Eu não me acho necessária

Pra começar, eu não me sinto feliz comigo mesma, sinto-me feia, desnecessária, deprimida… Infelizmente tenho afastado pessoas que amo por ser assim, sinto um ciúme muito forte do meu marido, ele tem pornografia nos arquivos dele no PC as quais me faz sentir mal, pois quando vejo ele assistindo tais filmes sinto que não tenho feito meu papel de esposa, eu me olho no espelho e me vejo horrível (dentes feios, cheia de espinhas, seios pequenos demais, cabelo que nunca fica certo…) ele tem adicionado também muitas moças nas redes sociais dele, elas são tipo mulherão/panicat sabe, eu me sinto inferior com isso, desde pequena sempre fui tratada como o patinho feio, na minha família falavam que eu era atrasada mental, na infância não tive nenhum amigo, as outras crianças nunca brincavam comigo, na adolescência a mesma coisa, não me encaixava em nenhum círculo de amizade, os rapazes nunca se aproximavam, fora as piadas porque meu pai era alcoólatra e infelizmente nós vivíamos em completa miséria, um fato que me marcou foi quando fui transferida de escola e na nova classe fui muito humilhada, tinham duas garotas que me pegavam pra cristo, uma delas tinha me doado um par de tênis pois vivíamos em um barraco e meus pais não podiam me comprar calçados e roupas novas, muitas vezes meu pai pegava o dinheiro dos bicos que fazia para beber e nem tínhamos o que comer, isso tornou-se piada fora as vezes que meu pai ia bêbado na porta da escola pra bater em mim, na minha mãe e irmãs, quando mudei pra casa de meus avós pra ter uma condição de vida melhor, fui ludibriada por um rapaz que levou meu maior tesouro (minha pureza) e tratou de arrastar meu nome na lama, desde então não dava certo em nenhum dos poucos relacionamentos que tive, eu estou há 5 anos com meu esposo e nós nunca tivemos uma aliança no dedo anelar, meus amigos e minha irmã do meio já são pais, todos meus amigos têm a vida feita, filhos lindos, casaram na igreja; eu ao contrário deles não paro em emprego nenhum, parei faculdade e cursos técnicos, meu esposo tem que se matar como autônomo pra pagar as contas, minha sogra me odeia, minha cunhada também, meus vizinhos nem sequer me dão um bom dia, eu estou adoecendo cada vez mais, meu sonho é ter uma vida mais digna com meu marido, ter filhos com ele (já vou fazer 26 anos), me formar, sair da casa da minha sogra pra não ser mais humilhada por ela, ela fala que sou feia, pobre e burra demais pra estar com o filho dela, fala que ele está por pena comigo, nas relações sexuais com ele eu sinto que não o satisfaço, brigo com ele direto porque os amigos dele só vem aqui chamar ele pra farra, sou excluída das festas que antigamente eu ia com ele, junto com esses mesmos amigos… É só meu desabafo, essa hora eu queria estar morta ou nem existir. Todo mundo consegue evoluir, ter tudo e eu sou um fracasso que não para em emprego nenhum, não passo de uma operadora de telemarketing ganhando um salário miserável que mal dá pra comprar a mistura do mês,  não sou capaz de fazer meu marido feliz, só perturbo ele com esse ciúme porcaria e essa insegurança com medo de perder ele. Eu só queria me sentir bem, ser bonita, ter amizades, ser desejada no convívio social… eu  sou alguém, tenho um coração. Sá quero receber amor.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

