Vida sexual e amorosa conturbada

Na infância vivi algumas aventuras sexuais com outra garota (também sou garota). Eram por puro extinto, não vi nada na tv ou algo do tipo, só sabia que era assim. Mas não perdi virgindade nem nada assim, afinal, era uma criança. Meus pais descobriram e me guiaram com muita paciência. Só que as vezes me pegavam me masturbando, e eu nunca revelei as fantasias eróticas que tinha na minha mente. Nunca tive um orgasmo na infância.

Dei meu primeiro beijo aos 13 anos, e trai meu “namoradinho” com o namorado de uma amiga. Eu não tinha muitas amigas, e eu considerava muito essa, simplesmente fiz e carreguei esse peso por mais ou menos 1 mês, e não repeti mais, briguei com o cara e me afastei.

Voltei a me envolver com esse namorado da minha amiga após um mês. Vou chama-lo de X. Eles tinham terminado (por que o X tbm traiu a namorada dele com outra garota, porém foi só um selinho, e comigo foi uma ficada de verdade. Minha amiga não descobriu o que fiz, mas a outra ela descobriu). Começamos a namorar depois de 5 meses, e X estava apaixonado por outra, mas mesmo assim dei chance pra ele. Era a melhor opção, não ia ficar sofrendo por orgulho, pois era muito apaixonada por X. Quase engravidei logo no começo do namoro e por uns 3 meses vivi na agonia da possibilidade de estar gravida aos 14 anos. Nos encontrávamos escondidos e meu maior medo era que meus pais descobrissem. Isso fez eu me afastar deles e sofrer sozinha.
Depois desse pseudo-trauma, eu não conseguia sentir prazer sexual com meu namorado e nem sentia tesão por ngm, não conseguia me masturbar. As vezes começava a aflorar um desejo, mas era em situações que não poderia acontecer nada, e foram poucas as vezes.
Estou há 1 ano e 7 meses com X, falei com ele sobre o assunto (obviamente não falei as coisas que fazia na minha infância) e expliquei que, por enquanto, era só aceitar. ( Não perdi virgindade nem nada, era só oral). Não posso procurar ajuda por que precisaria dos meus pais, e eles jamais aceitariam eu ter uma vida sexual aos 15 anos. E também seria prejudicial aos outros “ramos” da minha vida.

X aparentou ter mudado, ele era meio galinha (e eu meio puta), mas nunca deu sinais de traição e ele aparenta ser muito sentimental e apaixonado.

Beirando os 16 anos, comecei a me sentir triste sem motivo, bem estilo começo de depressão. É complicado se aceitar sendo assim… E procurei ajuda em X. Ele era a pessoa mais próxima de mim, mas ele não colaborava, ele não é muito empático nem altruísta, então além de não saber o que fazer, acabava piorando a coisa. E quem me ajudava involuntariamente era um amigo dele. Chamarei-o de Y. Onde X deixava um espaço, Y ia lá e completava.

E eu to me apaixonando por Y. Eu não sei se ele corresponde, por que ele fica mais animado quando estamos a sós, e nos damos muito bem.

Eu não sei se tenho uma mente normal, se sou puta mesmo, eu to desesperada. Eu preciso de um norte pra minha vida amorosa e sexual. Atualmente estou com 16 anos, sei que sou precoce, e não sei o que faço. Obrigada por terem lido, comentem por favor. Opiniões são muito bem vindas.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

9 Comentários

  • As tão famosas paixões de adolescentes
    Gata vc tem apenas 16 anos kkkkk Tem muita agua p rolar nesse oceano !!!
    Uma coisa eu digo daqui uns anos vc rira de tudo isso !!!!
    Aproveita a vida o tempo passa muito rapido
    bjosssssssssssssssssssssssssssssssssss

  • Vc é puta mesmo. Se quiser alguém pra te -, me envie uma mensagem.

