Não suporto mais o nervosismo da minha esposa

Não sei mais o que fazer. Estou no meu segundo casamento há quase 4 anos, tenho uma filha linda de 1 ano e um enteado maravilhoso de 10 anos. Conheci minha atual esposa na noite e me apaixonei loucamente por ela. Ela é uma mulher sensacional, batalhadora, guerreira, parceira, linda e muitos etcs… mas… ela não tem equilíbrio emocional nenhum, qualquer coisinha é motivo para ela explodir. Passo o dia esperando em quais momentos ela irá explodir e o quanto disso vai sobrar para mim. Eu era uma pessoa relativamente calma antes deste relacionamento mas hoje sinto em alguns momentos uma raiva que chega a me assustar. Já quebrei a mão socando a parede para não socar ela, coisa que nunca faria é claro. Mas ela me leva à um nível de nervosismo absurdo. Ela grita por qualquer coisa, usa palavras ofensivas como: “nojento, babaca, imbecil, não é homem, idiota”… entre outras. Porém, quando ela está calma é perfeita, temos uma vida sexual ótima, sabemos curtir juntos, trabalhamos bem juntos quando não brigamos. Mas a cada dia que passa os momentos de stress dela aumentam, e a falta de respeito comigo também. Tento sempre relevar pensando na pessoa que ela é em sã consciência, mas já não aguento mais, ameacei sair de casa algumas vezes mas estou chegando ao ponto de fazer como no meu primeiro casamento, amo muito ela e sei que ela me ama, também sei que ela deve ter algum tipo de problema psicológico que a faz agir assim,  só não sei como agir, tenho ficado cada dia com mais raiva e com menos paciência. O nervosismo dela me irrita ao ponto de eu ficar mais nervoso que ela. Ela é autoritária, feminista, orgulhosa, rude, grosseira, tensa e inconsequente mas se eu fosse listar as qualidades dela ficaria horas escrevendo. O que devo fazer? Alguém passa por algo parecido? Estou cansando e quase pendurando a chuteira!

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

11 Comentários

  • Meu amigo…
    Sei que é complicadissimo tal situaçao,ate porque convivi com uma desse jeito!
    Minha educaçao ,cultura familiar,totalmente diferente da dela e o que mais admiro é que quando a gente se conhece ,nada disso acontece por um certo tempo! É como se guardasse pra explodir na epoca certa !
    Minha unica opçao infelizmente foi a separaçao!
    Nao digo que a sua tera que ser a mesma,mas um bom dialogo devera ser administrado ate porque ela sabera limitar mais suas atitudes descontrolaveis e o que mais me fez separar foi a diferença no emprego,por mede de perder o emprego,ela nao agia de tal forma que agia comigo e isso me fez imediatamente tomar tal decisao! Nao tivemos filhos,uma razao mas tranquila e mais segura! Mas creio que um dialogo honesto sera uma boa causa para uma decisao mais seria e definitiva! Tente filma-la quando estiver alterada e quando estiver calma,mostre-a e converse!
    Deus lhe conceda um domingo abençoado!

  • é dificil mesmo, as pessoas não mudam, isso é mito, quem tem o genio dificil, nao fica bonzinho, ela pode ate se conter um tempo, mas vai acabar sendo ela mesma mais dia menos dia, ja vi casos do marido morrer de infarto, pois é, isso mata, explica pra ela, ela vai jogar a culpa em voce, mas cai fora, o sentimento com o tempo vai passar, e sua vida vai mudar pra melhor

  • Olá Irmão,na verdade não vou dar conselho nenhum mas me interessei pelo seu desabafo porque estou vivendo exatamente desse jeito aqui em casa.
    Minha mulher tem 25 e eu 33,não temos filhos,moramos há 3 anos e pouco na minha casa.
    E ela briga por tudo também,um exemplo,se me ligar e eu não atender na hora já é motivo de brigas,isso acaba levando a discussões absurdas com xingamentos de ambas as partes.
    Sei que nos amamos,mas sinto que aos poucos estou me afastando dela,ao invés de sentir o desejo de sempre na hora de transarmos fico lembrando dela brigando e xingando e acabo fazendo por fazer.
    Ela sempre diz que me ama,que sou a vida dela mas as brigas acontecem do nada.
    Também penso em cair fora pois tenho me sentido muito nervoso mesmo longe dela,e saúde só temos uma.
    Talvez meu relato sirva pra algo,mas preciso das mesmas opiniões que você quanto a isso.
    Abraço!

