Meu marido polígamo

Senhores,
Comecei um relacionamento em 2006 só que meu namorado convivia com uma pessoa, a mãe dos filhos, não são casados, ele sempre me dizia que não gostava dela, que só tava pelos meninos mas ele nunca se separou, em 2008 ele comprou um apt para nós morarmos, sai da casa de minha família e fui, nisso ele sempre ficou lá e cá um amor roxo sempre juntos réveillon, aniversários dele, em 2009 falou em casamento comigo mas não aconteceu, em 2011 ela (a mãe dos filhos) ficou grávida novamente, teve uma menina, isso não mudou nada em nossas vidas, dps ele arranjou mais uma que também ficou gravida dele e quando ele arranjou essa eu sofri muito, muito mesmo, pois aí descobrir que realmente o amava, brigávamos, nossa vida se transformou em 2013 ele olhou para mim e disse que estava fazendo 40 anos, que ia mudar a vida dele, não queria mais nada disso, que me amava e me pediu em casamento, casamos em off line, poucas pessoas sabem, hj eu sou a esposa oficial dele e planejamos nosso filho, então casei dps engravidei foi tudo lindo ele acompanhou o parto, ele ama meu filho mas ele continua lá e cá. Definitivamente ele largou a periguete, que até já tá casada com outro. Mas agora a mãe dos filhos dele entrou na igreja e está querendo obrigar ele a casar, então isso tá me atormentando, o que está certo, eu ou ela? Sei que não tô errada pois tudo só acontece com a permissão de Deus e ele permitiu nosso casamento, me ajudem.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

7 Comentários

  • como chama alguem de periguete se vc ficou c/ homem comprometido? ele nao ficava la por causa dos filhos nada, se ele te quisesse mesmo terminava e vc foi atras de homem comprometido com tanto solteiro por aí, vcs dois precisam se tratar, um cara indeciso e sem c***oes para assumir um negocio direito e uma mulher q se envolve com um homem desse, q tristeza.

  • minha amiga, sinto lhe informar, mas isso não foi uma confissão, como ousa chamar uma moça de ”periguete” ela simplesmente pode ter sido enganada por esse homem, que é um pecador mesmo! Tudo bem que a bíblia apoia a poligamia, mas lembre-se de que a bíblia foi escrita há séculos atrás, os tempos são outros. Isso de que ele não ”gostava” da mãe dos filhos dele, é conversa de homem, infelizmente vc caiu. Peça perdão a Deus por praticamente ter destruido uma família, da mesma forma que vc sofreu quando ele encontrou ”outra”, imagina o quanto a mãe dos primeiros filhos dele ficou? uma mulher abandonada, com 2 filhos para criar. Que Deus te perdoe

  • A poligamia é apoiada pela Bíblia, portanto, seu marido não pode ser condenado pelas leis de Deus, veja só, o primeiro exemplo de poligamia / bigamia na Bíblia foi Lameque em Gênesis 4:19: “E tomou Lameque para si duas mulheres…” Vários homens importantes na Bíblia eram polígamos. Abraão, Jacó, Davi, Salomão e outros tinham várias mulheres. Em 2 Samuel 12:8, Deus, falando através do profeta Natã, disse que se as esposas e concubinas de Davi não fossem suficientes, Ele teria providenciado ainda mais para Davi. Salomão tinha 700 esposas e 300 concubinas (esposas de um status inferior) de acordo com 1 Reis 11:3.

    Então, se voce for religiosa, não há nada demais.

    Mas se não for, sai desse relacionamento porque não tem como isso dar certo.

  • Eu confesso que te achei a mais idiota das mulheres! Pior de tudo, ainda acredita que o putão largou a piriguete kkkkkk

  • Veja bem,
    Vc casou-se com uma pessoa cheia de casos. Se vcs casaram-se na igreja católica ele não vai poder casar mais na igreja católica salvo cancelamento legal na religião. Agora se ele Ta dizendo que há essa possibilidade ele ainda Ta com as duas. Se Vc aceitava isso provavelmente ele não vai largar as duas agora. Penso que Vc sempre soube. Então não entendo esse seu sofrimento porque parece que ele nunca foi seu marido somente. Sempre existiua outra. E Vc casou sabendo disso.

  • Tudo acontece com a permissão de Deus, SE… as pessoas fizerem sua parte e tiverem juízo. Esse é o resultado, o fim do caminho é esse mesmo, pessoas que têm medo de assumir compromissos, não assume um namoro, pois tem dúvidas, não assume um noivado e um casamento, pois não quer compromissos, tem medo, não quer obrigações, quer viver livre como se fosse solteiro! Aí, como não tem nada oficializado nem perante Deus, nem perante a sociedade, esse cara se sente livre pra fazer o que quiser, acha que pode pegar e comer quantas ele quiser, sem compromissos.

    Vejo tantas pessoas assim, se conhecem num dia e em pouco tempo já vão morar com o namorado assim, como se já fossem casados, a gente fala, mas ninguém quer saber e nem enxergam nada demais…Agora todas vcs estão aí nesse rolo e bola de neve, estão colhendo o fruto do que plantaram. Por isso é muito importante sim ter um casamento, tudo oficializado perante Deus e no civil, casamento é aliança, é compromisso de pessoas maduras, que não tem medo de se assumirem perante que quer que seja.
    Depois vc diz que se casou em off line, como se isso fosse um crime a ser escondido por todos, mais uma prova da falta de compromissos dos 2. E pode piorar, pois na cabeça dele ele não é casado com ninguém, portanto não se espante se aparecerem outros filhos por aí e outras amantes. E ainda se a relação de vcs por algum motivo se deteriorar, ele não vai hesitar em te meter logo um pé na bunda e tchau, pois na cabeça dele ele não tem compromisso com ninguém, nem nada que comprove.
    Boa sorte.