Meu mundo contraditório

Ola a todos!

Bom, eu não sei bem por onde começar. Eu tenho 18 anos, faço engenharia elétrica e tenho um bom emprego. Além de ter uma boa estrutura familiar, e tudo isso e outras coisas conspirarem para que eu tenha uma vida boa, eu simplesmente não consigo. Eu me sinto totalmente excluído de tudo, como se as coisas ruins que acontecem ao meu redor fossem todas por minha culpa, fico sempre pensando no que “os outros pensam de mim” e eu não consigo viver. É como se minha vida estivesse num tipo de piloto automático. O ” meu mundo” é dentro da minha cabeça, sempre pensando sobre tudo, sobre todos, e nunca concentrado naquilo que estou fazendo ou fazendo algo de fato. Por mais que alguma coisa boa aconteça, eu não consigo aproveita-la. Se estou em boa companhia, fico louco para ir embora ficar sozinho, e quando vou embora e fico, sinto muita falta daquela companhia. É tudo contraditório. Nada me alegra, nada me estimula, eu não faço nada. As coisas simplesmente vão acontecendo e eu fico ali, vendo tudo quase que como um espectador da minha própria vida.

Eu certamente não falei tudo o que me aflige, e não sei se deu pra entender o pequeno texto que fiz. Mas apenas espero que falando isso mesmo que anonimamente me ajude, pois eu não sei mais quanto tempo vou suportar.

 

Saudações!

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

3 Comentários

  • Por muito dificil que seja estar em piloto automatico va assim mesmo. Desistir de tudo so lhe dara mais tempo para pensar em conclusoes que nao iram a lado nenhum pois é vivendo que obtemos respostas e por pouco concentrado que esteja sempre consegue libertar a sua mente de vez enquando. Nos entretantos da solidal procure fazer novas coisas que lhe tragam outras experiencias ainda que se encontre sem vontade uma nova experiencia dar-lhe-a algo novo para se focar.. Yoga, meditacao e desporto principalmente coletivo sao sempre boas opcoes tambem. Procure desenvolver a sua criatividade e arranjat formas de se sentir vivo. Apoio psicologico tambem podera ajudar. Nao se feche, nao se isole e nao desista. Mais dia menos dia tudo fara sentido. Boa sorte

  • Isso aí é falta de Deus ! Procure uma igreja e se oriente com o pastor pra colocar sua vida no rumo certo, dizimando e entregando sua vida para a Glória do Senhor ! Tudo o que entregar para Deus receberá em dobro ! Aleluia !

  • Você descreveu exatamente o mesmo que acontece comigo.