Enxurrada de pecados!

Vou tentar contar um pouco da minha história, e tentar assim enumerar os pecados cometidos, que são tantos quanto a quantidade de grãos de areia de todas as praias da terra.

Eu conheci a sexualidade muito cedo, eu ouvi e até via atos e insinuações de sexo, então penso que desde os 7, 8 anos eu já tinha uma definição de sexo, eu já o desejava, já me instigava, mas ainda não era “formado”. Ainda nesse contexto tinha vários amigos e muitos deles já estavam amadurecendo sexualmente, por exemplo, um “amigo” de 11 anos de idade tinha um pênis de tal tamanho que, hoje eu aos 26 não possuo e nunca vou possuir. E aí de certa forma começou problema, nós “fazíamos” sexo, nunca houve penetração, simplesmente se esfregava e isso foi com esse tal “amigo” e com outros da vila.
Eu me mudei dessa cidade, e fui morar em uma outra aonde eu tinha alguns parentes, dentre eles um primo, e a coisa continuou, sempre havia esses “esfregões”, até um dia em que eu fumei maconha e chamei ele e “avançamos”, mas nada de penetração. Foi um arrependimento tão grande que nunca mais houve qualquer ato como esse, olha que isso foi aos 18 anos.
Antes dos 18, também cometi muitos outros pecados como esse: Eu incitei um menino na minha cidade de nascença a praticar o mesmo ato que eu praticava com o primeiro, sempre “se esfregando”, também em uma outra ocasião eu incitei um outro menino a fazer a mesma coisa, ele morava na cidade de minha vó, fui visita-la e fiz isso.
Até mesmo com a minha vó, ela bebe muito e certo dia, eu me insinuei a ela, fiquei me esfregando nela na cama e até fiquei pelado e fiz com que ela “pegasse” em mim.
Ainda nessa ocasião, eu tentava transar com uma prima minha, nunca transamos, mas ficávamos se esfregando.
Nessa cidade que eu me mudei, tinha uma vizinha que tem duas filhas, a diferença de idade era de 4 anos, eu não me lembro bem como tudo começou, penso que, eu acho que eu peguei elas, brincando de papai-mamãe com um primo, e então comecei a me aproveitar da situação, então por diversas vezes a gente se esfregavam e elas até “pegavam” em mim. Obs: Nunca tirei a virgindade de ninguém, nem a minha.
Teve uma outra ocasião, esse meu primo tinha um amigo e me levou a conhece-lo, creio que já com certa intenção, eu fiquei meio reprimido e nada aconteceu. Mas no dia seguinte, eu de livre e espontânea vontade fui lá, e como sempre, havia esse “esfregão”, e uma certa vez ele também fez sexo oral em mim. Mas não passou disso.
Me recordo também de uma vez ir a uma fazenda e um moleque começou a se esfregar em mim dormindo, e eu deixei. Também esse mesmo primo, me apresentou pra um outro amigo, pra fazer a mesma coisa.
Eu já usei drogas.
Já cometi delitos, roubei minha tia;
Já me masturbei com homens na internet;
Sou até hoje viciado em pornografia, como sempre fui; Eu já xinguei Deus, em um momento de contradição; Desrespeitei minha mãe; Menti; Desejei a morte de muitas pessoas; Odiei; Caluniei; Jurei falso; Briguei; Fui peça de tropeço para outros; Desejei suicídio; Bebi e fumei; Namorei pessoas divorciadas; Gastei dinheiro à toa, fui ganancioso, egoísta; Falei mentiras, fiz fofocas e intrigas; Já fui vândalo; idolatra; Já amei o diabo, fui servo dele; Já fiz macumba pra esse meu primo; Já visitei casas de prostituição e outros infinitos pecados.
Bom, eu nem sei o que dizer sabe, é tanto nojo e repulsa que eu queria ser aniquilado, exterminado, a mesma coisa que você faz com um monstro.
Mas continuando, eu são sou homossexual, o que sempre me fez ter essa “queda” é o fato de eu não ter um pênis grande, sempre associei que a masculinidade está no tamanho e não no potencial do mesmo.
Poxa, eu amo mulher, eu sou louco por mulher, estou certo de que Deus acertou em cheio quando criou a mulher para o homem, esse é o padrão que Deus criou, e louvado seja Deus por isso, e qualquer coisa que fuja desse padrão é perversão, é imoral e é o diabo. Deus é perfeito.
Bom, não preciso dizer que me arrependo de tudo isso e muito mais.
Precisava me abrir um pouco, e quando Cristo estiver julgando o mundo e vocês verem essas abominações, sou eu.
Deus os abençoe, e só em Cristo há perdão e remissão de pecados.

 

Reportar Sexo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

5 Comentários