Namoro um paraplégico

É um desabafo, algo que não consigo fazer nos últimos meses sem que me critiquem ou me julguem.

Quando você vê seu namorado que, até então era normal ficar paraplégico, não passa pela sua cabeça em terminar a relação, afinal você ama ele e os quase 3 meses perfeitos de namoro me fizeram optar em ficar com ele, não me importando com as limitações que surgiram. Então estou do lado dele desde tudo, vendo todas as mudanças que aconteceram na vida dele e que refletiram na minha, confesso que a mudança do humor que no início me afetaram bem mais que as outras, mas compreendi e ajudo em tudo que posso.

Hoje está muito melhor já que ele está aceitando sua nova condição, começou a trabalhar com o pai, e está mais feliz, só que o problema é que eu não estou. Vivo estressada para alguém com 19 anos, sinto que é muito peso nas minhas costas, sei o quanto ele está se esforçando para que nossa relação volte ou pelo menos seja um pouco como antes, já que foi deixada de lado por algum tempo. Sinto falta de como era antes, da liberdade que tínhamos antes e por mais carinhoso que ele está sendo, falta algo e continuo sem saber o que, fazemos sexo e é bom, mas sempre parte dele, pq não me sinto a vontade  e acho que ele percebe.

Então cheguei a um ponto que não sei o quero ou que faço, amo ele mas não estou feliz, se eu terminar vou ficar feliz? e ainda tenho medo de que isso o prejudique pq sei que boa parte da melhora dele tem haver comigo, por eu estar ao lado dele. Sei o quanto o que escrevo aqui é egoísta, é por isso que não falo a ninguém, pq me criticariam, então finjo que está tudo bem mesmo sem está. Ontem beijei alguém, não foi meu namorado e por isso estou muito mal e resolvi vim aqui, sei o quão horrível foi essa atitude e é por isso que preciso de conselho, pq eu gostei e me sinto culpada por isso.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

9 Comentários

  • Não adianta tu ficar protelando, você não sente mais nada por ele. Já começou à beijar outro homem, daqui à pouco começa à dar. Você está com vergonha dele, termina logo, porque mais cedo ou mais tarde, você vai fazer isso mesmo! Seja sincera com ele, quanto mais rápido você fizer isso, melhor pra você e pra ele, não adianta, uma hora tu vai deixar ele mesmo. Faça isso agora! Pra que prolongar teu sofrimento, nem transar com ele tu quer mais.

  • Querida Carol!
    A vida é feita de escolhas.
    Quando vc o escolheu ele estava com saúde e com possibilidades de te dar a liberdade que almejava.
    O destino mudou tudo.
    Vc pode agora rever sua escolha lembrando que outra pessoa irá escolher ficar do lado dele e serão felizes.
    Caso estivesse na situação dele iria querer uma pessoa ao seu lado que não estivesse feliz com vc ?

  • Tem coisas em jogo nessa história. Provavelmente, se você não se sente a vontade com ele, é porque não tem amor. Mas se você largar ele, uma parte de você vai se sentir muito culpada (ou seja, você vai sentir remorso em ter deixado ele nessa fase da vida dele). Você tem que agir. Se não gosta dele, não força a barra! Conversa com ele e pede um tempo. Se nesse tempo você se sentir melhor sem ele, aí você vai saber o que fazer. também tem a alternativa de pedir pra ele paciência pra você se acostumar com isso, seja sincera e fala que não tá mais dando, sabe? Quem sabe vocês só precisam reconstruir aos poucos, você pode achar que a condição dele não te afetou, mas te afetou.

  • Amiga, existem situações que só quem passa por ela pode entender.

    Seu caso é muito dificil de ajudar porque há muitos sentimentos envolvidos e voce sabe disso. Por conta de ser um relacionamento de poucos meses já tão imprevisivel , mas com esse problema fica ainda mais complicado, por outro lado você não quer deixa-lo em meio a essa situação tão complicada e se sentir culpada por não ter ficado com ele.

    Faça o que fizer seja sincera, não magoe a pessoa mas tambem não se obrigue a algo que não deseja.

    Quanto ao beijo , esqueça isso, se não foi importante deixa pra lá. Não se sinta culpada. Deixe o tempo rolar e reveja tudo daqui a 2 ou 3 meses.

  • O Alex já gabaritou na resposta dele.

    Só acrescento algo em relação a sua pessoa e ao seu próprio futuro:

    Traição, independentemente de qual forma ela seja feita ou a razão; carência, medo, curiosidade, etc… é um reflexo do seu caráter como ser humano, antes de seguir a “vida louca” ; “viva hoje foda-se o amanha” ; “um novo caminho’, lembre-se: não existe nada mais amargo do que o sentimento de culpa, é algo que corrói lentamente: e se um dia na sua vida alguém fizer isso com você… essa ‘culpa’ adormecida do passado voltará de forma arrebatadora e sem controle diretamente para ti. Porque só senti quando é na própria pele.

    O seu caminho só você pode escolher: ação e reação, escolhas e consequências. Siga o caminho da verdade, faça as coisas certas, porque nessas voltas que o mundo dá…

    Boa sorte.

  • Se você insistir em continuar este namoro você só vai magoá-lo e fazê-lo infeliz, todo esse momento de superação que fez parte se arruinará a partir do instante que ele descobrir esta traição e que deseja outros homens! Continuar qualquer relação por dó não é legal, você tem sua vida, vocês apenas namoram e não existe laço nenhum que impeça de fazê-lo feliz e essa felicidade dele é você se afastando se pretende seguir infiel, sem amá-lo, pois quem ama não trai!

    • Não estou na relação por pena, tbm acredito que quem ama não trai.
      Não queria ter feito isso, sei o quão mal ele ficaria. Me afasto mesmo gostando muito dele? pf me ajude pq gosto muito dele, me de conselhos não critique me deixa ainda pior que já estou.

      • Gostar a gente gosta da nossa roupa, do computador… gostar muito a gente gosta muito do nosso cachorro, do amigo… agora família, namorado, marido ou a gente ama ou não, você não o ama! Se amasse saberia a resposta, se fica ou não com ele!