Quase 19 anos e não sei quem eu sou

Pra eu ter apelado para este site é porque realmente minha situ tá complicada. Completei os meus temidos 18 anos, terminei o ensino médio e nada mudou na minha vida. Desde pequeno sempre achei que iria pra faculdade rapidamente, sairia de casa cedo e teria um emprego. Mas as coisas não saíram como planejado, ainda criança eu comecei a sentir pequenos tremores nos braços e pernas. Eu não levei a sério e nem me senti a vontade pra contar pros meus pais, achei que passaria com o passar do tempo mas ainda permaneço com isso e vem se agravando. O problema é que isso, de certo forma, acabou com a minha vida. Me tornei a pessoa mais insegura e covarde que conheço, morro de medo de tremer em público, na época da escola já cheguei a tremer na frente de todos e tive risadas direcionadas pra mim e isso dificultou que eu colocasse meus pés na frente da turma novamente. Sou tímido, sempre evito contato visual com as pessoas, não sou muito de falar e me sinto incompreendido. Minha família é daquelas que enfrentam seus próprios problemas e eu meio que coloco os deles na frente dos meus. Meu irmão é um total revoltado, meus pais vivem brigando e se separando. Sou o único que tenta amenizar as coisas por aqui mas não tem muito efeito.

Há um bom tempo eu tentei negar isso pra mim mesmo, mas não dá, por mais que eu não queira, eu sinto que no fundo sou gay. E adivinha? Minha mãe é religiosa doente. Nunca me aceitaria. Eu me pego apaixonado pelo meu melhor e único amigo atualmente, no começo achei que fosse só gratidão e admiração por ele ser tudo que eu não sou: bonito, atlético e social. Mas só tava me enganando, de novo. Eu faço de tudo pra evitar mas não dá, é mais forte do que eu. Ele é o único que me entende e me escuta, já até tentei contar mas tenho medo de estragar nossa amizade. Sem contar que ele namora uma garota e é bem hétero.

Eu choro muito por ser quem eu sou hoje, suicídio definitivamente já passou pela minha cabeça mas é algo que sei que é errado. Querendo ou não, acredito em Deus. Só queria uma forma de sumir, parar a minha mente por uns segundos. Sou uma pessoa tão desgraçada pra merecer essa doença no meu corpo, uma família desequilibrada, um amor impossível e um caminho pra um futuro bom sendo interrompido pelas minhas inseguranças??? Quem tá lendo deve achar que sou maluco, posso até ser, as vezes tbm acho que sou. Qualquer opinião me ajudaria muito. Valeu a todos por lerem e torçam comigo pra que isso seja apenas uma fase, coisa que espero há muuuuito tempo.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

7 Comentários

  • Caro amigo sei bem o que é isso,tenho muita vontade de me relacionar com homens,antes de ser cristão,eu fui abusado pelo meu irmão,ele começou a fazer sexo comigo e eu fui deixando,depois fiz sexo com mais 2 ou 3 homens porém desde quando aceitei não pratiquei mais o ato,mas vontade não me falta,o que e lhe aconselho é que ore,clame,faça um compromisso com Deus,jejue,consagre-se ande no espírito,pois vc não vai dar atenção a sua própria carne,e não se desespere se por acaso assisti aqueles filmes gays ou se masturbar,pois o seu problema não vai passar de uma hora pra outra,é com tempo e determinação.Deus te abençoe

  • Todo homossexual sempre conta uma historia triste antes de dizer que é gay. Você não é o único com problemas na vida amigo. Em relação a sua família; não tem nada que você possa fazer. Só eles podem resolver os problemas deles, e você, os seus. Não adianta ficar de choradeira, tem que agir, procure um psicológico pra tratar seu desequilíbrio. Um médico indicado pra esses seus problemas de nervos, e por fim, um emprego. Se ficar se vitimando; o resultado vai ser sempre o mesmo. Comece a agir enquanto você estar novo ainda, não revele pra sua família que é gay, nem pro seu amigo. Se você falar pro amigo; não demorará muito pra sua família saber, aí sim a merda tá feita. Espere se estabilizar em um emprego, vá morar de aluguel, seja independente, aí sim você fala. Fora que você se revelando pro seu amigo, ele pode ser preconceituoso você vai ficar mais isolado. Esqueça o suicídio, seja homem; encare seus problemas de frente. Boa sorte!

