Me arrependo muito das coisas que já fiz

Sou mulher, tenho 19 anos. Bem, meu irmão do meio tem um casal de filhos. Uma menina e um menino.
Quando eu tinha por volta dos 12 anos, fiz sexo oral com meus sobrinhos. Como éramos os 3 virgens (eu ainda sou, não sei se eles ainda são) não fizemos a penetração, eu também não tinha vontade de que me penetrassem e nem de dar ou receber sexo oral (mas fizemos poucas vezes). Sentia mais vontade de ficarmos ralando as partes íntimas uns nos outros. Não queria perder minha virgindade tão nova e muito menos com sobrinhos.
O pior é que não foi somente uma vez, pelo menos não com minha sobrinha. Isso durou uns meses e depois paramos definitivamente.
Não sei se a menina se recorda. Ele, eu tenho certeza que se lembra!
E antes disso, eu já tinha feito isso com outro sobrinho (filho do irmão mais velho). Não sei como tive coragem de fazer uma coisa horrível dessas.

Ainda nessa minha faixa de idade, também já fiz isso com duas colegas que na época também tinha a mesma idade que eu, fiz com uma de cada vez. Só gostava de ralar as perseguidas uma na outra, mas tinha nojo de oral, tanto que evitava ao máximo essa parte, e das pouquíssimas vezes que aconteceu, coloquei um plástico por cima da vagina delas, só pra não sentir o odor e nem o gosto.
Hoje, tenho certeza que não sou bi ou lésbica. Adoro homens, não sinto interesse nenhum por mulheres. Acho que naquela época, eu só gostava de sentir o tesão que dava na vagina.
Depois disso, não toquei mais no assunto com nenhum deles e tenho muita vergonha do que fiz. Me arrependo muito disso, sinto uma tristeza grande só de lembrar. Como tive coragem de fazer uma abominação dessas?! Ainda mais tão novinha. Parece que quando eu era criança sentia muito fogo. Não entendo como tive coragem de fazer isso no passado. Peço perdão a Deus sempre que lembro desses acontecimentos.
Eu nunca fui namoradeira e não gosto de tá ficando por ficar, sou bem caseira. Perdi o BV com meu ex-namorado (não considero os beijos babados que aconteceu na infância) e não cheguei a transar ou fazer outras coisas com meu ex. Terminamos há 2 anos atrás, depois dele não me envolvi com mais ninguém e, quando falo: “com mais ninguém” é que ainda nem beijei outro depois dele, não por falta de opção ou por esta presa a ele, mas porque não estou com vontade de me envolver com ninguém ainda, quero ficar sozinha por enquanto. Meu ex foi o único homem que tive até hoje, mas não sinto mais paixão por ele… Só carinho por ter sido o meu primeiro namorado.

 

Reportar Sexo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

7 Comentários

  • Desencana, esqueça o passado. Deixe o seu passado no lugar que lhe é reservado ” no passado”. Você fez todas essas coisas porque era criança e não tinha a ideia do que estava fazendo. Viva sua vida e tenha certeza que você não fez nada de mais. Bola pra frente.

  • Você não sente vergonha, né? É inacreditável como pessoas igual você ainda possam existir! Esses desejos incontroláveis desses loucos incestuosos só pioram a cada dia que passa. Você é apenas mais uma escória na sociedade, se eu pudesse cortava o mal pela raiz de vocês doentes. Por que não vai fazer oral ou a merda que você quiser numa pessoa que realmente ama? E nem adianta dizer porque são “sobrinhos”, se alguém da minha família fizesse isso eu iria humilha-lo (a) na frente do resto dos parentes.

  • Você se despertou sexualmente muito cedo, não tenha vergonha do seu passado, você era só uma criança que descobriu um brinquedo (xoxota) e quis usar, vc não tinha ciência as suas ações como tem hoje, coloca um ponto final e segue sua vida, se de oportunidade de ter uma vida sexual saldável, sexo não é erado nem sujo .

  • Vc não fez nada de condenável a não ser os atos sexuais que envolveram os seus sobrinhos (já que suponho que eles eram realmente mais novos do que vc). Sugiro que vc esteja a postos para ajudar a ele e a ela em qualquer situação da vida, e até mesmo um dia tratar do assunto para que possa expressar seu arrependimento e ampará-los. Procure descobrir tb se eles têm algum “trauma” e os ajude..!

    Sobre a outra parte.. Eu considero que está tudo bem ter desejos homossexuais… Tanto no presente quanto no seu passado! Espero que, eventualmente, se vc sentí-los outra vez, vc possa vivê-los com alegria (assim como desejos heterossexuais), ignorando A IDEIA DO pecado; já que NESSE ela se trata, ao meu ver, APENAS da tentativa de certas religiões de governar a sua vida e a vida de quem mais vc quiser compartilhar prazeres. Sendo consensual, vc PODE TUDO!

    Eu desejo de verdade que vc não sinta mais toda essa culpa e possa viver todos as vontades sexuais que tiver!