Casei por conveniência pra Morar fora do País e me arrependi

Tenho 18 anos, sai do Brasil a 5 meses atrás e vim tentar a vida em Portugal por conta das facilidades que se tinha de obter um visto de residência caso eu conseguisse um trabalho. Porém uma semana após a minha chegada as leis mudaram e não consegui me legalizar.

Conheci um cara por um aplicativo de encontros, dois anos mais velho que eu, começamos a sair e no primeiro encontro vi que ele era vazio, só pensava em sexo e coisas idiotas, era conformado, tinha coisas que eu não concordava e gostos que eu odiava além de pensar completamente diferente. Porém eu estava desesperado e ele disse que casaria comigo pra eu poder me legalizar, desde que fosse por amor. Com um mês de namoro me obriguei a estar junto com ele e sofrendo por dentro mas fingindo estar tudo bem por fora, fomos morar juntos e com dois meses de namoro casamos, faz uma semana que estamos casados e eu vivo em uma prisão psicológica, me sinto extremamente mal por vezes, e vivo num conflito extremo que por vezes doí, estou fumando compulsivamente e comendo muito. Já trai ele varias vezes e o que eu mais queria era fugir, largar tudo e ter minha privacidade novamente. Porém tenho que continuar casado com ele por pelo menos dois anos pra pegar uma residência definitiva, caso contrario terei que sair da Europa e voltar pro Brasil.

Já estive pior, hoje parece que to me acostumando a fingir tudo isso e ser alguém que não sou a maior parte do tempo, mas meu psicológico está destruído, por vezes fico vegetando e tenho percebido que as vezes minha capacidade de raciocínio diminuiu. Isso tem me feito muito mal. Não sei o que fazer, e talvez, não se tenha muito o que fazer agora.

Preciso de uma luz. Um motivo pra continuar acreditando.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

4 Comentários

  • Aiii isso é a pior coisa. Casar tem seus dilemas, se adaptar a um país estrangeiro tem outros, imagina os 2….. ou aguenta até sair seu visto oh sai logo e seja o que Deus quiser, junta um dindin e vai pra Alemanha, lá tão ajudando td q é imigrante rsrs, mas ficar numa relaçao forçada vai te trazer uma coisa: um buraco FÍSICO no seu coração em forma de dor. nao deve ter dor pior q esta só estagios avançados de depressao.

  • Mulher, tu casa pra sair do país e vai pra um país pobre? Se casasse pra ir pra uma Alemanha, Suíça, Dinamarca, Suécia… eu até entenderia. Mas Portugal, porra? considerada a favela da Europa… Olha, pra dar uma dessas tem que valer muito a pena, tem que ser num lugar onde REALMENTE vive-se o primeiro mundo e tenhas oportunidades. Os portugueses que conheço todos querem sair fora de Portugal pra ganhar dinheiro nesses países que citei.

    Tu é muito novinha. Aposto que não sabia nada da vida na Europa. Se separa e ruma pra um lugar onde tem dinheiro e oportunidades.