Só me desejam o mal por onde passo

Desde quando nasci fui alvo de pessoas que só me desejavam o mal. Um conhecido de meu pai dizia que eu seria sua filha bastarda sem amor, meu próprio tio disse que eu iria viver na pobreza eterna, até mesmo minha avó, por parte de mãe, disse que eu iria ser uma menina drogada e sem futuro. Mas ao invés disso acontecer comigo, a filha dela (irmã de minha mãe) é quem está sem trabalho, nas drogas, perdida praticamente (ela me detesta também, sem motivos aparentes). Por que será que as pessoas me odeiam tanto? Nunca fiz nada de ruim pra ninguém, não dou trabalho nenhum, sou quieta, educada, gentil, não sou esnobe e nem fico me achando…  Mas sempre fora assim, sempre existiu algum ser que me desejasse a morte, o fracasso, a solidão. E isso está destruindo a minha vida. O que fazer quando até sua família te deseja mal? Eu já estou desamparada…. Minha vida não está nada bem, eu e meus pais não vamos pra frente, sendo que sempre trabalhamos, ajudamos os outros, etc. Choro todas as noites, sozinha em meu quarto, fico me perguntando o que eu possa ter feito de tão errado pra ser tão detestada e inútil desse jeito. Meu pai emprestou um dinheiro da minha avó e meu tio não gostou nada disso, ficou p. da vida, xingou meu pai sendo que ele também empresta quando precisa e as vezes nem paga depois…. Ele nos desejou fracasso após isso. Minha prima até me fez simpatia para a mesma coisa acontecer. Eu não sei se isso é verdade, ou se eles têm ódio com a própria vida, ou se é inveja… E mesmo se for, não entendo o porquê disso, eu nunca conquistei nada de importante, não tenho tanto dinheiro, sou basicamente a ovelha negra da família.. Então pra que inveja de mim? Eu já estou pegando um ódio muito grande dessa gente, tem horas que gostaria de sumir e nunca mais olhar na cara deles…… Estou muito cansada, triste, desanimada e de saco cheio.

 

Reportar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-Spam *

6 Comentários

  • Letícia, situação bem difícil pra encarar sozinha né? Mas vou te dizer uma coisa, vc não esta e nunca esteve sozinha, desde o momento em que sua mãe estava gravida Deus preparou um ser muito forte e especial, é o seu Anjo da Guarda, e não pense que isso seja historia de criança não, temos sim nossos Anjos, talvez o que vc ainda não tenha é intimidade com ele, sugiro que vc comece a rezar por ele, pedindo que ele te proteja e te guarde de todo mal.. sempre que se encontrar em uma situação difícil reze a oração do Anjo da Guarda (vou deixar no final do comentário caso vc não conheça) e faça sempre quando acordar, antes de dormir, durante o seu dia, enfim, sempre que achar necessário a presença dele para te auxiliar, tive varias experiencias com meu Anjo da Guarda, ele sempre esta ao nosso lado, aguardando que nos o invoquemos para que ele execute o trabalho dele, nos temos o livre arbitrário e isso ele respeita, por isso temos que convidá-lo a participar das nossas decisões. E uma outra sugestão, procure participar de um Grupo de Oração da RCC da Igreja Católica e peça aos intercessores que rezem pra vc por cura e libertação.
    Deus te abençoe e te proteja.

    Oração ao Anjo da Guarda
    Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a piedade divina, sempre me rege, me guarda, me governa me ilumina. Amém

  • Batalhe, lute, estude, vá em frente por você. Se o ambiente não é bom para você fazer essas coisas e progredir, fique o menor tempo possível nele. Quando puder saia definitivamente!

  • Quando eu era adolescente ninguém gostava de mim. Minha mãe tentava me bater, mas sempre eu escapava subindo em arvores, correndo. Vivia brigando e dando estilingada nos outros. Eu me julgava um santo. Vivia apanhando dos irmãos mais velho, ou seja, apanhava de todos por ser o mais novo. Na escola eu brigava demais, até que um dia um pai de um desafeto me pegou e quase me matou e só não me matou porque intercederam. Na briga eu dei uma mordida no braço deste senhor que arranquei sangue. Nesta época eu tinha 12 e esse senhor deveria ter uns 30 anos. Eu era o diabo em pessoa, mas me julgava um santo e um incompreendido. Estou contando isso não é para te ofender, mas para dizer que as vezes a gente merece a maneira como somos tratados. Nem, tampouco, estou dizendo que você é igual a mim e neste caso a sua reclamação procede. O importante é que façamos uma analise de nós mesmos e se for necessário algumas mudanças de comportamento para melhorarmos nossas relações com pessoas que convivemos. Hoje sou totalmente o oposto e inclusive, este senhor que me bateu ri da situação e diz que se fosse hoje ele não teria condições de me bater devido ao meu tamanho. As pessoas mudam e quase sempre pra melhor felizmente.

  • Acho que é você que está prestando muita atenção no que os outros te falam de mal. Você precisa parar de filtrar essas coisas. Muitas vezes as pessoas falam coisas más para nós a fim de descontar as frustrações, ou por uma discussão à toa só pra nós magoar. Já ouvi tantas coisas ruins também, mas não dou bola. Prefiro esquecer… Minha mãe já me desejou tanto mal, mas eu amo ela, e entendo que ela não está bem quando diz essas coisas.

  • Deve ser inveja de vocês, e sua principalmente, as pessoas não precisam ter muito coisas para serem invejadas, basta ser natural e feliz ,que todo mundo ja invejam, se apega com DEUS, e esquece esse povo que so querem ver você e seus pais maus, boa sorte para você,e folha de arruda kkkkkkk, beijos.