enfim, se houve algum erro da sua parte, foi não ter contado logo, porque não tem nada de mais: vocês não estavam namorando, você estava livre e desimpedida. O problema não é você ter ficado com ele, mas *talvez* ter escondido isso.
    Não vejo necessidade de trazer o assunto à tona agora.

  • Se fosse minha namorada eu gostaria que contasse sim. Ate pq se vc confia nele e sente a necessidade de contar é pq sabe que isso faz diferenca. Se ele vai gostar ou nao.. ai é complicado mas acho que ele tem o direito de saber.

    E nao entendi direito, mas caso esse amigo dele daca em cima de vc qnd vc e o seu namorado estavam juntos, seu namoro tem que ficar clnsciente que de amigo esse cara nao tem nada e que ele pode passar a perna no seu namo algum dia. Ele n pode confiar nele.

    Eu contaria tudo que achasse relevante pra minha namorada. Eu fiz isso. E acabei justamente pq n foi reciproco. Bem parecido com sua historia, ela contou sobre um colega meu ter dado em cima dela antes de a gente se conhecer, e depois descobri que teve algo a mais (sendo que eu ja tinha perguntado diretamente pra ela se teve e ela tinha negado).
    Eu nao consigo aceitar a mentira. Eu nunca mais confiaria nela sabendo que quando ela precisasse ia mentir pra mim e esconder algo que eu so descobriria por conta propria.
    Eu sempre deixei claro o quao era sincero e que nunca me escondesse nada msm achando que eu n ia gostar.

    Enfim eu penso assim. Sei que 99% das pessoas n pensam como eu. Mas n vejo sentido em um relacionamento serio com mentiras ou escondendo as coisas do parceiro. Qurro alguem pra dar valor incondicional e confiar. Se for so pra trocat carinho prefiro n ter nada serio.

  • Penso se não houver questionamento pra que tocar no passado. Na verdade Vc nem deveria ter dito pra ele que o cara dava em cima se Vc. Atitude de mulher infantil. Semeando discórdia entre pessoas conhecidas. Nossas coisas muito grave pode acontecer quando faz esse tipo de comentário. Presta atenção. Aprenda a mulher sendo sábia vai longe. Mais a que trás descordia não.

  • Não vejo nenhuma necessidade de falar. Voce já disse que o cara dava em cima de voce e pronto, se o seu namorado não perguntou mais detalhes é porque não quis saber. Não houve traição, então está tudo bem.

    Esquece essa história.