  • É infelizmente não dá para continuar um casamento assim…
    Fale com ela francamente diz q pretende se separar se ela não mudar a forma como te trata
    Vá com ela a um psiquiatra,diga q a ama mais q não dá para viver assim q vc se senti mal com a forma q ela fala com vc.
    Não custa tentar já q fora esse problema o casamento de vcs vai bem.
    Mas se continuar meu amigo se separe bola para frente!

  • Olá osnir, bom amigo ,eu já passei por isso e posso lhe afirmar ,pessoas assim não mudam, não é psicólogo,nem demônio nada disso cara ,isso aí chama se personalidade.
    Eu vivi 12 anos com minha ex mulher ,temos filhos , e eu sempre na esperança de ela mudar ,pois sempre fui fiel carinhoso e batalhador, mas as coisas só pioravam e eu acabei ficando tbm meio que nervoso por qualquer coisa, aí vieram as faltas de respeito…ela me chingava,me chamava de moleke….td igual a sua ,e eu nunca revidava…o tempo foi passando e a seis meses atrás tomei uma atitude ,vou viver minha vida com quem me traz paz…seja com alguém ou sozinho….sai ,terminei e hj posso te garantir estou ótimo, sofri na primeira semana no Primeiro mês,as acredite nosso amor próprio vale mto mais , então cara se ame ,pois quem realmente ama não maltrata não chinga e não há falta de respeito! ,Felicidades e parta pra cuidar da sua felicidade antes que ela tire seu prazer de viver .
    Abraços amigo

    • Ola Osnir.. ando temendo isso.. que isso tudo seja ela e não seja um momento apenas… uma pena porque amo ela muito e temos algo bem especial, mas ela não esta percebendo como esta destruindo tudo… :( Obrigado pela resposta amigo e fico feliz que esteja feliz!

  • Nossa, seu relacionamento ja perdeu o respeito ha mto tempo, infelizmente. Ou vc conversar sobre isso com ela e busquem uma solucao como terapia de casal, psiquiatra..ou vc cai fora. Ja pensou se fosse o contrario, vc xingando ela dessa forma? Eu duvido que ela ia aceitar passivamente essa situacao. Falta de respeito eh uma das piores coisas que pode acontecer numa relacao, pq quando acaba isso mtas coisas se vao junto, como o carinho, amor e admiracao.

    • Obrigado Carol… pois então, mas ela alega que eu a trato mal tambem as vezes… ai peço que me mostro quando e como e ela fica sem ter o que mostrar… não ofendo, nao grito..nada disso.. as vezes me calo e isso tambem a incomoda… o triste é que amo muito ela e tirando isso ela é maravilhosa… mas to chegando no meu limite! Obrigado pela resposta!

      • JUninho, eu infelizmente era como sua esposa. Um amor de pessoa na maioria das vezes, mas repentinamente me tornava um monstrinho- literalmente.

        Olha, não vou dizer a você que hoje estou totalmente curada, mas a verdade eh que depois de ir a um psiquiatra e continuar com a terapia eu melhorei muito. Transtorno de humor eh coisa seria, e necessita de cuidado medico. Felizmente meu marido foi compreensivo e me ajudou a buscar ajuda a tempo.

        Aconselho você a fazer o mesmo: vá com sua esposa a uma boa psiquiatra e a incentive a fazer tratamento psicológico (o remédio por si só não faz milagres). Outra dica eh insistir para que ela comece a fazer algum tipo de atividade fisica para descarregar um pouco do stress e da raiva.

        Se quiser conversar mais, estou `a disposição.

        • Ola martep… obrigado.. isso significa que tem uma saida.. que existe uma solucao.. ja é uma grande coisa… ela nao consegue passar um dia inteiro sem ter ataques de nervosismo… inclusive acabou de ter um… e ela acha que é minha obrigação conseguir acalma-la… isso a isenta de nao ter que se esforçar para nao explodir… vou tentar terapia… é minha ultima esperança… obrigado!