  • Você não é nem Santa nem puta, meio termo rsrsrs.
    Querida, lembre-se de quando der sua -, use camisinha. E não caia nessa do garoto não gostar não, se disser que não gosta, diga não rola. Preservar-se sempre, pois não é só gravidez, tem as DST’s da vida.
    Outra coisa, se todas as mulheres que faz sexo são putas, então sou a rainha, porque já passei de 50 parceiros faz tempo hahaha. Hoje mesmo, fiz uma lista de carinhas que tive qualquer tipo de relacionamento e fui classificando em só beijo, beijo + sacanagem, sexo e sexo com oral hahaha. Dos 60 que lembrei 51 rolou sexo, desses 38 fizeram oral em mim e apenas 9 eu fiz oral. Mas agora que lembrei de uns carinhas que eu deixei apenas me masturbar, mas uns 3 deles eu não conhecia, pois foi no ônibus.
    Portanto querida, o importante é transar e ser feliz transando muuuuito.
    Boa sorte

    • Pois é, e você ainda tem prazer em anunciar isso pra todo mundo ler né!
      Vc colocaria esse “atestado de -” na sua lápide funerária?
      Quando terminar sua vida, tem certeza que é com essa história mesmo que quer ir pra eternidade?
      Você também não sabe que os demônios dentro de vc é o que te levam a sempre cometer essas loucuras?
      O Senhor me manda te dizer uma coisa: Aproveita logo e se arrependa dessa vida de pecados e volte pra Igreja, pra Jesus, vc sabe muito bem que logo depois dessas orgias, logo vêm o vazio de sempre e vc fica infeliz e deprimida e por isso sempre busca esses prazeres depravados, né. Essa é a mensagem do Evangelho do amor de Jesus por todos os pecadores, essa é mais uma oportunidade que Ele te dá (dentre as muitas que Ele já te deu), E o Senhor Jesus ainda te ama, aproveita logo, pois um dia acaba!

  • Alguém entendeu alguma coisa? x? y?
    1 – “por uns 3 meses vivi na agonia da possibilidade de estar gravida aos 14 anos”
    2 – “( Não perdi virgindade nem nada, era só oral).”
    3 – “Onde X deixava um espaço, Y ia lá e completava.”
    4 – “Eu não sei se tenho uma mente normal, se sou puta mesmo,”

    Oi, Author 123oi
    1 – Que bom, que não ficou grávida!
    2 – Hum, “ficou grávida, mas ainda virgem” Saiba que gozar nas coxas pode engravidar uma virgem!
    3 – Hum… quem pensou? kkkk Eu pensei mesmo besteira!
    4 – Você tem a mente mais normal do mundo, mas sim somos putas nessa fase e eu ainda continuo puta, só para você saber o quanto sexo é normal na vida das pessoas, O que estraga é o apego a tal fulano, dai você não quer mais fazer sexo para que ele não fique bravo com você e ache que você não o respeita! (mas eles podem fazer, né?) rs
    Se cuida, quando rolar nos conte e nunca pare de ser puta, é assim que você é feliz! Beijos e boa sorte!

  • X e Y só são 2, experimente dar pro alfabeto inteiro, sua putinha safada. Boa F[]DA.

  • Minha amiga, a vida passa rápido, mas o que fizer agora terá reflexos na sua vida adulta. A adolescência é como um carro sem freio : acelere e encontrará um poste no meio do caminho.
    .
    Procure seus pais, e se reaproxime. Os amigos podem dar algum apoio mas os pais sempre querem o melhor para seus filhos. Outra coisa, sexo é gostoso é óbvio mas se voce não tiver outros objetivos na vida, outros interesses, logo estará com um bebê no colo e sem saber o que fazer da vida.

  • Você e meio puta mesmo kkkkkkkk tô brincando , isso deve ser o periodo da adolescência , que e meio transformatorio,penso eu ; espera você ficar mais velha , quem sabe isso passa , se não passar procura ajuda psicologica, boa sorte pra ti .

  • Guria isso é normal, eu com meus 16 anos não queria nem saber onde botava minha pika. Só não queira fazer besteira engravidando ou contraindo DST, de resto, deixa a vida te levar! Experimente!