Meus pais me odeiam

Olá tenho 14 anos e moro com meu pai, minha madrasta, minha irmã e meu irmão, eu nunca quis me abrir pra alguém, sei lá o porque, mas eu não conheço minha mãe, ela me deixou com meu pai e não sei muito bem da historia sabe, e eu tenho muito ódio de mim! minha madrasta cuida de mim desde 3 meses e ela é como uma mãe pra mim só que pra ela eu não sou uma filha, ela me bate me xinga grita “seu viado” e eu não sou, ela grita pra me contrariar, todos os meus vizinhos escutam isso, não aguento mais quero ir embora, já pensei em fugir de casa mas não tenho para aonde ir, meu pai é outro, parece que ele não gosta de mim ele é um pai ausente, só pensa em dinheiro, ele nunca falou “filho que legal” sabe nunca ouvi dizer “eu te amo” sabe, cada dia que passa fico mais deprê e eu sei que eles não gostam de mim, se ele fosse meu pai mesmo ele teria feito alguma coisa para minha madrasta parar com isso, minha irmã também é outra, eu sinto, sabe, não tenho amigos daqueles que tu pode contar só tenho parcerias que não são a mesma coisa que amigos e cada dia eu sinto muito ódio de mim, meu pai me trata bem daqui a pouco mal ele grita comigo, ele pensa que sou criança ainda, já to de saco cheio quero ir embora duma vez e ir pra bem longe deles e nunca mais ver eles, quando eu terminar meus estudos eu vou embora, não aguento mais e agora que eu to indo pra Disney, minha tia quem deu essa viajem, ele tá pouco se lixando pra mim eu to contando os dias ele falou que isso é frescura gastar dinheiro em uma viagem, às vezes eu choro de noite não durmo e eles dão risada de mim, não aguento mais desculpem pelo texto grande mas eu preciso me desabafar tudo que tenho dentro de mim, que é muito ódio, e sozinho! Se puderem me ajudar, o que fazer, obrigado a todos.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

5 Comentários

  • Passo a mesma coisa que você. Se quiser ajuda ( coisa que eu também preciso ) tô aqui.

  • O comentário do Rocky Balboa foi bom. Amigo, se te contasse minha vida você veria o inferno mas já estou com mais de 30, você talvez tenha esperanças! Afaste da vida qualquer ilusão para não se magoar, ou até pulverizar depois.

  • Como um grande sabio dizia
    ” o mundo não é um mar de rosas; é um lugar sujo, um lugar cruel, que não quer saber o quanto você é durão. Vai botar você de joelhos e você vai ficar de joelhos para sempre se você deixar. Você, eu, ninguém vai bater tão forte como a vida, mas não se trata de bater forte. Se trata de quanto você aguenta apanhar e seguir em frente, o quanto você é capaz de aguentar e continuar tentando. É assim que se consegue vencer.

    Agora se você sabe do teu valor, então vá atrás do que você merece, mas tem que estar preparado para apanhar. E nada de apontar dedos, dizer que você não consegue por causa dele ou dela, ou de quem quer que seja. Só covardes fazem isso e você não é covarde, você é melhor que isso.”

  • Amiguinho, seja forte, fale com sua tia, explique a situação pra ela, se for o caso, pede pra morar com ela, pelo menos até os 18 anos. Depois vc pode fazer uma faculdade e procurar seu rumo, ou seja, fazer a sua vida. Quando vc se casar, lembre se de dar amor e carinho pros seus filhos e filhas, o q vc nao tem agora

  • Meu amiguinho, seja forte.
    .
    Aguente firme. Reverta essa energia negativa em algo positivo. Não é facil pra ninguem, menos ainda pra quem ainda está amadurecendo.
    .
    Mas voce precisa de amigos, precisa de pessoas pra interagir. Meu conselho é que converse com sua tia, explique pra ela a situação, quem sabe ela te acolhe. Ou ainda, faça algo onde possa descarregar suas energias como um judô , jiu jitsu, duvido que alguem vai querer folgar com voce. rsrsr… procure algo que goste e dedique o seu tempo livre sem esquecer de se dedicar aos estudos. Tá bom querido ?
    .
    Firmeza e aguente, falta pouco para se tornar um adulto e poder seguir o seu caminho.