Não sei que caminho seguir

Estou triste, terminei meu curso superior e estou trabalhando na área. Estou numa empresa bem estranha, sei lá… é ruim! Mas é um pouco tranquilo. Me sinto triste aqui, desmotivado. Quero tentar concurso, mas me sinto desanimado também. Adoro minha área de atuação. Mas na empresa que estou só tem gente burra. Que não sabem fazer as coisas corretas, mas tenho que seguir o que eles querem, pois são mais velhos, mesmo que eles estejam errados e eu tente mostrar de várias maneiras diferentes que eles estão errados, não dá! Eles não aceitam. Já fiz projetos seguindo o que eu acho correto e abandonando o que eles disseram. E isso foi de propósito, pois não suporto a burrice deles!!! Tenho 22 anos, logo farei 23 e não sei que rumo seguir. Não gosto deste país, todo canto só tem gente querendo se aproveitar de todas as situações, tudo sempre pensando em dinheiro. Eu tenho tanta vontade de morar fora daqui. Mas não tenho coragem nem de ir para outra cidade do próprio estado que moro para fazer provas de concurso, quiçá ir para outro país. Que tristeza viu. Eu precisava desabafar, confessar. Sei que meu problema não é o pior do mundo. Mas esse é o meu problema, e isso apenas na parte profissional. A tristeza está me consumindo tanto que estou ficando depressivo e com transtorno de ansiedade generalizada. Estou com medo disso virar fobia, depressão, síndrome do pânico!!! Estou indo a psicólogos, daqui uns dias  vou acabar parando em psiquiatra e tomando mil remédios por tanta frustração e infelicidade. Queria casar, ter uma vida tranquila, mas como investir se nem o emprego estável eu tenho, ou nem ao menos é o que eu queria ter. Sinto que tudo pode acabar a qualquer hora. Queria ganhar bem o suficiente para ter uma vida mais tranquila ao menos em relação financeira. Não quero ser rico. Apenas ter condições de ter uma vida confortável e um emprego onde eu não odeie todos. Queria viver em um lugar bom. Me ajudem, qualquer palavra me deixaria ao menos com a sensação de atenção por parte de vocês. Obrigado.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

19 Comentários

  • Entendo seu caso e não sou nada a favor das críticas abaixo, as vezes você não tem opções, porque arrumar emprego não é tão simples assim, muito menos fazer uma mudança. Me formei a 5 anos, e até o momento não me sinto completamente realizada com a profissão, não me entendam mal, eu adoro ela, mas sempre falta algo. Coragem para mudar eu tive, mas não foi e nem está sendo fácil. Não sei seu nome ou sua idade, só sei dizer que estamos no mesmo barco, e ele não é legal, pq acaba atrapalhando todo o resto de sua vida sentimental, familiar, e etc. Espero realmente que a sua fase ruim passe (e a minha também). Boa sorte! Beijoos

  • E vc e inteligente e tá lá ?
    Se tem uma coisa que detesto e gente que se acha melhor que os outros.
    Vai pra Harvard então.

    • Eloi, não disse isso me achando e não me acho melhor que eles. mas existem diferenças técnicas entre um serviço mal feito e outro feito da maneira correta, pelo menos da forma mais simples possível, sem esperar que o serviço bem feito seja feita por um super nerd da NASA, mas apenas um serviço correto. E o fato de eu dizer que sou inteligente, se refere mais a estar perdendo meu potencial aqui, apenas isso.

    • E não é tão simples sair daqui, pedir demissão, arriscar em algo incerto. Tenho medo, e por isso fiz esse desabafo aqui.

  • Cara esta geração sua sofre com isso, pois não adquiriram a capacidade de aprender com um não, em tempos remotos, antes da crise, era simples pedia conta e arrumava outro emprego, mas agora as coisas não são bem assim, pois ter um emprego já e bom demais, na área e espetacular, o fato e que você esta no lugar certo, mas não consegue enxergar isso, pois burros eles não são, se a empresa existe e funciona e porque eles não tem nada de burro, uma em cada cinco empresas fecham as portas em menos de cinco anos de existência, o fato e que o que se aprende na faculdade e bem diferente do que se vive, e muito comum sairmos do ensino superior cheio de expectativas, e ao chegarmos na empresa ser recebido com um balde de agua fria, ficamos realmente frustrados, mas o fato e que como você disse eles são mais velhos, existe algo de bom no que eles falam pegue isso e faça melhor, se não der resultados agora, amanha dará pois eles vão se aposentar, as coisas não andam como queremos e temos que ser inteligente para aceitar isso, pois não estamos mais em casa embaixo da saia da mamãe, não é como queremos e na hora que queremos é quando da, essa é a realidade que os pais deveriam ensinar aos filhos, mas esqueceram por isso aprenda e seja feliz.

