Não sei onde este mundo vai parar

Sabe, por que o mundo é cheio de egoísmo e falta amor nas pessoas? Desde sempre foi assim. E meu Deus, por que? Os outros deveriam se ajudar e ao invés disso se matam, descriminam, atormentam… Onde este mundo quer parar? Eu sinceramente não acredito mais nos seres humanos. Eu penso isto, porque veja bem, meu pai que sempre foi um homem bom e trabalhador, é desprezado pelo próprio irmão, que por ter mais dinheiro e uma casa boa e “carrão”, não dá a mínima p/ ele que sempre o ajudou. Meus pais não são nenhum tipo de gente rica, mas são honestos. Mesmo assim os outros tendem a desprezar os ‘não iguais’ deles e nos descartam, preferem dar valor à alguém hipócrita e falso do outro lado do mundo ao invés da própria família. Outro exemplo disso é minha irmã, que se enfiou em outro caminho, o mais perigoso… O das drogas! Já tentamos ajudá-la, principalmente eu, mas sabe o que ela prefere? Os vagabundos que a levam pra outro caminho. Isso me entristece tanto. Aí eu paro pra pensar… Meu Deus, por que eles fazem isso com a gente? Será que nós somos os errados por tentar ser bons?

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

6 Comentários

  • Leva a sua irma,na igreja universal,na palestra dos dependentes quimicos,acredito que ira ajuda la,e possivelmente vc tbm,nao sou evangelico,mas acredito que sera uma experiencia positiva pr vc e sua irma,Abs

  • A verdadeira vida não é aqui, é depois, no céu. Entregue sua vida pra Deus, deixa ele tomar conta de todos as áreas da sua vida, e ele vai te confortar. Ele vai ser a sua rocha, e você não desistirá de ser bom. Entregue, arrependa-se de seus pecados e Deus cuidará de você.

  • Então… Vamos lá. Tomo 1: Se conforme, o mundo é uma bosta mesmo, as pessoas são falsas, mesquinhas, RARAMENTE você encontrará alguém grato, bom, honesto e digno, a maioria é interesseira, falsa, má, invejosa, egoísta, rebelde, autodestrutiva, fofoqueira e por aí vai. Aprenda a não criar expectativas, e se criar que seja sempre de teor pessimista, pois assim sofrerá menos. As pessoas são fúteis, mr friend, poucas são aquelas que dão realmente valor ao conteúdo da vida e das pessoas, a maioria se preocupa só com a embalagem. E tome cuidado, porque, muitas vezes, nós mesmos corremos o sério risco de acabarmos como ele seja por futilidade e maldade, seja por sentimento de impotência, mágoa, injustiça e afins. Não reclame de como as coisas são, apenas aprenda a viver nesse mundo sem se deixar contaminar por ele. Tomo 2: O caso da sua irmã é foda, infelizmente você não falou nada sobre o comportamento dela ou porque ela é tão rebelde, como é o relacionamento dela com os pais etc. Geralmente, quando alguém entra pras drogas é por algum tipo de sofrimento ou, o pior motivo possível, é porque quer ser descolado e querido pelos “amigos” (sabe aqueles que dão um pé na sua bunda quando você fica na pior? São esses aí!). Infelizmente, você não pode ajudar sua irmã se ela mesma não querer ser ajudada, imagino a angústia e o sofrimento que você e seus pais devem viver por causa dessa situação… ver a filha se ferrar completamente e gastar ou melhor desperdiçar a vida dela nesse caminho. Não sei se você é religioso, mas peça a Deus que Ele gere nela um desconforto, uma inquietação ou insatisfação por estar nessa situação, que Ele a incomode para que ela queria sair dali, que ela veja que tudo isso é em vão, que nunca devemos nos matar ou diluir nosso caráter por quem quer que seja. Que ela acorde dessa imaturidade e ilusão! Se for algum sofrimento que ela encontre em você alguém pra lhe dar apoio. Não se deixe sequestrar pela sua irmã. A maioria das pessoas que estão drogadas querem (inconscientemente) sequestrar seus familiares pela tristeza e culpa. Não deixe ela fazer isso! Seja sério e sóbrio, não fique com peninha dela, nem se sinta culpado pelo caminho que ela está tomando, pois ela é a unica culpada e ela precisa encarar isso, lembre-se sem barganhas!! Leve-a a uma clínica de recuperação, procure ajuda psiquiátrica pra sua irmã nem que seja de graça, enfim faça isso, mas só quando ela procurar por ajuda, enquanto isso não acontecer fique nas orações e haja sem barganhas para com ela, dê um esporro nela, não com ódio, mas de forma sábia e sem peninha dela. Assista a “vem e ve tv”.

  • Eu também penso assim, é muito triste viver neste mundo. As pessoas só querem saber da sua vida!!Perguntam sobre você, mas só no intuito de curiosidade, nunca de ajudar, a vida desse tipo de gente é postar no face fotos sorridentes, viagens e etc, ou seja, ostentar, aparecer! As pessoas, na sua maioria, esquecem que vamos para o mesmo lugar, e seremos julgados pelo rei dos reis, neste momento os humildes de coração, as pessoas boas, encontrarão a paz eterna, enquanto os que se vangloriam aqui, bem, estes não quero nem saber o fim deles, porque deve ser bem triste.

  • Sim… não entendo o porquê dessas pessoas, isso dá o pensar de ” PORQUE O MUNDO É ASSIM? ” Porque simplesmente não se ajudam? Porque o mundo é cruel?… Minha vó tem depressão, ela ajuda todos, dá conselhos, trabalha o quanto pode, é realmente uma pessoa de coração bom. Mas quando chega a hora de ajudarem ela, ninguém se importa, eles simplesmente se afastam, e odeio gente FALSA. Tive vários amigos assim, quando eles precisavam, eu ia correndo, mas na hora H, ninguém ligava se eu morri ou não. Não davam a mínima. ODEIO ISSO! Realmente quero focar nos estudos e viver uma vida em paz, sem esses falsos na minha vida. Só com a minha família, que sempre trabalha, que sabe aproveitar o que tem. Minha mãe é infantil, mas, de qualquer maneira, eu a amo assim mesmo.

    • Sua vó e você sofrem de bondadismo. Cara, qualquer um que se doa demais acaba assim! Nunca seja assim, também já fui e só me ferrei, hoje em dia ajudo quem eu quero, quem não quero, não ajudo, sei dizer não (talvez essa seja sua maior dificuldade, sua e da sua vó), e ninguém me explora porque não aceito ser explorada. Fico na companhia daqueles que realmente tem valor e outra coisa minha amiga: Para de se oferecer pra ajudar as pessoas! Para já com isso! Se não te pedirem ajuda, não se ofereça fique na sua! Se preocupe mais com você, com você e com sua avó que coitada… deve estar recorrendo a isso pra tentar solucionar ou diminuir a carência e a depressão.