A sensação de não pertencer a esse mundo

Olá… Eu sou Eliza… E bem, eu tenho uma vida parcialmente boa. Nunca passei fome, não sofri estupro e nem nada grave assim. Porém, desde muito, muito pequena, eu simplesmente me sinto melancólica o tempo todo. Quando eu tinha cerca de seis anos ou sete, comecei a pensar em suicídio. Eu simplesmente sentia-me mal por esta viva. Era como se eu sentisse que estava do lado errado, sabe? Como se aqui não fosse o meu lugar. E o tempo foi passando e a vontade de morrer só crescia… Mas eu não tinha coragem. Eu tinha era medo de existir um inferno e eu ir para lá. Medo da dor… E por eu ser muito tímida, eu não me abria com meus responsáveis sobre. Aos meus 13 anos, meu avô que me criou como um pai, morreu completamente do nada, devido a um infarto. Eu fiquei arrasada… Nessa época eu realmente cheguei ao fundo do poço. Meu tio me levou a igreja e lá fiquei até meus 15 anos. Mas eu mentia. Dizia que Deus havia mudado minha vida, que agora eu era uma nova criatura, porém era só eu me enganando. No fundo eu sabia que nada havia mudado. Algumas coisas aconteceram, meu tio saiu da igreja e eu também. Permaneci apenas com minha fé por um tempo, até que uma amiga me falou sobre a Wicca, uma religião pagã. E confesso que essa religião me proporcionou o mais perto de uma “felicidade”. Nunca fiquei tão perto de me sentir feliz desde o momento que comecei a ler sobre. Mas eu ainda me sinto melancólica. As coisas mudaram, tenho que admitir, mas vez ou outra essa sensação de melancolia me toma de um jeito que é difícil até levantar-me da cama e viver. Sinto que não pertenço a esse lugar e que eu não deveria estar viva, sabe-se lá o por quê. Grata pela atenção.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

5 Comentários

  • No meu caso é quase a mesma coisa
    Eu sinto que não pertenço a esse mundo
    Acho todos irrelevantes e crianças ainda
    Como se está aqui e um castigo ou uma prova para o bem maior,
    Ultimamente não sinto mais ódio ou amor
    Só sinto que todos ainda são poucos desenvolvidos mentalmente e em materialmente também .

  • Oi Eliza e os demais que se sentem assim
    O que voce descreve são sintomas de depressão, e isso e uma doença. Entao a 1 questão e voce procurar ajuda profissional, um medico,psicologo ou psiquiatra.
    As pessoas acham que psiquiatra e para doido..Mas isso nao tem nada a ver.
    Psiquiatra cuida de coisas da Psique ,ou seja da mente…
    Certamente ele podera ajudar quem se sente assim.
    Por outro lado, realmente nao pertencemos a esse mundo.
    Deus nos criou para um mundo perfeito e uma vida eterna.
    Mas isso voce so entenderá e encontrará na Biblia.
    Entao, depois deum psiquiatra, creio que uma religião baseada em CRISTO vai te ajudar muito.
    Nao vou dizer nome de igrejas, mas acho que uma igreja evangelica te ajudaria muito.

  • Seu espírito pode não ter se adaptado a esse mundo. Frequente um centro espirita kardecista, vc pode entender o porque disso tudo.

  • Olá. Eu não me sentia assim normalmente, sempre fui um pouco melancólico também, mas ultimamente essa tristeza e essa dor se espalha como um vírus ou algo assim. Se quiser conversar, gostaria de saber como superar isso de alguma forma e ajudar quem também vive com esse martírio.

  • Infelizmente não é só vc que pensa nisso.
    Vai no psicólogo e se conforma, se aceita.
    Ainda bem que eu não preciso mais de dinheiro.