    • Obrigado, Leo. Realmente o que você disse faz sentido. Espero chegar num nível maior de entendimento dessas coisas com o passar do tempo. Obrigado por compartilhar sua experiência comigo.

  • Primeira coisa: deixe de ser mimado. Se voce não gosta de onde está saia, a vida é feita de oportunidades. Concurso? Para que? Acha que vai ser bom ser um servidor público? Porque servidor é servidor, ele serve os cidadãos, processo robótico, sem processos. Engula sua faculdade e incorpore a maquina, a realidade é essa. Resumindo, o que te faz feliz? O que faz seu coração bater? O que te move? Isso que faz a diferença em nossas vidas, eu não vejo problema com a carreira pública, só não tenho um pingo de tesão em ficar em uma repartição pública por exemplo, claro que há posições que podemos contribuir com a sociedade de forma ativa, mas no seu caso, se acha chato seu trabalho, não é no serviço publico que você vai inovar. Acho que te falta autoconhecimento, continue com a terapia, ela te ajudara a encontrar seu caminho.

    • Germison, muito obrigado pelo comentário. Foi muito útil para a formação de algumas ideias e da aceitação de certos defeitos meu. Me considero mimado mesmo, isso é um grande defeito. Também não tenho “aquela coisa” por serviço público, mas a ilusão de estabilidade é o que faz as pessoas quererem isso. Claro que eu não seria mais um que apenas quer sugar o dinheiro do contribuinte sem trabalhar muito. Nesse país tem muito disso. Mas é papo para outra conversa. Obrigado pela experiência compartilhada.

  • Sinceramente acho que você só está frustrado com o local que você está trabalhando, tente mudar, não vejo muito motivo para você se sentir desse jeito.

  • Amigo, o pior arrependimento é aquele de não ter realizado algo, de não ter arriscado…
    .
    Eu acho que uma experiência internacional na sua idade só vai lhe fazer bem, nem que seja para ter histórias para contar um dia. Pegue suas coisas, faça suas malas e vá ! Está com medo de quê ? Amigo, a vida é curta. Se não realizar suas aventuras agora, irá realizar quando ? Faça um plano, trabalhe 6 meses, junte uma graninha, faça seus contatos fora e siga em frente, se não der certo, volte. Dificilmente encontrará trabalho na sua profissão assim de cara, mas pode trabalhar em algo mais simples, se ambientar e com o tempo buscar o que deseja.
    Boa Sorte !

  • Dou o maior apoio a esses brasileiros de merda que critica o país e acha que se mudar pro exterior a vida vai melhorar a vida, certamente nunca nem viajaram a fundo pros EUA/Europa. Só conhecem a realidade turística, ou nem isso!

    • Verdade, nunca viajei. Aliás, mal saio da minha cidade. A realidade que conheço é de relatos de pessoas que moram em outros lugares. E realmente nesses países também há problemas, dependendo de qual país seja, têm bastante problema mesmo. posso estar muito enganado e quebrar a cara. Posso me dar mal. Aliás, sou negro, pobre, fraco, feio… dependendo do país que eu for, vão me tratar muito mal e sabe lá o que pode me acontecer. Além disso, sou muito merda para mudar de país. Então vou continuar aqui nesse país todo errado com povo de mentalidade pequena (a maioria, não todos).

  • Aleksandro Miritituba-Pará

    Meu amigo, se com este problema você já está indo ao psicólogo, imagine se estivesse com os meus 1001 problemas! Com certeza já estaria internado em manicômio.
    Ânimo rapaz, levanta a cabeça e siga em frente… Boa sorte.

  • Não fique assim, (será pior), também não estou satisfeito com o meu trabalho nem com o Brasil. E estou quase de mudança para o Canadá, dependendo da sua área você pode se dá bem. E se você não tem coragem, então crie (rsrs) talvez la seja melhor, e pelo que você está passando pode até abandonar o emprego ( e não seria legal). Se você não quiser mudar de país, mude de cidade, sei lá, só não viva nessa angústia, porque desse jeito você não irá para frente.
    Melhoras