  • eu também sou insegura, sinto vergonha, até pq eu sofro bullyng mas se você conseguir confiar em si mesmo, você conseguirá coisas incríveis, olha, nem tudo Deus resolve e, pra ser resolvido ele necessita que você queira isso até preencher completamente teu coração (pelomenos é assim comigo) a questão da homossexualidade, pense bem, sério! se você for vai ser difícil voltar ao que era antes, vx vai mudar e, não se sinta péssimo! sempre vai existir alguem que irá pensar em você sendo especial… e não é que eu queira ser mandona mas eu já me confessei milhares de vezes e, nenhuma funcionou, imagine você, o seu boymagia tem namorada, vx quer ser fura-olho? se quiser contar, espera ele terminar o relacionamento, espera ok? pq eu acho errado esse tal assunto ‘-‘ mas a parte de vx tremer deve ser bastante fofo *_*
    espero que vx fique bem, se vx quiser, te passo um link de um dos meus sites de macumba pra vx enfeitiçar seu boy-friend
    (brincadeira =_=;)
    melhoras pro seu kokoro*
    *(coração em japonês)

  • Cara, vá a Igreja, procure fazer esportes, estudar e principalmente duas coisas: Te afaste da pornografia e procure uma instituição de caridade para ajudar. Saía do seu mundinho e encare a vida. Fará amigos, esquecera seus problemas, se é que realmente os tem.
    Muitos problemas na verdade são frutos de nossa imaginação, seja por traumas seja por excesso de informação. Cuide de sua vida espiritual, do seu corpo e da sua mente.
    Oração, trabalho e caridade, como ensinou São Bento e Santa Paulina. Coloque isso em pratica.
    O tempo cura….basta lançar boas sementes. Mas faça sua parte, levanta-te e anda!

  • Olá, deixa eu dar minha opinião. Primeiramente, acho que resolvendo a questão de seus tremores já seria um grande alivio para você. Você já buscou ajuda? Já disse isso a seus pais? Isso não é vergonha alguma, todos temos problemas de saúde. Busque tratar o seu e verá que sua vida social irá melhorar muito, já que isso está afetando sua autoestima e como convive com os outros. Conte a seus pais, diga que quer procurar ajuda médica. A questão da crise familiar é um pouco mais complexa, pois não depende só de você, mas você pode conversar com seus pais sobre isso, por que eles brigam tanto? Faça eles refletirem sobre como isso afeta a todos, eles já pensaram em viver separados? Nem sempre é uma escolha ruim, mas se querem conviver juntos, devem aprender a se respeitar. Agora sobre a questão do homossexualismo. Não há nada de errado em ser gay, e não posso dizer que você deve contar aos seus pais, pois não sei como eles reagiram. Algumas pessoas de mente fechada acham o fim do mundo, mas não é. Cabe a você saber como é o ambiente em sua casa, se você se sente confortável para falar e se há possibilidade de todos aceitarem isso numa boa. Caso não queira, pode manter isso em segredo e buscar morar sozinho no futuro, quando terá mais liberdade pra ser quem você é sem precisar da aprovação de ninguém. Quanto ao seu amigo, se ele é hetero é provável que seu amor não seja retribuído, você já notou sinal de que ele possa querer você também? Caso positivo, há duas possibilidades, ou você conta pra ele que é gay e como se sente em relação a ele (se ele não quiser ser nada seu, nem amigo, ele não vale a pena), ou você fica apenas na amizade tentando esquece-lo. Pode demorar um pouco, mas garanto que você encontrará outro alguém tão especial quanto ele. Te desejo muita sorte. Não se sinta um desgraçado, na vida sempre temos momentos difíceis, ou você os enfrenta ou você se recolhe. Garanto que enfrentar sempre traz resultados melhores, no mínimo alguma lição. Abraço!

  • Amigo que um conselho vá a Igreja que vai te ajudar Nao pense que voce nunca será capaz de fazer nada pois se vc ler a blibia voce verá que ha um capitulo que fala que deus quer que vamos bem em tudo. O Inimigo quer que vc pense que vc nao e capaz mais vc é Se quizer uma amiga pra te dar conselho estou aqui tenho a msm idade de vc e seria legal se abrir com alguem e poder ajudar alguem bjs fica com deus.

  • Não acho q vc seja um “desgraçado” pq Deus só dá grandes fardos pra quem consegue suportar. Meu Conselho é q vc enfrete seus problemas um por vez, no que diz respeito a família infelizmente isso não acontece so com vc a minha mesmo é super desequilibrada e inconstante mas vc precisa ser forte e ter fé em Deus pra superar esse problema dos tremores as vezes é algo reversível acho q vc tem q sentar com seus familiares e pedir ajuda converse com mta firmeza e seja honesto fala sobre os tremores e procure um médico. Resolva uma coisa de cada vez, primeiro sua saúde. E falo por experiência própria nos só sabemos a força q temos qndo somos testados assim com mtas lutas, mas vc vai vencer todas tire essa força de dentro de vc, as vezes o nosso maior crítico é a nossa mente. Levante a cabeça e seja protagonista de sua vida independente dos problemas e jeito de vermos as coisas é q faz toda diferença. Pense nisso e força.