Família caindo aos pedaços

Oi. Não entendo porque eu tive de nascer, realmente. Estou passando por um momento difícil na minha vida. Meus pais se separaram quando eu tinha 3 anos de idade, vi a briga terrível que eles tiveram, fiquei traumatizada! Então minha mãe e eu moramos com meus avos, minha mãe é muito atirada em homens, parece uma garotinha entrando na puberdade. Se eu somar o quanto de namorados que minha mãe teve, não vai caber em NADA! Até meus avós estão se divorciando, são as pessoas que mais amo no mundo. Meu vô disse que vai pra outra cidade e minha vó, que atualmente está em depressão, disse que quer ir pra outra cidade também. Minha família está indo aos pedaços! Minha vó e meu avô são as pessoas mais importantes na minha vida! Minha mãe nem cuida de mim, só fica com o namorado… em 5 dias, puf, já foi pra cama com o namorado. Estou triste demais! Tenho uma mentalidade adulta, é bom isso. Acho que tenho isso porque talvez quando eu crescer eu passe por algo ruim. Pra não ser enganada por pessoas, não sei. Não quero perder ninguém da minha família, ninguém! Antes, o motivo de eu viver era minha família, mas, agora, isso vai mudar!

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

6 Comentários

  • Aleksandro Miritituba-Pará

    Lariichan, eu te entendo perfeitamente. Também me faço a mesma pergunta: Porque eu tive que nascer? Olha só: Minha mãe e meu pai nunca cuidaram de mim, sempre fui uma pedra no sapato deles! Pelo que sei você ainda é menor de idade, quase não tem amigas e quem cuida de você é a sua avó, então, só lhe resta apegar-se à ela, e faça novas amizades. Hoje sua avó tem 54 anos, está se separando, tomara que isso NÃO aconteça de fato! Em vez de sua mãe te dar atenção, cuidar de você, pensar no futuro da filha, ela só sabe cuidar do pênis dos namorados que ela arruma! (Sendo que são muitos!!!). Lariichan, esta é uma péssima fase de sua vida, mas você consegue superá-la! Felicidades pra você, gata!!! (Só estarei online até amanhã dia 6 de Fevereiro. Depois disso passarei alguns meses sem entrar Internet, então não responda esse comentário). Atenciosamente um amigo para todas as horas.

  • dificuldades todos passamos, ver a família se desabar desse jeito não bom para ninguém, e pra vc ainda mais que parece a mais afetada com tudo isso, não podemos impedir o inevitavel, e realmente ver a família que era seu foco se separar, o que eu te recomendo agora é ficar com sua vó e ajuda-lá nesse momento o resto? bem … só o tempo pode dizer procure alguém que te entenda pode ser um amigo, conhecido ou alguém com quem seja chegada, passar por tudo isso sozinha não é bom, queria poder ajudar, qualquer coisa to por aqui.

    de um amigo para quem precisa

    • Não sei realmente quem são os meus amigos verdadeiros… tenho primas, e tudo mais, só que, todas elas estão em outra cidade. Tenho somente três primos nessa cidade, e eles não me entendem. Eu não tenho amigos verdadeiros, eu acho. Tenho uma prima que considero como uma melhor amiga, mas, ela mora em outra cidade, em outra capital.

      • é difícil quando sua melhor amiga mora longe mas é possivel tente ocupar a mente com algo que goste em que vc pode mesmo que por algum momentos possa esquecer tudo isso e conseguir se sentir bem como, praticar um esporte fazer aula de música atividades em grupo é bom, pode parecer que não mas sei bem o que é passar por isso, hoje procuro fazer algo que gosto, já fiz muitas coisas e hoje algo que me ajuda nesses momentos é o escotismo pode parecer algo infantil e tal mas nele aprendemos lições para vida toda e se consegue não só amigos mas irmãos pro resto da vida
        se quiser procurar um grupo ai, fora isso tem as aulas de musica, canto as academias de artes marciais, esportes coletivos coisas do tipo, não sei se o que te disse irá te ajudar mas espero que consiga passar por essa, se precisar de algo estou sempre por aqui
        de um amigo para quem precisa

  • Minha querida…não fique assim ! Não sei sua idade, deve ser muito nova pelo jeito…
    Olha só…procure ajuda com psicólogos…fazer terapia é muito bom e vai ajuda-la a encontrar um caminho para sair disso tudo…estude, depois, arrume um emprego, esteja na presença de amigos (os poucos, mas verdadeiros), viaje, faça passeios, distraia sua cabeça…pense em coisas boas, eu tive uma adolescencia muito difícil, minha mãe era exatamente como sua…nunca deu amor, carinho e apoio para mim e para meus irmãos…eu procurava ficar sempre fora de casa por não suportar clima ruim e brigas…fui em busca da minha independência….uma família destruída pode acarretar muitas coisas ruins para o futuro da gente na vida adulta…meus pais também brigavam e se separaram…perdi meus avós…muitas pessoas da família que eu amava e que eu podia contar, se foram e me via sozinha…sem ninguém…infelizmente eu busquei ajuda tarde na terapia, mas foi o que me ajudou a compreender as situações e como leva-las…não sofra, não judie de você mesmo…infelizmente, não podemos mudar o mundo e nem as pessoas, mas podemos fazer algo por nós mesmos…pense nisso !!!

  • Olá amiguinha,
    .
    Você já postou sobre essa situação. Infelizmente percebo que não há muito o que vc possa fazer. Gostaria de saber qual a sua idade ?
    .
    Veja bem, considerando que tenha por volta de 14 anos, que é como te imagino, terá que buscar apoio em alguem da sua família, provavelmente em sua AVÓ para que possa chegar até a idade adulta, ter onde morar, se alimentar etc.
    .
    Você tambem não disse o porque dos seus avós estarem nesse processo de separação. Se desse mais detalhes sobre sua situação ficaria mais facil opinar, entende ?
    .
    Quanto a sua mãe, pelo seu relato dá a entender que ela estacionou na adolescência e de lá não sairá tão cedo. Muitas pessoas são assim, não querem crescer e passam a vida toda nesse estado mental. Para ela, o único caminho é um tratamento psicológico mas sem ninguem com ascendência sobre ela, acho dificil que aceite se tratar.