Candidato perfeito para ser amante

Olá. Já aviso que é um texto grande, mas sobre um assunto muito delicado, que requer essa atenção. Peço paciência!
Há cerca de quatro anos eu e meu marido revelamos um para o outro nossos desejos de relacionamento aberto. Há cerca de um mês, tomamos a decisão de realizá-lo. O problema é com quem- já sabemos que será um amante fixo para mim, mas eu sou alérgica a látex, o que torna a coisa complicada pois não posso usar camisinha (uso DIU). Logo, não pode ser qualquer pessoa. Já pensamos que o cara fixo poderia fazer exames de sangue, mas estamos há muito tempo esperando e procurando. Quando a pessoa é limpa, não é a pessoa certa por questões de personalidade. As vezes a pessoa é muito próxima e o ideal é que seja alguém que não more por perto e etc… Estamos ficando sem alternativas. Nosso relacionamento depende disto, temos que fazer o mais rápido possível…
Este mês foi bem complicado por conta destes problemas, até que meu marido apareceu com uma solução, no mínimo, bizarra… Nosso filho… Ele tem 19 anos e tá solteiro… Quando ele me falou isso, eu achei que ele estava brincando, mas ele começou a me dizer que tinha pensado e pesquisado e que parecia ser a melhor ideia. Claro que eu fiquei SUPER cética, mas ele insistiu tanto que eu resolvi dar ouvidos pra ele me propor…
Primeiro, nos damos muito bem. Nossa relação é forte e ele é testemunha que nosso casamento está estranho. Ele não sabe o porque, mas nos apoia e sempre vai nos apoiar. Confiamos profundamente nele.

Segundo, a segurança é garantida. Nem eu nem meu marido (cujo papel na fantasia é ser submisso) nem meu filho vamos sair de casa. Risco zero. Ele faria um exame de sangue pra ver se está limpo. Uma vez limpo teríamos que conversar a respeito de namoradas – fora de casa, com camisinha. Caso ele se apaixone por alguém, naturalmente, não vamos impedir ele disso; mas provavelmente vamos renegociar tudo, pois, embora eu não seja ciumenta, o risco de contágio aumenta, sem contar os sentimentos da outra pessoa.

Também ele me ofereceu um planejamento pra caso nosso filho tope:
– Segredo ABSOLUTO.
– Confiança TOTAL.
– É APENAS SEXO; nada de nutrir sentimentos ou mudar a relação entre pais e filhos. Quando cairmos na cama, somos amantes; quando levantarmos, tudo volta a ser como era antes.
– Notas BOAS. Digamos que isso é um incentivo maior.
– Sexo vaginal apenas até segunda ordem.
– Em virtude das regras da casa e da fantasia, quem manda primeiro sou EU, depois o pai e depois ele pode falar.

Pensem o que quiserem, mas pra mim parece uma boa ideia. Terminaria definitivamente com esta questão. Para meu filho também seria vantagem. Ele não precisaria dormir fora de casa, gastar dinheiro em festas, etc… Seria só combinar conosco e tudo estaria certo. De certa forma, me sentiria reunida com ele, nosso amor renovado, nossa família unida e nosso casamento salvo… Eu me sinto convencida de que nosso filho é o candidato perfeito pro nosso fetiche… mas como convencer ele!?
Obrigada.

 

Reportar Sexo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

17 Comentários

  • Tomara q seu filho suma da vida de vocês … vocês não o merecem sua grande…

  • uma velha sem escrúpulos querendo propor que seu próprio filho participe desse pecado mortal… mesmo q não fosse mae dele duvido q ele ia querer comer uma velha nojenta e cheia de pelanca e pervertida.

  • Se seu filho tiver um pingo de dignidade ao proporem isso para ele ele deveria cuspir na sua cara e do seu marido e sair de casa para nunca mais vê-los nem falar com esses animais que são vocês 2.