7 Comentários

  • Não sei se você ainda vai ler esta postagem, mas… E se você ficar “bonita, desejada, cheia de gente, etc” e voltar a ficar infeliz quando a empolgação desta novidade passar? Sabia que isto existe e é comum? Sabia que tem gente que tem tudo isto e ainda assim até se mata? Notei que você tem uma concepção ilusória de mundo como muita gente que não tem autoestima: você diz que “todo mundo” está evoluindo, crescendo, fazendo isto ou aquilo. Mentira. Olha este site. Olha outros semelhantes. Tem vários tipos de sites para pessoas que sofreram ou sofrem os mais variados tipos de problemas. Só eu acompanho seis deste tipo de sites. Vida perfeita só tem no feicibúqui ou no isnepixéti (kkk, nada contra). Além disto, você está olhando para “todo mundo”, quando a única vida que te importa é a sua, só ela você pode realmente transformar e ter controle (e olhe lá). Você precisa primeiro se amar. Se você se amar pode surgir uma luz no fim do túnel, afinal, você é templo do Espírito Santo. Se não crê nisto, se não crê em nada, bem, então você é você e se você não gostar de si própria, por que vai achar que um outro vai gostar, se nem você mesma se aprovou, ou por que vai obrigar outro a aceitar sua companhia, que você mesmo detesta? Acho que o primeiro passo, desculpa, é ficar sozinha, enquanto você não se sentir completa consigo mesma não vai conseguir sentir-se segura com outra pessoa, e ninguém vai te completar, isto é um erro cruel que a maioria comete, achar que vai se completar no outro, o outro é alguém SEPARADO, diferente, com defeitos, limitações, problemas e carências como você, e não necessariamente ele vai suprir estas faltas do mesmo jeito e na mesma hora que você, e aí vêm os desentendimentos. Goste de você primeiro, depois vem o resto.

  • Você é um poço de inoperância e rega essa plantinha chamada vitimização com carinho, e dela come todos os dias, amargando lágrimas a cada mastigada. E curte isso, embora doa. Porque é a sua grande descula para ser vitima, ohhhhhhhh, desse ‘monstro de homem’ com o qual se casou, ohhhhhhh, ele vê pornografia ohhhhhhh, e você se sente inferiorzinha.
    Homens gostam disso e podem ser casados com a mais gostosa do planeta que não dispensam mulher nua na frente. Não sabia?? Agora sabe.
    Dentes ‘ruins’? Dentista. Seios pequenos ou que você mesma julga pequenos? Proteses. Cabelo mal-tratado? Cabelereiro ou providencias caseirinhas podem ajudar bastante.
    E assim por diante. E o resto é lamuria porque você parece que gosta de ser a vitima lamuriante feito criança com sono que não quer dormir.

  • Olha, todo esse problema e impedimento só estão na sua cabeça, tudo isso é psicológico. O ser humano é muito sugestionável e acredite.. ele vai te tratar da maneira como você trata a si mesma. E não tem nada vê com você ser feia ou bonita, já vi bonita ser esnobada e feia ser tratada como uma diva e por quê? Pela maneira como elas mesmas se apresentavam. A bonita cheia de timidez e complexo (e isso era nítido… aquela cara de autodesprezo) e a feia toda extrovertida bem humorada e arrumada! Meu amor acorda, tinha 16 anos quando percebi isso, não é possível que você com 26 não perceba!! Você precisa se dar ao valor, amar a si mesma, se vestir bem, andar cheirosa e bonita não por causa do seu marido (foda-se ele), mas por SUA causa, pra VOCÊ, por VOCÊ. Independente de as pessoas gostarem ou não, aprovarem ou não, faça esse bem pra si mesma e foda-se o resto. Outra coisa, tem uma vida financeira de merda? Então meu bem corre atrás não adianta chorar não, é telefonista de telemarketing? Já é um começo, tem muita gente desempregada por aí sabia? Começa a estudar… pegue livros nas bibliotecas publicas ou em sites de concurso publico e comece a comer esses livros pra passar pra uma universidade federal aí (tinha um colega meu que era morador desses morros aí do Rio, cara completamente favelado…se matou de estudar e hoje é consultor do Senado Federal). Enquanto você for estudar, se concentra, dê o sangue, deixa seu marido lá assistindo pornô e batendo punheta (foda-se ele) ou com as putas aí que os amigos dele lhe apresentarem, pense em você agora, vá estudar passar pra uma federal ou então pra um concurso publico de nivel médio. DEPOIS DISSO, AÍ SIM você pensa no seu marido. Aí você pesa e vê se vale a pena ter um cara desse tipo do seu lado. Na boa, eu me divorciaria.

