Minha mãe me odeia desde o feto

Bom, meu nome é Patrick, tenho 18 anos e odiado pelos meus pais. 

Primeiramente quero dizer que faço desse espaço não apenas uma confissão, mas uma história de vida.

Ouço, desde que passei da minha fase criança/adolescência, de minha mãe que sempre fui um problema para ela. Ela sendo professora sempre falava: Se não fosse por você hoje estaria dando aula em dois períodos, poderia ter feito uma pós graduação, estaria muito bem de vida, mas não, você surgiu! Ela, casada com meu pai em um casamento conturbado por traições, mentiras e brigas sempre colocou a briga em mim onde diz: Se não fosse por você eu não estaria passando o que passo agora. Nasci através de um ”sexo de uma noite ” na qual não era para ela ter engravidado, fui vitima de uma tentativa de aborto e hoje julgado e visto como a ”ovelha negra” por ser homossexual. Minha relação com meu pai é como se fosse apenas dois conhecidos, ele não aceita minha escolha, já ela diz que respeita, mas toda hora joga na cara que não aceita ter um filho GAY. Achei aqui neste site uma maneira de poder desabafar e contar um pouco da minha história, tal coisa que nem para amigos e minha psicóloga que frequento há quase um ano ainda não consegui. Para encerrar, digo que o ultimo dia que minha MÃE desejou minha morte foi HOJE, dizendo que se pudesse me matava e que tem vergonha de ter um filho como eu.

Essa é minha história!

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

5 Comentários

  • Ela q tivesse feito ligadura de trompas aos 18 e só se casado com quem tivesse vasectomia. Ou pelo menos uma pilulinha com camisinha. Vai fazer besteira e a culpa é sua? Esse mundo ja nao tem pai e mae meu Deus.

  • Amigo, sua história é triste. Mas use isso como estímulo, estude bastante, arrume um emprego. E assim que você tiver oportunidade; caia fora da casa de seus pais amigo. É muito triste viver em um lugar, aonde as pessoas não gostam da gente, quando se trata de pai e mãe, doi mais ainda. Faz isso cara, quando tu arrumar um emprego, e tiver instável nele; caia fora dai. Boa sorte!

  • Muito triste!
    Espero que supere isso e seja feliz!
    Passo mais a menos a mesma situação, há dois dias minha mãe disse que eu estava destruindo a vida dela, sem que eu fizesse nada! Ela põe a culpa de todos os problemas dela em mim.

    Mas estou dando um jeito de conseguir um emprego para sair de casa e não precisar mais viver assim.
    Espero que você também consiga se libertar.

  • Patrick.. Se esforce para q esse ambiente hostil q vc vive não afete suas capacidades, seu potencial. Sinto muito por vc, me dói q possa alguém ser tratado assim por seus familiares mais próximos, justo quem só deveria lhe amar e respeitar. Sua mãe tem problemas e deveria ela estar fazendo acompanhamento psicológico. Vc é uma pessoa linda, tenho certeza, e ela está cega pra issso., encerrada na sua amargura, na sua infelicidade. Na medida do possível procure o diálogo. Tente estabelecer uma nova relação. Se posicione, se abra , manifeste sua infelicidade por tanto rechaço. Ela precisa muito de ajuda e está adoecendo a todos em volta. E o maior prejudicado e vc. Seja forte e tente se blindar contra esta hostilidade toda. Sei q é dificil., mas não desista. Vc superando isso, vc será um grande instrumento de compreensão a tanta gente q precisa de amparo. Lute e não desista. Vc é maior q tudo isso. Não permita q lhe façam infeliz. Busque o conhecimento, o amor, a solidariedade. O seu maior desafio é não se abater. E optar pelo amor, pela vida. É natural sermos amoroso, ter alegria de viver, quando recebemos isso em casa. Por mais difícil q seja, tenha compaixão de sua mãe. Sua dor e seu amor podem transformar sua relação com ela. Disponha-se a ajuda-la. Busque alcançar o seu coração tão contrito. Seja grande e forte. Seja muito feliz. Vc será.

  • O que vc passou e passa é muito triste, mas vc não tem culpa de nada, sua mãe ti culpa das frustrações dela, talves pela sua carência vc se tornou Gay vc deve sair mais ter amigos se distrair, tentar superar tudo isso vc é o unico inocente nessa história