  • Só acho que essa família será destruída. Uma vez que se transa com alguém, as coisas nunca mais permanecem as mesmas.

  • Hellen, boa tarde
    Achei incrível a sua ideia e tem meu total apoio.
    Sempre tive vontade de transar com alguma tia minha, ou até mesmo com a minha mãe, mas nunca tive essa oportunidade.
    Se essa questão for adiante, parabenizo o casal pela iniciativa e daria uma boa história pra contar depois.
    A melhor maneira de convence-lo, seria provocá-lo constantemente com insinuações, do tipo carinho, sentar no colo, beijos…
    Experimente também aparecer nua perto dele, ou dormir na mesma cama durante a noite.
    Peça pra ele te abraçar, ou arrisque dar um banho nele.
    Com certeza isso criará laços.
    Caso ele fique excitado, ja é um grande sinal de vontade da parte dele.
    Sempre com muito cuidado, espere ele tomar a iniciativa.
    Caso queira conversar, ou pedir uma opinião mais profunda do assunto, me responda por favor.

    Posso passar o meu cel também.
    beijos e boa sorte!

  • Vai firme. Ele é maior de idade. Se tiver o consentimento dos envolvidos, então pode ir em frente

  • Meeu Deus que horror filho é coisa sagrada! Mãe tem que proteger de querer o bem do filho isso n é saudável pra ninguém! Peça perdão pra Deus e tire essa ideia da cabeça.

  • Ele é maior de idade então não tem problema. Instalem câmeras pela casa e a mãe pode se exibir pro filho usando roupas curtas ou ate certa nudez. Depois vejam nas filmagens se o filho se excita. Se ele se excitar crie situaçoes do tipo a mae dormir nua np sofa com uma conerta que depois caira intencionalmente. Se o filho fizer algo use a filmagem para mostrar a ele e fazer o acordo

  • Esse espaço não é para julgar ninguém. Se há consentimento, se são maiores de idade, tudo é possível. Mas o fato é que a relação pode mudar sim. Eu sou mulhermulher e já fiz amor com minha filha. Fizemos algumas vezes e isso me tornou mais próxima. Uma forma de ver se seu filho estaria afim é usar roupas provocantes e deixar câmera filmando pra ver a reação dele ao olhar a mãe. Faz parecer que tudo partiu dele, que ele Corneja o pai secretamente

    • NOJO… Vão se tratar, se é que há tratamento para essa perversão demoníaca…

    • Achei essa história fantástica e dou total apoio, sempre quis fazer parte de uma família mente aberta assim, que não se prende a tabus chatos da sociedade. Eu estou atualmente “subindo pelas paredes” de vontade de transar com minha irmã, já rolaram altas conversas, ela já me tocou e eu a toquei, mas consumar o ato sexual mesmo ainda não rolou porque ela ainda está um pouco relutante. Gostaria de uma ajuda, um conselho de vocês que já conseguiram isso, como convencê-la a transar de fato comigo, ela demonstra interesse, mas ainda não criou coragem. Se puderem me ajudar, agradeço!

  • Sem palavras para tamanho absurdo, você e seu marido são seres repugnantes e não mereciam nem ter tido um filho. Nojo e asco é pouco, você é pior que uma cadela no cio.

  • Já existe camisinha que não é feita de Latex, chama-se skyn da blowtex. Melhor que propor essa bizarrice pro seu filho

  • Você deve ter sérios problemas mentais por querer envolver seu filho em uma relação incestuosa. Procure outra pessoa, vá numa casa de swing.

  • É sério? Postar isso num site cristão? Pqp…

  • bom dia, prazer, sou de são paulo e moro em natal, vc conhece, sou casado há 22 anos, tenho 59 anos, a tempos me imagino conhecer alguém que tivesse um filho que participasse junto, quando morei em são paulo quase deu certo, com a amiga deu certo o filho a principio também queria mas depois ele desistiu.

  • Vai tratar essa doença sua