  • Vc e responsavel por tudo o que deixa acontecer na tua vida. Nao tem amor proprio e isso e fundamental…sem isso nos mulheres nao somos nada! Precisamos estar bem, bonitas e saudaveis para realmente estarmos felizes! Cada um tem q se dar valor por aquilo q se tornou e vc querida a cada dia q passa so sabe por defeitos em si mesma e reclamar da vida! Caralho! Cade sua garra?? Sua vontade de viver?? Cade a vontade de mudar pra melhor? Cade seu senso critico, aquele q nos impulsiona pra correr atras dos sonhos e constantemente mudar a sua vida pra melhor?? Sinto dizer mais vc esta a anos luz atrasada, atrelada a um parceiro q ainda gosta de vc mesmo vc sendo esse fantasma…mulher reaja!!!!nao esta feliz por ganhar pouco? Corra atras de cursos gratuitos na net q vc entra para reclamar da vida tem varios cursos legais! Passe seu tempo se instruindo! Sua aparencia e desleixada?? Corra atras de se cuidar, pra tudo tem jeito!! Pelamordedeus so nao reclame da vida q Deus te deu so pq vc nao esta sabendo como vive-la! Tenho do do seu Marido por ter uma esposa tao resignada como vc do lado! Quer atrair coisas boas pra tua vida? Comece a mudanca em vc agora mesmo!! Bjs

  • você não deve se sentir assim maria ,pois você tem saude que e o mais importante,e tambem você não deve se comparar as outras mulheres, pois no fundo todas tambem tem algum problema que não sabemos , quanto a sua vida , você deve tentar melhorar ao maximo que puder , basta acreditar em DEUS , pois so ele sabe o nosso coração, não ligue para o que sua sogra e cunhada acham de você , siga em frente de cabeça erguida ; boa sorte para você.

  • Minha amiga, que história dificil.
    .
    Tenho até medo de comentar.
    .
    Vamos aos fatos: Para que alguem goste de voce, primeiramente voce tem que gostar de si mesma e está óbvio que voce não está bem consigo.
    .
    Seu casamento está claro que não vai bem. Mas algum motivador seu marido teve para se casar com voce, esse motivo voce tem que retornar pois ninguem se casa por piedade como foi dito. Talvez voce fosse mais alegre, mais espontânea, alguma qualidade voce tem que deixou adormecer.
    .
    O ciume é somente a chave da cadeia dos relacionamentos fracassados, melhor guarda-lo para si , não adianta pressionar.
    .
    Meu conselho prático é que busque atividades que lhe façam bem e levem o bem para outras pessoas, por exemplo ajuda voluntária em asilos ou orfanatos é um bom começo. Apenas tome o cuidado de evitar atividades religiosas, pois poderá afastar ainda mais seu marido.

  • Caramba, você mesmo não se dar o devido valor, a mudança tem que começar de você!!! E se você acha sua vida ruim, deixa eu te contar a minha. Eu sou mais velha que você, já vou fazer 29 anos em 2016, passei a vida toda para estudar, mas igualmente como você, também desisti de alguns cursos, o ultimo curso que eu parei e concluir foi minha pior escolha, pois não me favoreceu em emprego algum, tenho curso técnico também, e ainda assim estou desempregada, lutando por concursos públicos fora da minha área de atuação, para níveis mais baixos, ainda assim tenho sido recorrentemente reprovada, o único que passei não chamou ninguém ainda, mora com minha mãe ainda, não tenho namorado, muito menos filho e não tenho sequer um amigo, todos que passam ao meu lado somente zombam da minha cara, os “amigos” que ja tive so reaparecem para saber da minha atual situação financeira, ou se tou empregada, ou seja, so querem colher a vida alheia, jamais ajudar. E a pessoa que mais eu tenho de preciosidade e amo no mundo não está muito bem de saúde, e isso me aflige muito…..E ainda assim, estou aqui, todo dia estudando e de maneira alguma penso em me matar, porque confio no meu amigo mais sincero e fiel que existe: Deus.
    Reze o terço todo dia, vá a igreja, busque ao senhor e a nossa senhora e você irá notar uma paz espiritual na sua vida fora do normal! Não desista de você, lute por você e por quem você ama, se cuide, estude e seja sempre mais você! Bem, pois é isso, espero que sinceramente este ano de 2016 seja repleto de paz para você, não esqueça nunca que Deus te ama!!!